A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

22/05/2015 15:09

UFGD inicia 3ª Mostra Audiovisual, com filmes e shows no Teatro Municipal

Helio de Freitas, de Dourados
Apresentação da orquestra da UFGD na abertura da Mostra Audiovisual de Dourados, que segue até o dia 31 (Foto: Divulgação)Apresentação da orquestra da UFGD na abertura da Mostra Audiovisual de Dourados, que segue até o dia 31 (Foto: Divulgação)

Começou ontem à noite e segue até o dia 31 destes mês a terceira edição da MAD (Mostra Audiovisual de Dourados), promovida pela Coordenadoria de Cultura da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados). Durante 11 dias, serão exibidos filmes e documentários e haverá apresentações artísticas no Teatro Municipal da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul, a 233 km de Campo Grande.

Veja Mais
Lembra do Mad Max? Na estreia da sequência, cinema exibe filmes antigos
Grupo convoca corajosos a encarar sessão de O Exorcista no cinema, à meia-noite

Nesta sexta-feira, dia 22, tem a mostra indígena com os documentários “Flor Brilhante e as Cicatrizes da Pedra” e “Mitã”, os dois contando a história de povos indígenas de Mato Grosso do Sul, falando de crenças, conflitos com a sociedade branca e a miséria. À noite começa a mostra competitiva de curtas, também no Teatro Municipal, no Parque dos Ipês.

Os curtas foram inscritos por proponentes de Mato Grosso do Sul e concorrem à premiação de até R$ 1 mil, por categoria. São 16 curtas divididos nas categorias ficção, documentário, trash e experimental/arte.

As exibições ocorrem até o dia 29 de maio, com sessões no teatro nos dias 22 e 25, e no Centro de Convivência da UFGD, na Cidade Universitária, nos dias 26, 27, 28 e 29 de maio. A cerimônia de premiação da mostra competitiva e o encerramento oficial do evento serão no dia 31, às 19h30, no Teatro Municipal.

Mostra audiovisual – A MAD proporciona ao público interno e pessoas de fora do ambiente universitário um encontro de exibição, debates e discussões sobre produção audiovisual. Filmes em diferentes formatos, com novas linguagens são exibidos para os mais diferentes públicos. A MAD oferece ainda a alunos de escolas e instituições públicas da região os primeiros contatos com as salas de cinema de forma gratuita.

“A cultura mobiliza pessoas, constrói novas relações de tolerância e compreensão”, afirmou o reitor da UFGD, Damião Duque de Farias, durante a abertura. Segundo ele, o talento e a criatividade dos servidores da universidade estão expostos na MAD.

Orquestra – Formada por 30 músicos, todos voluntários, a Orquestra UFGD, se apresentou na abertura da Mostra Audiovisual com o cine concerto dedicado a Ennio Morricone, um dos maiores compositores da história do cinema e responsável por pelo menos 500 trilhas.

Com a regência de Thais Costa, a orquestra apresentou as trilhas The Mission, Moment for Morricone, Cinema Paradiso, Deborah´s Theme e Hollywood Millestones, além de uma coletânea do clássico Superman.

Show – O primeiro show da Mostra Audiovisual de Dourados ocorre neste sábado, com o “Projeto Faladera”, que mistura a força do rock e a poesia do cabaré em releituras de canções consagradas. O show começa às 20h, no Teatro Municipal, e tem entrada franca.

O projeto conta com o músico Daniel Moretti e a interpretação da cantora e atriz Juliana Ladeira. O repertório passa pelos clássicos – Pink Floyd, Elis Regina, The Beatles e Os Mutantes – e vai até grupos contemporâneos como Los Hermanos, Titãs e Beirut.

Além do show, o Projeto Faladera também vai ministrar um workshop, em duas etapas: "Releituras: a poética de recriar canções", e "A produção de material de divulgação no projeto independente", apontando maneiras de realizar a captação de imagem e som para registro e divulgação de projetos independentes. O workshop acontece domingo, dia 24, na Galeria de Arte da UFGD, durante o dia todo. As inscrições já estão esgotadas.

A programação detalhada da MAD está disponível no site www.madufgd.com.

Mostra indígena acontece nesta sexta, com dois documentários no Teatro Municipal (Foto: Divulgação)Mostra indígena acontece nesta sexta, com dois documentários no Teatro Municipal (Foto: Divulgação)
Amanhã tem o show do “Projeto Faladera”, com Daniel Moretti e Juliana Ladeira (Foto: Divulgação)Amanhã tem o show do “Projeto Faladera”, com Daniel Moretti e Juliana Ladeira (Foto: Divulgação)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.