A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

08/05/2016 07:10

À espera de Maria Clara, mãe com zika vírus recebe a melhor notícia do mundo

Paula Maciulevicius
Maria Clara deve fazer de Thays mãe até o dia 10 de setembro. (Fotos: Arquivo Pessoal)Maria Clara deve fazer de Thays mãe até o dia 10 de setembro. (Fotos: Arquivo Pessoal)

A melhor notícia da vida de Thays veio na tarde deste sábado, às vésperas do Dia das Mães, depois de mais de 1h de exames. A ultrassonografia confirmou o que ela mais pediu a semana toda: a primeira filha está com a saúde perfeita. Grávida de 5 meses, a estudante teve o diagnóstico do zika vírus dado recentemente pelos médicos e se viu diante do maior desespero de uma mãe. 

Veja Mais
A pé, Tulia faz percurso de 10 km até biblioteca onde aprendeu a ser feliz
Passada "nuvem negra" que trouxe o câncer, rosa tatuada no braço une 4 mulheres

"A única coisa que a gente não quer é algum mal para a nossa filha. Nunca pensei que poderia ser zika. Quando descobri, caiu meu mundo. Fiquei sem chão. A primeira coisa que me veio foi: como assim? Aceitar que eu poderia passar algo para ela foi difícil", descreve Thays Rocha Lima. 

Em janeiro ela descobriu que estava esperando bebê com seis semanas de gestação. De imediato, tomou as primeiras medidas, como uso do repelente diariamente. A possível relação do zika vírus com o nascimento de crianças com microcefalia virou pesadelo para tantas mães pelo País e Thays se viu sendo uma delas. 

Futura mamãe namorando a melhor notícia do mundo: Maria Clara é perfeita. Futura mamãe "namorando" a melhor notícia do mundo: Maria Clara é perfeita.

Foi na semana passada, quando o noivo e pai do bebê fazia aniversário, que ela começou a sentir coceiras enquanto preparava os ingredientes para uma feijoada. "Eu não me preocupei, achei que seria alguma alergia, mas no dia seguinte piorou. Tirei fotos e mandei para a médica, ela disse que para confirmar, só mesmo fazendo exame", recorda.

Com o diagnóstico de zika fechado e a ultrassonografia morfológica marcada - a do segundo trimestre - ela chegou rezando até o consultório. "Eu rezei Pai Nosso e Ave Maria e conversei com Deus. Até me emocionei, a última coisa que imaginava era minha filha com alguma má formação, mas disse que se ela tivesse, ainda assim, ia ser perfeita. Acho que toda mãe pensa assim, é o instinto materno", acredita Thays.

Em 1h, a médica checou todos os órgãos do bebê. Maria Clara é perfeita. "Foi a melhor notícia que recebi, nem se compara com a de quando descobri a gravidez. Tem muita coisa pela frente ainda, mas ela é perfeita", desaba a futura mamãe.

Thays aceitou falar com a gente tocada pela emoção e para abraçar - de alguma forma - outras mães que possam estar passando pela mesma aflição.

Nas conversas que tem diariamente com a barriga, a deste sábado foi a mais especial delas. Ainda no banheiro do consultório, Thays falou para a menininha que gostaria que ela viesse com calma, fosse tranquila e amorosa.

"Que ela seja tudo o que eu fui para a minha mãe e tudo o que eu não fui também. Eu sei que ela é humana e eu também, ela vai me magoar, assim como eu também vou. Mas só desejo que ela venha feliz, saudável e com amor.

Maria Clara deve fazer de Thays mãe até o dia 10 de setembro. Este foi o primeiro domingo especial das duas. O próximo, será nos braços uma da outra.

Curta o Lado B no Facebook.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.