A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

10/04/2014 06:17

Além de bater de porta em porta para evangelizar, igrejas apelam até para spam

Elverson Cardozo
Spam com mensagens bíblicas é mais uma estratégia para evangelizar pela internet. (Foto: Cleber Gellio)Spam com mensagens bíblicas é mais uma estratégia para evangelizar pela internet. (Foto: Cleber Gellio)

Você abre o e-mail e, entre tantas mensagens, surge mais uma: “Boa Tarde! Infelizmente os dias que vivemos hoje não são fáceis visto que lidamos com muita violência, doenças, corrupção e muitas outras coisas que não agradam a Deus. Você acredita em Deus? Exerce fé nele?”. Depois de uma citação da bíblia, o texto termina com a frase: “que Jeová o abençoe, juntamente com sua família”.

Veja Mais
Casal queria poetizar início, mas soube rimar como ninguém o "fim" do amor
Monogâmico ou não, gays e lésbicas querem o direito de viver a afetividade

Para quem compartilha do mesmo pensamento, esse tipo de “recado” é só mais uma forma de ser gentil, atrair coisas boas e anunciar o quão bom são as coisas divinais. Mas quem não se identifica nenhum pouco com a crença – ou se identifica, mas não vive anunciando, a gentil mensagem irrita porque, além de invasiva, é vista com uma tentativa de pregação fora dos templos religiosos.

A tradição de bater de casa em casa para evangelizar ainda é o principal meio de propagação da “palavra de Deus” adotado pelas igrejas, mas elas também se renderam à internet. Hoje, a maioria utiliza a rede e as plataformas mais atuais para atrair novos membros.

Algumas apelam, inclusive, para os indesejáveis spams, como é o caso da Assembleia de Deus. Responsável pelo setor de comunicação da igreja, o jornalista Daniel Almeida, de 30 anos, confirma que esse é um dos métodos adotados, embora pouco utilizado. “É um risco que a gente corre”, disse, referindo-se à eficácia da divulgação que, com certeza, agrada a poucos.

Assembleia de Deus em Campo Grande tem quase 10 mil seguidores no Facebook. (Foto: Reprodução/Internet)Assembleia de Deus em Campo Grande tem quase 10 mil seguidores no Facebook. (Foto: Reprodução/Internet)

Os dirigentes resolveram trabalhar mais com a internet há 7 anos. Além do site oficial, a Assembleia mantém uma página no Faceboook, com quase 10 mil seguidores, e o Twitter, mas a tradição continua.

“Ainda fazemos visitas, porque é uma arma que a gente não pode abrir mão. No contato pessoal a pessoa sente-se valorizada e acolhida”, disse.

Diretor de assuntos públicos da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, mais conhecida com a dos Mórmons, Daniel Patelli argumenta de forma semelhante, ao dizer que, “embora a internet possa jogar a semente para milhares de pessoas”, o carro-chefe nas pregações continua sendo o contato direto com os missionários, 83 mil em todo mundo.

Mesmo assim, a rede tem sido uma aliada poderosa para compartilhar o evangelho. A Igreja dos Mórmons possui, segundo ele, diversos sites, onde é possível conversar com missionários online. Também utiliza as mídias sociais “para que membros e amigos compartilhem mensagens edificantes”. No Youtube, o canal Mórmon, prosseguiu, é um dos mais acessados.

A Adventista do Sétimo Dia também evangeliza pela internet. O marketing é tão forte que existem, inclusive, equipes com profissionais em funções específicas, como afirmou o responsável pelos portais da igreja na região Centro-Oeste, Rodrigo Dias Dorval, de 34 anos.

“Utilizamos as mídias sociais de forma intensa. Nosso perfil no Facebook, por exemplo, é bastante forte. Temos uma equipe especializada. São pessoas formadas na área de marketing digital, jornalistas...”.

