A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

23/09/2014 09:55

Curta filmado em Campo Grande concorre a prêmio em Los Angeles

Aline Araújo
O curta sul-mato-grossense já participou de vários festivais. (Foto: Divulgação)O curta sul-mato-grossense já participou de vários festivais. (Foto: Divulgação)

De Mato Grosso do Sul para o tapete vermelho de Los Angeles, o curta “O Florista”, do diretor Filipe Silveira, ganha de vez espaço em festivais internacionais. O filme foi exibido no 7° Los Angeles Brazilian Film Festival, a janela das produções brasileiras em Hollywood.

Veja Mais
Final de semana tem a volta de Anjos da Noite, comédia nacional e animações
Semana tem ação com a volta de Jack Reacher, além de ficção e terror

Produzido por Roberto Leite, de 29 anos, e filmado em Campo Grande, o drama conta a história de um "serial killer" que enxerga a vida como um jardim que possui belas flores e pragas que precisam ser eliminadas. A trama é cercada de mistérios em que o protagonista alimenta sentimentos a favor da moralidade e também apresenta personagens com vida dupla.

Para os cineastas daqui, a experiência de ter o trabalho reconhecido além das terras tupiniquins é mais que gratificante. “É Incrível. Primeiro porque a cada festival conhecemos novos produtores e diretores que são o nosso termômetro para medir nosso trabalho. Os elogios e as críticas vêm para nos fazer acreditar que o sonho de fazer cinema é possível”, comenta Roberto.

Felipe e Roberto em Los Angeles.  (Foto: Marcos Daniel Ferreira)Felipe e Roberto em Los Angeles. (Foto: Marcos Daniel Ferreira)

E a sensação de reconhecimento não é para menos. O filme, de qualidade técnica admirável, passou pelo renomado Festival de Cannes e foi indicado para a primeira fase do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2013, considerado o “Oscar” nacional.

Apesar de não terem garantido o prêmio de melhor curta, que ficou com o filme Filho do Crime, só a indicação já é um grande reconhecimento. “Estar participando foi uma honra, visto que concorremos ao prêmio de melhor curta metragem. No dia da nossa exibição, eu e Filipi estávamos ansiosos para ver qual seria a reação do público, e foi melhor do que esperávamos. Fomos bem recebidos com o filme recebendo elogios maravilhosos e ficamos entre os favoritos”, diz o produto, orgulhoso.

E aos poucos “O Florista” vai abrindo portas e voltando os olhos para as produções cinematográficas do Estado. Ele mostra que por aqui também se faz cinema e de qualidade. “Quando sai a lista dos indicados aos prêmios e vemos o MS lá, dá orgulho para a gente. Sabemos que nosso Estado é um cenário de grandes histórias e de ótimos profissionais”, conclui.

O curta-metragem também foi selecionado para o V Festival de Cine Del Conurbano “FeCico”, na Argentina e para o XIII Macabro, Festival Internacional de Cine de Horror de La Ciudad de México.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.