A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

27/05/2014 16:22

Sesc abre mostra de cinema francês, com curtas, documentários e ficção

Ângela Kempfer
Imagem de A Esquiva, de Abdellatif Kechiche.Imagem de A Esquiva, de Abdellatif Kechiche.

A partir do dia 02 de junho, segunda-feira, terá início no Sesc Horto, em Campo Grande e no Sesc Corumbá, a Mostra de Cinema Francês, com exibições até o dia 06 na Capital e até o dia 07 em Corumbá (ver cronograma abaixo).
Em parceria com a Embaixada da França, o SESC abre na próxima semana uma mostra de cinema francês, com 8 produções contemporâneas premiadas.

Veja Mais
Final de semana tem a volta de Anjos da Noite, comédia nacional e animações
Semana tem ação com a volta de Jack Reacher, além de ficção e terror

A seleção tem curtas, documentários e filmes de ficção. As exibições começam no dia 2 de junho, sempre com sessões gratuitas, às 18h30 e 20h30, na sala de vídeo do Sesc Horto.

Na abertura, haverá um palestra sobre a estética do cinema francês e a exibição do filme “A França”, um drama de Serge Bozon sobre a guerra. Camille acaba se passando por um homem para entrar na tropa francesa durante a Primeira Guerra, levada pelo desejo de achar seu marido, de quem a última notícia que teve foi pior mesmo do que o sumiço: foi uma carta sucinta pedindo que ela não mais o procurasse.

Veja a programação completa:

Dia 2

A França

De Serge Bozon. Com Sylvie Testud, Pascal Greggory, Guillaume Verdier, François Négret, Laurent Talon, Pierre Léon, Guillaume Depardieu. Drama  em cores / 102'. Classificação etária 12 anos.

No outono de 1917, a guerra prossegue. A milhas de distância do campo de batalha, a jovem Camille leva uma vida marcada pelas notícias que seu marido manda do front. Um dia ela recebe uma carta em que ele termina com o casamento. Desnorteada e determinada a continuar a qualquer custo, Camille decide se disfarçar de homem para encontrá-lo. Ela segue direto ao front de guerra, cortando caminho pelos campos para evitar as autoridades. Numa floresta, passa por um pequeno grupo de soldados que não suspeita de sua identidade. Ela os segue e assim embarca numa nova vida e, conforme os dias e as noites passam, descobre o que nunca poderia imaginar, o que seu marido nunca lhe contou e o que seus novos companheiros irão evitar lhe mostrar: a verdadeira França.

Dia 3

A Esquiva

De Abdellatif Kechiche. Com Osman Elkharraz, Sabrina Ouazani, Sara Forestier. Comédia dramatica em cores/117’. Classificação etária 12 anos.

Em um conjunto habitacional no subúrbio parisiense, um anjo passa declamando apaixonadamente versos da peça "Le Jeu de l'amour et du hasard". É Lydia, embalada por Marivaux e às voltas com os ensaios do espetáculo a ser montado por sua turma de sala de aula para as festividades da escola. Já Abdelkrim, apelidado de "Krimo", no auge de seus 15 anos, é arriado pela sua colega de sala. Ele que se arrasta levando seu tédio pelas quebradas suburbanas em companhia de sua galera, descobre repentinamente o amor. Mas Krimo não é do gênero expansivo, além de ter que manter a fachada. Então como se declarar à garota sem perder a pose? Uma solução se impõe: corromper seu amigo Rachid, parceiro de cena com Lydia, para obter o papel de Arlequim. O que Krimo não ousa dizer, Marivaux o fará em seu lugar! Mas a astuciosa manobra torna-se verdadeira odisséia para Krimo, apavorado com a amplitude do texto e as exigências implacáveis de sua professora de francês. Kim encontrará as palavras a serem ditas antes que o boato, as ciumeiras e as inimizades não se metam em seu caminho?

