A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

02/01/2015 06:34

"Campo Grande Bad News", mais uma página para tirar sarro das nossas mazelas

Ângela Kempfer
Campo Grande Bad News, mais uma página para tirar sarro das nossas mazelas

Bastou uma postagem para a página do Campo Grande Bad News bombar no Facebook. É mais um espaço nas redes sociais para rir de nós mesmos, com gracinhas que só quem mora aqui entende. Vira e mexe, aparece algum textos sarcástico sobre as mazelas da cidade.

Veja Mais
A pé, Tulia faz percurso de 10 km até biblioteca onde aprendeu a ser feliz
Passada "nuvem negra" que trouxe o câncer, rosa tatuada no braço une 4 mulheres

Os 3 amigos que criaram o Bad News preferem manter o anonimato. Dois são publicitários e todos têm 26 anos de idade. O modelo é parecido com o "Passeando por Campo Grande" ou "O Campograndense", mas os links remetem ao site do grupo, com textos maiores.

No dia 27 de dezembro, durante a madrugada, eles resolveram partir para a brincadeira e fizeram o primeiro post.  "Estávamos conversando e bebendo, falando um pouco da cultura na cidade e decidimos escrever, de uma maneira sarcástica", lembra um dos criadores.

A logomarca é uma capivara, nada mais campo-grandense, e a página já esclarece de saída: “Compromisso com a verdade: não temos.” 

Já brincaram com a proliferação de restaurantes mexicanos por aqui e falaram do "turismo do buraco", tirando sarro do problema recorrente na cidade depois das chuvas. A falta de drenagem também rendeu a manchete: "Previsão de mais chuva aquece o mercado de barcos em MS".

O secretário de Saúde na redação do BadNews ganhou outro nome, é o Dr. Omissu, para falar da manjada deficiência na área "Contrariando a máxima dos postos de saúde de Campo Grande, que é realizar o atendimento apenas depois de horas na fila a Dra. Asa Akira do posto de saúde do bairro Tiradentes cometeu a gafe de atender os pacientes na tarde da última sexta-feira em menos de 3 horas, fato esse que ocasionou sua demissão por justa causa."

O site não facilita. A dica de Réveillon, por exemplo, não foi nada animadora. "Para aqueles que estão dispostos a encontrar um local divertido para a virada, as dicas são a rodoviária ou o aeroporto de Campo Grande. Com passagens a preços acessíveis é possível ir para cidades com comemorações mais agitadas como, por exemplo, Corguinho e Ribas do Rio Pardo, Terenos também surge como uma boa opção".

Mas foi com postagem sobre o Aquário do Pantanal que eles ficaram conhecidos. "Para cortar gastos, o Estado já estuda a contratação de hebreus, povo famoso por grandes obras no Egito e pelo preço camarada", diz trecho da "reportagem". "Tivemos mais sucesso que o esperado", comenta o dono da ideia. 

Os 3 amigos escrevem, mas o plano é para que os seguidores também enviem contribuições, desde que o texto tenha alguma relação com comportamentos bem campo-grandenses. "Tentamos fazer um material jornalístico e também engraçado, com pezinho na realidade", explica o publicitário.

Por enquanto, os elogios são muitos, mas também já apareceu gente reclamando. "Alguns não entendem o humor que a gente faz", diz.

O Bad News já criou até o "Lado C", o que indica que também entramos na mira dos meninos. 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.