A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

26/06/2016 07:20

Mostra de cinema do Festival de Inverno de Bonito revela o universo infantil

Thailla Torres
Um dos destaques é O Menino e O Mundo que concorreu ao Oscar na categoria melhor animação em 2016. (Foto: Divulgação) Um dos destaques é O Menino e O Mundo que concorreu ao Oscar na categoria melhor animação em 2016. (Foto: Divulgação)

No Festival de Inverno de Bonito, que acontece de 28 a 31 de julho, além das atrações culturais, artesanatos e oficinas, a produção audiovisual vem com uma temática que envolve o universo infantil e suas fantasias. A mostra de cinema "A Infância e Seu Meio Ambiente" será do dia 29 a 31 de julho na Praça da Liberdade, das 14h às 16h e com entrada franca. 

Veja Mais
Final de semana tem romance, comédia, animação e três filmes nacionais
Final de semana tem a volta de Anjos da Noite, comédia nacional e animações

Entre as exibições em destaque estão "O menino e o mundo", animação brasileira que concorreu ao Oscar 2016 na categoria de curta documentário. Também será exibido "Cordilheira de Amora II" que foi vencedor no Festival É Tudo Verdade, em 2015, e indicado no 1º turno do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro 2016. 

Confira a Programação: 

29 de julho 

A Poeira  (MS)

Um menino perde seu pai, um vaqueiro do Pantanal, em acidente de cavalo. As lembranças do pai e da paisagem pantaneira ficam para sempre guardadas, inspirando coragem e bravura.

Cordilheira de Amora II (MS)

Moradora da aldeia Amambai, no Mato Grosso do Sul, perto da fronteira do Brasil com o Paraguai, uma indiazinha guarani kaiowá, Karine Martines, de 8 anos, transforma seu quintal num experimento do mundo. Contando com nada mais do que folhas, tijolos e pedaços de papel e madeira, ela cria, com sua imaginação, histórias e personagens que alargam sua solidão em brincadeiras, sonhos e projetos. 

Escola das Águas: O Desafio Pantaneiro (SP) 

A natureza é o próprio limite e o próprio caminho para uma escola no coração do Pantanal. A história da criação da Escola Santa Monica e o impacto que a iniciativa causou nas famílias são retratados no documentário. O homem se alia a sabedoria magistral da natureza, ensinando que todos nós fazemos parte dela. 

30 de julho 

Nham-Nham: A Criatura (MS)

Certa noite, Lucas escuta um barulho estranho vindo de seu armário. Nham-Nham, um urso de pelúcia desfigurado sai de lá. “Estou com fome”, diz a criatura. Nham-Nham quer avidamente os desenhos que Lucas faz em seu diário. O que Lucas não sabia é que cada folha devorada pelo novo amigo, as lembranças ali desenhadas são apagadas de sua memória.

 

Mitã (MS) 

Mitã. Criança brasileira. O ser humano em sua dimensão criadora transcende o tempo despertando para as possibilidades de um “Mundo Novo”. Uma poética da infância inspirada por Fernando Pessoa, Agostinho da Silva e Lydia Hortélio.

O filme Mitã transita no universo da infância de forma poética e profunda. (Foto: Divulgação) O filme Mitã transita no universo da infância de forma poética e profunda. (Foto: Divulgação)

O Menino e o Mundo (SP) 

Sofrendo com a falta do pai, um menino deixa sua aldeia e descobre um mundo fantástico dominado por máquinas-bichos e estranhos seres. Uma inusitada animação com várias técnicas artísticas que retrata as questões do mundo moderno por meio do olhar de uma criança. Concorreu ao Oscar de melhor animação em 2016.

31 de julho 

A Princesa Pantaneira (MS)

Animação com direção de Constantina Xavier Filha. Camuela recebeu dos bichos do Pantanal o apelido de Princesa Pantaneira. Um dia, ao ouvir um grito apavorante, Camuela arruma a maleta com sopa paraguaia, arroz carreteiro, arroz com pequi, tereré e uma poção de guavira e parte para a aventura mais importante da sua vida.

Camuela parte para um aventura em A Princesa Pantaneira. (Foto: Divulgação)Camuela parte para um aventura em A Princesa Pantaneira. (Foto: Divulgação)

O Menino e O Espelho (MG) 

Drama de Guilherme Fiuza Zenha baseado em obra homônima de Fernando Sabino. Que criança nunca sonhou em ter um clone? Alguém que fizesse todas as tarefas chatas em seu lugar, como ir à escola mesmo sem vontade ou tomar uma dolorosa injeção no hospital. A transformação dessa fantasia em realidade é a trama central de “O Menino no Espelho”, um filme que trata de valores universais como a infância, a amizade e a descoberta do amor. 

E por falar em cinema, no dia 29 de julho das 14h às 19h haverá a oficina "Skate - Produção Audiovisual e Protagonismo Juvenil" no Centro de Múltiplo Uso que fica na Rua 24 de Feveiriro. 

A oficina é voltada para o skate, abordando técnica, criação, produção, edição e difusão dos produtos em web canais. Ressaltando o protagonismo juvenil, com assuntos que contemplam o desenvolvimento físico, social, intelectual e emocional do jovem, contribuindo para a formação educacional e cultural de praticantes do skateboard para que possam atuar com autonomia na transformação de suas realidades.

Os ministrantes serão Frederico de Almeida Campos e Rafael Torres.

Curta o Lado B no Facebook.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.