A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

08/05/2013 06:51

"Famosa" por não passar na catraca do ônibus, jovem faz redução de estômago

Ângela Kempfer
Carla, feliz da vida.Carla, feliz da vida.
Os hematomas de 2011, quando teve de passar pela catraca.Os hematomas de 2011, quando teve de passar pela catraca.

A “fama” na imprensa de Campo Grande veio de uma maneira torta. Aos 28 anos, Carla Cristina rendeu semanas de notícias por ter sido obrigada a passar pela catraca do transporte coletivo, mesmo com 127 quilos.

Veja Mais
Aos 56 anos, Márcia é parceira do filho do tênis de LED ao Pokémon Go
Papai é a estrela, mas Mamãe Noel pode fazer toda diferença no Natal

Na época, os hematomas, depois de ser submetida a tamanho constrangimento, fizeram a estudante protestar na imprensa. Ela conseguiu ser liberada da obrigação, mas a vida não foi igual a partir dali. “Fiquei péssima. Até então não me incomodava ser gorda”.

Depois do caso, Carla engordou ainda mais, chegou aos 153 quilos. “Era horrível, não só pela catraca. Tem cadeira de bar que pode quebrar, nunca tem loja com roupa pra gente. E é muito preconceito”, comenta.

O lado bom é que, após o episódio, finalmente a jovem convenceu a família a aceitar uma cirurgia de redução de estômago. Há 5 meses ela passou pela operação aqui em Campo Grande e já emagreceu 36 quilos. “Estou muito, muito, muito feliz”, repete.

A universitária passou do manequim 64 para o 52 e não sabe mensurar as transformações. “Não sei dizer, é muito diferente tudo. Hoje, por exemplo, já vou à festinha. Meu médico perguntou na primeira consulta como eu estava. Eu disse que ‘feliz’, mas na última eu já respondi ‘muito feliz, muito feliz”, explica.

Com 1,65 metro, o objetivo é chegar aos 72 quilos. “Ainda estou em dieta, mas quando penso em comida, bebo água. Substitui a comida por água.”

Ela lembra que quando ficava triste, só pensava em comer. Mas agora, garante que não há mais motivos para isso. “Nunca mais fico triste. É muito raro eu ficar chateada”.

Mas nenhuma conquista foi tão festejada por Carla quanto a do último dia 22. “Passei pela primeira vez na catraca, tranquilamente”, sorri.




Obrigada Marta ... sucesso pra ti!!
E obrigada a todos que apoiam...
Ser obeso, magro, alto, baixo, branco ou negro na sociedade em que vivemos está cada vez mais dificil, pois, na hora de criticar ninguém olha para dentro de si e enxerga os seus defeitos, o defeito do outro é bem melhor que o "meu".
Abraços....
 
Carla Zurutuza em 09/05/2013 08:30:11
é uma decisão muito difícil, não cheguei a necessitar fazer redução estava com 110 quilos e não me importava até as pessoas começaram a falar coisas idiotas não poder comprar roupa comecei dieta e exercícios em setembro de 2012 estou com 85 quilos e me esforçando para conseguir chegar no meu objetivo de 78 quilos, só quem já passou por dificuldade em ser gordo entende como é, meu cunhado estava com 20 e fez a redução esta com 130 agora depois de um ano de esforço. temos que continuar em frente.
 
Gerson Renan Fernandes em 09/05/2013 00:17:12
Garota!!! você tem um sorriso LINDO, depois da cirurgia vai ficar muito perigosa,heim???rs,rs,rs...
Carla, desejo muito sucesso durante e após o procedimento cirurgico. Espero que seje bastante feliz. Percebe-se, que tú eis muito guerreira, isso é fabuloso, caracteristica de uma vencedora...
Ah, daqui uns seis meses, sugiro ao Campograndenews que façam outra reportagem, com a nossa querida Carla.
Boa Sorte!!! e que Deus, lhe aompanhe durante sua tão esperada cirurgia.
 
Neyde de Oliveira em 08/05/2013 21:35:13
parabens Carla vc merece toda a felicidade, eu tambem fiz a reduçaõ do estomago e emagreci 50 kilos, estou muito contente e feliz, e com certeza vc sente a mesma felicidade
 
GENIVALDO PEDROSO em 08/05/2013 21:19:53
Carla, em 2011 eu estava no Campo Grande News, como repórter. Fui uma das pessoas que te atendeu na redação.

Fiquei muito contente de ver que as dificuldades daquela época sendo superadas.Como você disse, só quem tem o problema sabe como é que ele afeta a vida. Ninguém sente a dor do outro, é fato. Por isso, parabéns pela coragem e pela tomada de decisão.

E que bom ver você sorrindo.
 
Marta Ferreira em 08/05/2013 17:28:51
Parabéns, Carla, pela força de vontade!
Também emagreci mais de 15 kg fazendo reeducação alimentar e atividade física. Não é fácil mas se tivermos foco e traçarmos metas chegamos lá...
Ainda não eliminei todos os quilos desejados, mas até dezembro chego lá... sem pressa, sem passar vontade...

Abraços e muito foco e força!
 
Lucélia Macedo em 08/05/2013 15:16:45
Parabéns Carla, sucesso pra vc!!!!
 
Jennifer Kill em 08/05/2013 11:22:07
Parabéns, Carla, vc merece ser feliz continue com essa garra e força de vontade, também
estou na luta, gordura não faz bem prá ninguém.
 
Rosangela Gomes em 08/05/2013 10:29:51
Estou feliz por vc Carla, parabéns!!!!!!!!!
Vc deve se lembrar de mim a gente estudou junto na riachuelo, vc pode dizer pra mim que vc é gorda mas pode emegrecer e eu que sou feia, só nascendo de novo!!!!!!kkkkkkkkkkkk.
Bjs, felicidades.
 
SIMONE PEREIRA em 08/05/2013 10:12:58
Parabéns Carla você é mas uma vencedora essa conquista é muito importante por quem já passou por situações constrangedoras como vc eu e muitas outras pessoas passaram fis também a redução é hoje sou muito feliz faça a dieta certinha em breve você estará colhendo os louros . Parabéns!
 
lu sanches em 08/05/2013 10:00:37
Que bom Carla, fico feliz por você, eu tenho 1,78 e pesva 148 kg, comecei a me reeducar na alimentação e em quatro meses emagreci 20 kg e me alimentando de forma saudável sem precisar ficar bebendo água o dia todo, rsss. Se quiser saber como me contate. Abraço.
 
Ricardo Almeida em 08/05/2013 09:44:48
que bom! parabéms vc é uma vencedora!!!
 
alexandro oliveira em 08/05/2013 07:49:52
parabéns Carla, fico muito feliz por você, sabemos que muitos tentam mudar mais não conseguem parabenizo sua família também porque sem a ajuda deles jamais conseguiríamos. seja feliz, muito feliz
 
regina da silva freitas em 08/05/2013 07:48:57
Obrigada Ângela pela matéria você fez eu relembrar uma coisa que me traumatizava "catraca". Apenas um o obeso entende o que se passa na cabeça dele, ontem eu me recordei de um episódio que me aconteceu em 2011 e que foi uns dos motivos qe me levaram fazer a redução do estômago. Quem é magro pode falar fez da maneira mais fácil, nãoo não eu fiz dietas e tentei outros meios para emagrecer e outra agora na minha nova fase de vida a opinião crítica dos outros não me importa e como eu disse: "A vida é feita de escolhas, e para quem é obeso tipo eu, optar por viver significa emagrecer!! E por favor, não me dê palpites, dê roupas".
 
Carla Zurutuza em 08/05/2013 07:45:12
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.