Até Já

De Benoit Jacquot. Com Isild Le Besco, Nicolas Duvauchelle, Ouassini Embarek. Drama em preto e branco/95’. Classificação etária 14 anos.

Ao desligar o telefone depois de um "até já" do namorado, ela sabe muito bem sem saber ainda aquilo que ela nem imaginava: aquele que ela ama, aquele "príncipe" de parte alguma é um bandido. E ele acaba de cometer um assalto: há mortos. Estamos nos anos 70, ela tem 19 anos e, como num sonho acordado, salta do espaço restrito do apartamento paterno - de longos corredores, num belo bairro - e mergulha de cabeça numa geografia fugitiva - da Espanha para o Marrocos e para a Grécia - passando de uma vida de garota normal para a vida que ela escolheu, com suas delícias e consequências.

Dia 4

Assassinas

De Patrick Grandperret. Com Céline Salette, Hande Kodja. Drama em cores/97’. Classificação etária 14 anos.

Nina e Lizzy. O encontro de duas jovens normais e um pouco frágeis. Entre elas, uma identicacação imediata... Juntas, elas são fortes, eufóricas. Sem muita sorte, nem muito dinheiro, elas têm apenas seus sonhos. Duas jovens em busca do amor. Cada instante que passa, cada encontro lhes fecha um pouco mais as portas de um mundo que elas não têm as chaves. Com nada no bolso, não se vai longe, ou diretamente muito longe...

De Volta à Normandia

De Nicolas Philibert. Documentário em cores/113’. Classificação etária 14 anos.

Em 1975, Nicolas Philibert foi assistente de direção de René Allio em "Eu, Pierre Rivière, que degolei minha mãe, minha irmã e meu irmão", baseado num crime local descrito em livro pelo filósofo Michel Foucault. Filmado na Normandia, a alguns quilômetros de onde aconteceu o triplo assassinato, o traço mais especial do trabalho de Allio era o fato de que todos os personagens do filme foram interpretados por camponeses da região. Trinta anos depois, Philibert retorna à Normandia para reencontrar estes atores de ocasião, personagens da vida real. * Seleção Oficial Fora de Competição no Festival de Cannes 2007.

Dia 5

O Último dos Loucos

De Laurent Achard. Com Dominique Reymond, Mathias Mlekuz. Em Cores/96’. Classificação etária 14 anos.

É verão e começo das férias. Martin tem onze anos, vive na fazenda de seus pais e observa, desamparado, a desunião de sua família: sua mãe vive enfurnada em seu quarto, seu irmão mais velho, que ele adora, se afoga no álcool, e seu pai é dominado pela avó. O menino assiste a um desastre familiar. Mas Mistigri, seu gato, e Malika, uma amiga marroquina procuram lhe reconfortar de alguma forma…

Povoado Number One

De Rabah Ameur-Zaimèche. Com Jeanne Balibar, Rabah-Ameur Zaimèche. Drama em cores/100’.

Mal saiu da prisão, Kamel é expulso da França para seu país de origem, a Argélia. Este exílio forçado o leva a observar com lucidez um país em plena transformação dividido entre o desejo de modernidade e o peso das tradições ancestrais.

Dia 6

Tudo Perdoado

De Mia Hansen-Løve. Com Carole Franck. Drama em cores/95’. Classificação etária 12 anos.

Victor vive em Viena com Annette, sua esposa e sua filha Pamela. É primavera. Fugindo do trabalho, Victor passa os dias fora, brinca com a filha e vaga pelo Parque. Apaixonada, Annette está confiante que ele se ajeitará. Mas Victor não abandona os maus hábitos e acaba se apaixonando por uma jovem junkie. Onze anos mais tarde, Pamela descobre que o pai vive na mesma cidade e decide vê-lo novamente. * Prêmio LouisDelluc 2007 * * Selecionado na QuinzainedesRéalisateurs – Cannes 2007.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.