A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

03/04/2014 15:11

Com clipe de Jerry&Pétalas no ar, grupo agora parte para filme colaborativo

Ângela Kempfer
Cena de Nós, O(u)tro(s), de Rodolfo Ikeda e Helton Perez.Cena de Nós, O(u)tro(s), de Rodolfo Ikeda e Helton Perez.

Um pedaço da estética proposta já está rodando no Youtube. Com o clipe da canção “Dá Um Minuto”, de Jerry Espíndola & Pétalas de Pixe, um grupo grande, de cerca de 50 artistas, cineastas e produtores, mostra um pouco do que será o filme “Nós, O(u)tro(s)”.

Veja Mais
Final de semana tem a volta de Anjos da Noite, comédia nacional e animações
Semana tem ação com a volta de Jack Reacher, além de ficção e terror

Reunidos no “ColetivoColetivo”, eles buscam inquietações contemporâneas para fazer 5 filmes com linguagens audiovisuais e idiomas diferentes que, por fim, juntos, formarão o curta-metragem colaborativo.

O clipe serviu como um bom teste. Na base da colaboração, 3 produtores, 7 cinegrafistas e 40 figurantes foram para o Estúdio Vespa, transformado em um bar típico da cidade. O resultado visual saiu de alto nível.

Aprovado, o projeto continua agora até virar curta, com a ideia de evidenciar que os problemas vividos aqui ou acolá, não são tão diferentes.

Dirigido por Rodolfo Ikeda e Helton Perez, toda a captação será em Campo Grande. “A história se passa em uma noite qualquer, em que cinco pessoas pensam ou falam, sozinhas ou entre si, sobre questões universais como amor, energia, relacionamentos, consumo, diversão, arte, sob o viés da contemporaneidade e da coletividade”, antecipa Rodolfo.

As cenas são dividias em espécies de capítulos: “Pó e Suor”, “Notívagos Anônimos”, “Meia Noite”, “Brasil” e “Sombras”. Os diálogos também surgem em inglês, francês, espanhol, português e japonês. Para fechar essa miscelânea, o grupo resolveu experimentar, inclusive, linguagens audiovisuais: pseudo-documental, cinema industrial, adaptação cinematográfica noir, videoclipe e câmera subjetiva.

O motivo de tantos conceitos juntos está na argumentação do filme que “busca evidenciar a pluralidade e a convivência simultânea de culturas e etnias diversas”.

Enquanto o curta não fica pronto, o clipe “Dá Um Minuto” está aí:




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.