A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

21/03/2013 12:38

“Precisa de jardineiro? Chame o Zildo”, campanha que emplacou no Facebook

Ângela Kempfer
Felipe e Zildo, em foto de campanha lançada no Facebook. (Fotos: Célia Nazarko Pellegrini)Felipe e Zildo, em foto de campanha lançada no Facebook. (Fotos: Célia Nazarko Pellegrini)

Um dia e um encontro foram definitivos para melhorar a qualidade de vida de Zildo, rapaz que há sete anos perdeu a perna em um acidente de moto na avenida Ceará, em Campo Grande.

Veja Mais
Despedida dominou a web na semana em que todo mundo coloriu de verde o coração
Datilografado, pedido de casamento revelou primo apaixonado em 1980

Ao passar por uma rua no bairro Chacará Cachoeira, Felipe Pelegrini ficou surpreso ao ver Zildo trabalhando sob sol forte. Com muletas, ele cortava a grama com habilidade incrível. “Chamou a atenção porque ele não tem uma das pernas e estava lá, cortando a grama numa boa, apoiando a muleta no braço esquerdo e usando o cortador com o direito”.

Na hora, o administrador de 38 anos resolveu ajudar e lançou a campanha no Facebook: “Precisa de jardineiro? chame o Zildo”. “Pensei no meu cunhado que também não tem a perna”, lembra Felipe.

A vontade era apenas fazer apenas uma foto para enviar ao cunhado que vive em Rondônia. Mas a esposa de Felipe surgiu com outra proposta. “A ideia partiu dela de divulgar a imagem na internet para ele receber mais serviço”.

Depois de fazer propagande do serviço de jardinagem, o envolvimento cresceu. Felipe mobilizou os amigos para resolver o problema da prótese, que Zildo tem, mas não usa por dificuldades de adaptação. Como só restaram 8 centímetros de perna após a amputação, a dificuldade é no encaixe do mecanismo.

“Acabamos descobrindo que o SUS fornece as próteses (que vem de SP) e entrega para pessoa como se fosse um simples objeto. Não dão assistência”, comenta o administrador. Para ter algum acompanhamento, Zildo teria de ir várias vezes até São Paulo, explica.

Precisa de jardineiro? Chame o Zildo - 9159 1158.

Zildo com a prótese, ontem.Zildo com a prótese, ontem.

A campanha na internet já rendeu. Ontem, os dois estiveram em uma empresa que, de graça, vai colaborar. A Ortopedia Casarin providenciou algumas adaptações e vai acompanhar o jardineiro durante a adaptação.

Na nova foto postada no Facebook na quarta-feira, Zildo já aparece com a antiga prótese encaixada. Mas a campanha continua, agora por um material melhor. “O ideal seria uma prótese de silicone, pois conheço bem, meu cunhado usa, então sei que é diferente”, justifica Felipe. O que falta é definir como serão as doações.

Zildo agradece ao novo amigo, diz que nunca ninguém fez nada parecido por ele. Avesso as redes sociais, o rapaz conta “que nem entende essa coisa de Facebook”. O que sabe mesmo é trabalhar. Desde segunda-feira o Lado B tenta conversar com ele, mas o jardineiro sempre fugiu da entrevista. Hoje, mais tranquilo e ciente do sucesso na internet, aceitou falar.

O rapaz garante que como já era jardineiro antes do acidente, nada mudou nesse quesito. “Me adaptei muito bem, faço todo o serviço como antes". A prótese, segundo ele, servirá para outras atividades, para melhorar a qualidade de vida social. "Aqui, no jardim, eu gosto mesmo é da muleta, sou mais rápido”, comenta.




E tem gente que por muito menos, apenas por perder um dedo, se aposenta por invalidez. Parabéns Zildo. Você é um exemplo a ser seguido.
 
Carlos Eduardo em 21/03/2013 21:49:07
Isso ae primo meus parabéns você merece,um exemplo de pessoa para muitos que tem plena saúde e não quer saber de trabalhar.
 
Gilberto camargo da silva em 21/03/2013 21:28:29
Parabéns ao Zildo pelo exemplo de superação e parabéns ao Felipe pelo exemplo de solidariedade!
 
marcia Pereira em 21/03/2013 19:21:21
Ótima a atitude de Felipe, apenas para ajudar na informação a APAE de Campo Grande desenvolve um trabalho belíssimo de reabilitação de amputados, inclusive cedendo a prótese e desenvolvendo um trabalho de adaptação à essa protese, feita sob medida e com acompanhamento de profissionais de alto nivel que vem fazendo um ótimo trabalho em MS. Basta procurar o CAMS no endereço Rua Padre João Cripa, 3162 - Bairro São Francisco CEP: 7910-180, Campo Grande - MS e telefone:(67) 3304-7800 e-mail
contato@apaecg.org.br
 
Eduardo Marcelo Alves Siravegna em 21/03/2013 18:16:37
Parabéns a todos!!!!!
 
celia regina fernandes em 21/03/2013 17:14:29
Parabéns a todos!!!!!
Ainda existe pessoas com amor ao próximo, imagina se o mundo inteiro fosse assim?
Zildo continua com essa humildade, pois o caminho apenas está começando e terá grandes vitorias.
Quero salientar a todos, PARABÉNS pela atitude.
 