Evangelização cara a cara ainda é o principal método adotado pelos Mórmons. (Foto: Divulgação)Evangelização cara a cara ainda é o principal método adotado pelos Mórmons. (Foto: Divulgação)

A igreja sempre utilizou a internet, mas antes o trabalho se resumia, em sua grande parte, aos sites oficiais. “Tivemos uma evolução grande nos 5 anos. Passamos a usar a internet para o evangelismo em sites específicos. Todas as nossas linhas de web passaram a oferecer produtos para esse segmento. Tem sites para jovens, família, pais, adolescentes. É uma tendência”, esclareceu.

Metade é destinada aos membros, enquanto a outra parte tem como público alvo os interessados em conhecer o evangelho e, como consequência, a adventista. As equipes trabalham com postagens nas mídias sociais, campanhas pagas, newslater, entre outros meios, mas sem apelar para o spam, garante.

O trabalho tem dado resultado. “Hoje, graças a divulgação na internet, a gente consegue novos membros e mais pessoas participam dos projetos, mesmo não sendo da igreja. Um exemplo é o ‘Anjos da Esperança’, de doações para manter a TV Novo Tempo”, declarou.

Apesar disso, a evangelização no ambiente online, disse, não substitui o contato pessoal. “Hoje ela [a internet] é a finalização. Nós substituímos o contato de porta em porta, da década passada, pela captação via TV, rádio e internet, mas a finalização continua sendo pessoalmente”, declarou.




Boa Tarde João Nelson de Oliveira! Acredito que eles estão no papel deles, seguindo a doutrina deles, portanto não podemos julga-los como " idiotas" até porque isso não nos cabe. Admiro a fé deles de verdade, e acho que isso falta em muito dos segmentos do espiritismo, e também em outras religiões. Apenas gostaria que eles fossem mais maleáveis no sentido de que a unica verdade é Deus, e não suas religiões. Como na própria biblia diz: " Conheça a verdade e a verdade vos libertará" , Jesus estava se referindo à verdade como DEUS, não como uma ou outra religião. Sou candomblecista, procuro conhecer e estudar sobre todas as religiões, justamente para ter bons argumentos para torcar informações sensatas e sempre baseadas na verdade de Deus. Tenha uma Otima semana e que Oxalá te abençoe!
 
Fabiana Gois da Rocha Marinho em 14/04/2014 15:12:31
Boa Tarde Joelso Bispo! para iniciarmos quero deixar muito bem claro à todos que Deus é um só, apenas a forma como difundimos Sua palavra é diferente. Estamos em um período de extrema conturbação mundial, onde cada dia mais o ser humano se deixa corromper pela vaidade, pelo poder, pelo ter, pelo orgulho, pela ganância, e com isso deixamos de lado o que nos eleva à imagem e semelhança de Deus.
A mensagem que deixarei hoje para todos é: " Que sejamos como as formigas, fortes, incansáveis e obstinadas, carregando muitas vezes certos pesos até além do que podemos carregar, mas sempre procurando fazendo o bem para nós e ao proximo, todos os dias um pouquinho, cada um em seu tempo, porém sem parar!" ( Vó Luiza de Angola) ... Tenham todos uma semana iluminada por Deus e pelos Orixás! Bjs de Luz
 
Fabiana Gois da Rocha Marinho em 14/04/2014 14:24:11
bom dia fabiana eu tbm ja ouvi muitas mensagens de todo o tipo, sou evangélico e se vc tiver um recadinho do preto velho ou caboclo ou qualquer outra entidade pra mim é só me mandar sou todo ouvido. grato Joelso Bispo
 
Joelso Bispo em 14/04/2014 10:46:35
Fabiana, faço das suas as minhas palavras, muito bem colocadas.
Eles só querem o "venha a nós". Mas eles precisam de mais e mais idiotas, quero dizer, "seguidores" para poderem se manter sem ter que pegar no pesado.
 
João Nelson de Oliveira em 14/04/2014 07:55:49
Apesar de não ser evangelica, por muitas vezes, ja atendi e já ouvi a mensagem dos crentes. Agora com todo respeito, queria ver se eles teriam a mesma postura, educação e respeito, se eu batesse nas postas deles pedindo apenas um minuto de suas atenções para passar uma mensagem de um preto velho, ou de um caboclo! rsrsrsrs
 
Fabiana Gois da Rocha Marinho em 10/04/2014 17:27:47
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.