A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

22/07/2015 12:05

MIS exibe hoje "Quase Samba", filme sobre o afeto nada convencional

Lado B
Shirley é interpretada por Cadú Fávero. Shirley é interpretada por Cadú Fávero.

O primeiro longa do diretor Ricardo Targino sai do eixo Rio/São Paulo graças aos cineclubes e espaços alternativos. “Quase Samba” será exibido hoje à noite no MIS (Museu da Imagem e do Som), com entrada franca.

Veja Mais
Final de semana tem a volta de Anjos da Noite, comédia nacional e animações
Semana tem ação com a volta de Jack Reacher, além de ficção e terror

O filme é super elogiado pela critica especializada, por falar sobre as periferias e para as periferias. Teresa (Mariene de Castro) é a protagonista, uma cantora de samba que mora com Shirley (Cadú Fávero) e seu filho. Grávida, ela se divide entre o amor de Charles (João Baldasserini) e a relação abusiva de Fernando, interpretado pelo cantor Otto.

O trabalho discute relações não convencionais de afeto e também fala de machismo e a consequente violência contra a mulher.

Depois da exibição, a professora de Língua Espanhola e Literatura, integrante do grupo de Artes Cênicas Circo do Mato, Nilcieni Maciel, vai mediar debate sobre o filme.

A sessão começará às 19h no MIS, na Avenida Fernando Correa da Costa.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.