Lozano Moura Araujo em 21/03/2013 16:27:54
Um exemplo de vida , parabéns!
 
Paulo Rabelo em 21/03/2013 16:02:15
parabems otima reportagem,
 
jeremias pereira de souza em 21/03/2013 15:56:59
Adorei a reportagem!!! Fazer o bem sem olhar a quem!!!
Parabéns ao Felipe pela iniciativa , é nessas horas que vemos que existem pessoas do bem, que se preocupa com o próximo.
Zildo sem comentários, vc é uma pessoa agraciada por Deus, que Ele te abençoe cada dia mais.
 
Joyce Souza em 21/03/2013 14:52:54
Taí outro exemplo de vida mesmo com a deficiência fisíca ele não deixou de trabalhar e lutar pra ter uma vida normal. Sucesso.
 
Marinei Viana de Almeida em 21/03/2013 14:40:52
Uma sugestão pra angariar fundo é através da "Vaquinha Social " uma empresa que faz esse tipo de contato e usa tbém o facebook e outras redes sociais ... abraços....
 
SERGIO H. MOLICAWA em 21/03/2013 14:34:20
Tá aí o exemplo de pessoas que sabem usar o Facebook.
 
Ton de Almeida em 21/03/2013 14:31:56
Felipe meus sinceros parabéns pela atitude e iniciativa em fazer algo de bom pelo próximo. Lógico que com a divulgação na rede muita gente toma conhecimento mas o mais importante é que Deus está vendo também e serás recompensado pelo teus atos. Que o Zildo se adapte bem à prótese e siga sua vida em paz. Felicidades e saúde.
 
Erudilho Nabuco em 21/03/2013 14:18:17
...é, quem disse que uma andorinha só não faz verão?......parabéns Felipe.

são cidadãos assim que precisamos, DEUS o abençoe sempre.
Sucesso Zildo
 
jose mendes em 21/03/2013 14:07:22
Parabéns Zildo
Um exemplo de pessoa para muitos, que pedem dinheiro para sobreviver, e ele não vê dificuldades na vida dele mesmo sem uma perna....
Deus o abençoe sempre.....e que te dê ainda muita força e vontade de trabalhar....
 
Luana Freitas em 21/03/2013 13:56:54
Pra ver o que basta é o desejo e a força de continuar!!!um exemplo para muitos marmanjos!!! Parabéns pela iniciativa Felipe e também força e felicidades ao Zildo!!!
 
Etiene mendonça em 21/03/2013 13:36:34
Parabéns ao Felipe pala iniciativa, e ao Zildo que através do trabalho conseguiu um amigo, se estivesse em casa reclamando da vida, não teria a oportunidade de conhecer o Felipe, estas ações são exemplos para qualquer cidadão, fazer algo em favor do próximo, parabéns mais uma vez Felipe, fiquem sobre a proteção do nosso pai e senhor DEUS e do nosso senhor JESUS CRISTO.
 
carlos gomes em 21/03/2013 13:35:34
Que o seu exemplo traga coragem à muitos na mesma situação. Trabalho no CTI da Santa Casa e peço que todos, mas todos nós, tenhamos muito cuidado no trânsito. Hoje daria para contar inúmeros casos, semelhantes, ou até piores, nestes meus 34 anos de serviço. As sequelas ficam para o paciente, para os familiares e para toda a sociedade. Precisamos reverter este quadro URGENTE!!! A violência urbana mata ou deixa sequelas. A pedra foi lançada. Felipe e Zildo estou junto nesta batalha.
Maria Augusta Rahe
 
maria augusta rahe em 21/03/2013 13:26:34
Parabéns pela bela atitude, uma ideia simples que mudou a vida de uma pessoa.
 
Sérgio Martins em 21/03/2013 13:26:14
Nossa! São histórias como essa que vemos que a vida ainda vale a pena ser vivida e que o ser humano, quando quer, pode fazer a diferença nesse mundo. Parabéns para o Felipe e sua esposa pela atitude.
 
Alexia Nascimento em 21/03/2013 13:20:56
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.