A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

20/03/2012 14:54

Do octógono à 7ª arte: documentário traz saga de um cara bom de briga

Aline dos Santos

Documentário mostra com louvor o atleta em seu melhor papel: um lutador

Filme mostra bastidores de luta de Anderson (foto) e  Chael Sonnen. Filme mostra bastidores de luta de Anderson (foto) e Chael Sonnen.

Depois de brilhar no octógono, bailar com Marisa Monte no hit “Ainda bem” e fazer propaganda de carro com Deborah Secco, Anderson Silva chega às telas do cinema. O documentário mostra com louvor o atleta em seu melhor papel: um lutador.

O enredo de “Anderson Silva – Como Água” orbita em torno da luta com Chael Sonnen. O que todos já viram em 7 de agosto de 2010 – o lances dramáticos, o drama da derrota iminente e a superação aos 45 do segundo tempo - ganha como pano de fundo a preparação exaustiva, a saudade de casa e, principalmente, a engrenagem midiática que alçou o MMA (Arte Marciais Mista) à categoria de espetáculo.

Não basta vencer, é preciso vender. Entrevistas, provocações, troca de farpas; tudo faz parte do show do UFC.

O documentário do norte-americano Pablo Croce mostra os bastidores do grande embate: os treinos extenuantes, a camaradagem com os amigos, as piadas, as frustrações.

Com foco no atleta, o filme só peca pela falta de informações sobre quem era o personagem central antes do sucesso como lutador.

Quanto à vida profissional, um novo filme pode vir por aí. Afinal, o chefão do UFC garante que em 2012 Anderson Silva e Chael Sonnen voltam a se enfrentar.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.