A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

05/04/2015 10:56

Grupo convoca corajosos a encarar sessão de O Exorcista no cinema, à meia-noite

Aline Araújo
O encontro acaba sendo uma forma de conhecer pessoas com o mesmo interesse.O encontro acaba sendo uma forma de conhecer pessoas com o mesmo interesse.

Encontrar uma galera que você ainda não conhece, ou conhece pouco, para conversar sobre cinema e outros assuntos em comum, acabar fazendo amizade e criando uma rede de pessoas interessadas no assunto. A ideia dos encontros da Cinemateca é basicamente essa.

Veja Mais
Final de semana tem a volta de Anjos da Noite, comédia nacional e animações
Semana tem ação com a volta de Jack Reacher, além de ficção e terror

Mas na madrugada deste domingo, o programa teve uma atração extra. Grupo formado por cinéfilos se encontrou às 23h30 no cinema, para uma sessão super apropriada "O Exorcista".

Os clássicos são um prato cheio para quem gosta de falar sobre o que movimenta as telonas. Sabendo disso, o Cinemark passou a reexibir alguns. Hoje foi o a vez do terror de 1973, filme com a direção de William Friedkin, que é referência do gênero até hoje.

Cena do filme O Exorcista. (Foto: Divulgação)Cena do filme O Exorcista. (Foto: Divulgação)

No ano passado, o jornalista Thiago Andrade, de 28 anos, resolveu criar a Cinemateca no Facebook para reunir os interessados em discutir cinema. E deu certo.

A sessão marcada para 00h05 foi perfeita para matar uma vontade antiga do próprio Thiago. Ele conta que já havia chamado alguns amigos para ver a produção, mas todos estavam com medo e recusaram o convite. Como não queria ir sozinho, resolveu, às 2h da manhã de quarta-feira, criar o evento no Facebook "O exorcista" & Friends”, um encontro da Cinemateca.

“Tem um pessoal do grupo que se conhece já, mas quase nunca se vê, e ninguém quer vir ver O Exorcista sozinho, e meia-noite. Então, a gente já se encontra antes, conversa e acaba se revendo e conhecendo gente que gosta de falar de cinema”, justifica Thiago.

Na página do evento, mais de 40 pessoas confirmaram presença e a sessão ficou quase lotada. O estudante Welker Gomes de Carvalho, de 23 anos, chegou antes, para integrar a pequena turma que resolveu conversar sobre o filme antes de entrar na sala de exibição.

“Eu já sabia que iria passar o filme,mas não estava na minha cabeça vir assistir. Quando vi o evento, resolvi vir pela reunião da galera. Filme de terror nem são os meus preferidos, então tô vindo mais pela experiência de encontrar o pessoal e ver o filme na tela grande, mas não viria sozinho”, comenta.

A reunião aconteceu no hall do cinema, as pessoas iam chegando, se apresentando umas, sentando e quebrando a distância com o cinema posto como pauta. Da discussão, participaram sete pessoas, mas tantas outras apareceram graças à propaganda feita pelo grupo.

Welker e Thiago sempre estão envolvidos em eventos de cinema. Welker e Thiago sempre estão envolvidos em eventos de cinema.

O assunto foi livre, a conversa passou sobre as lendas que envolvem O Exorcista, curiosidades sobre a produção e os recursos utilizados na época. Para um turma que se conhecia pouco, a conversa fluiu com naturalidade.

“Eu acho que é legal saber as impressões das pessoas antes do filme, sem falar que é um momento para conhecer quem veio e acaba se tornando um programa diferente no sábado”, afirma a estudante Laura Felix, de 17 anos.

Outros encontros devem acontecer, sem datas previstas ainda, mas a convocação acontece sempre pelo Facebook no grupo da Cinemateca.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.