A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

19/02/2016 06:34

"Garota comportada" cria blog para mostrar como "modernizar sem mundanizar"

Naiane Mesquita
Estudante criou marca de roupas para quem deseja se vestir com requinte e modéstia (Foto:  Sergio Henrique)Estudante criou marca de roupas para quem deseja se vestir com "requinte e modéstia" (Foto: Sergio Henrique)

“É possível modernizar, sem mundanizar”, diz logo de saída o blog Garota Comportada. Com apenas 21 anos, essa é a mensagem que a blogueira campo-grandense Melanieh Corrêa pretende levar para além dos muros da igreja. Com os looks todos aprovados pela Igreja Apostólica, local que a jovem frequenta, ela criou uma página para disseminar uma moda feita sob medida pelas leis de Deus, ou seja, longa ou midi, na altura da canela.

Veja Mais
A pé, Tulia faz percurso de 10 km até biblioteca onde aprendeu a ser feliz
Passada "nuvem negra" que trouxe o câncer, rosa tatuada no braço une 4 mulheres

As fotos de inspiração são lindas e as roupas são desenhas por elaAs fotos de inspiração são lindas e as roupas são desenhas por ela

A brincadeira que virou coisa séria e até marca de roupa começou em 2013. “Sempre gostei desse mundo da moda, Porém, por te uma disciplina baseada no uso da saia, não encontrava blogs que fossem focados nesse universo da moda e modéstia. Foi quando decidi criar o blog. E todas as vezes que postava os looks, as leitoras queriam saber onde compravam peças como as que eu usava. Então decidi em 2015 criar a minha marca, que é a Melanieh Corrêa Store”, explica.

Estudante de Publicidade e Propaganda, ainda no terceiro ano de curso, a jovem empreendedora não teve medo de arriscar ou de ir contra a corrente pela liberdade feminina no diz respeito, inclusive, ao que a mulher veste ou deixa de vestir.

Focou no público-alvo: as moças da igreja. “Sempre ouço as meninas me dizendo da novidade que foi pra elas encontrar roupas com modéstia e comportadas. Pois era muito difícil encontrar assim. Sempre tinham que fazer diversos ajustes Hoje conseguem ter uma opção por conta da minha marca”, acredita.

O que chama a atenção de quem não é da igreja é a expressão “mundanizar”. Mesmo usando exemplos de moças nada religiosas no site e blog, até com decotes generosos como inspiração para os looks, Melanieh é categórica ao afirmar que o propósito é dar uma opção a quem sofre na hora de escolher o guarda-roupa.

“Quando nos batizamos prometemos 'morrer para o mundo e viver somente para Deus'. Logo, atitudes que desviam da conduta dos meus princípios e valores, que fui ensinada, são atos que vão me mundanizar. Não são apenas no ato de se vestir, mas na vida cotidiana mesmo. Atitudes que vão contra meus princípios e valores, são o ato de mundanizar”, frisa.

Saias longas e midis são as mais usadas pela jovem Saias longas e midis são as mais usadas pela jovem

Já as roupas vendidas no site são todas desenhadas por Melanieh e confeccionadas por uma prima da jovem, em Maracaju, interior de Mato Grosso do Sul. “Eu desenho os modelos das peças e a confecção é feita pela minha prima em Maracaju. Temos um ateliê lá”, reforça.

O principal público da loja acaba sendo as religiosas. “O público em relação à religião é bem diversificado. A primeira cliente da marca foi uma moça católica. A marca atende também evangélicas. Mas está agradando muito as mulheres da minha igreja por conta do comprimento e requinte das peças”, diz.

Quem apoia todo o trabalho e até faz as fotos para o site é o namorado da jovem. “Nós namoramos há oito anos. Ele é da igreja também. Ele gosta muito do meu estilo e é uma grande apoiador do blog e da marca”, elogia.

 




Parabéns pela matéria, é muito bom saber que a nossa conduta apostólica, tem se destacado neste mundo onde não estão mais valorizando a moral, a decência e a modéstia no vestir e também no comportamento das mulheres.
 
Cristina em 19/02/2016 11:09:26
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.