A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

30/07/2013 06:30

As gerações mudam, mas o eterno dilema continua: transar ou não no 1º encontro?

Paula Maciulevicius
Ela casou virgem. Gabriela defende que de primeira é despertar o desinteresse do homem. (Fotos: Marcos Ermínio)Ela casou virgem. Gabriela defende que de primeira é despertar o desinteresse do homem. (Fotos: Marcos Ermínio)

É a pergunta que não sai da cabeça. O primeiro encontro, a primeira saída, o que fazer depois do bar, cinema ou balada? Será que se entregar e ir com tudo vale pena? Na liberdade em que se vive hoje, inclusive sexual, é tabu ir pra cama de primeira? Se é, quanto tempo tem que esperar até chegar aos finalmente? De primeira, segunda ou terceira, a ordem faz alguma diferença hoje em dia? Afinal é isso que determina o futuro ou não de uma relação? Tem gente que sai de casa preparada. De lingerie nova e depilação em dia, onde vale a velha do ‘nunca se sabe’. Talvez o imediatismo que pauta o cotidiano, do viver a vida intensamente acelere as coisas, ou seja o tesão mesmo. Mas o fato é o que pensam eles quando elas resolvem abrir tudo logo no início? E o que elas levam em conta na hora ir para cama logo de cara?

Veja Mais
Casal queria poetizar início, mas soube rimar como ninguém o "fim" do amor
Monogâmico ou não, gays e lésbicas querem o direito de viver a afetividade

O Lado B saiu às ruas e não poupou ninguém. De jovens à gente mais experiente e perguntou na lata, assim como questiono agora aos leitores o que se pensa da mulher que vai pra cama na primeira saída? Mesmo na liberdade de hoje em dia, faz alguma diferença a quantidade de saídas que antecedeu a chegada ao motel?

As respostas foram as mais diversas, das próprias mulheres partiu a afirmação de que quem transa logo no início é mulher fácil. Outras questionam o por quê da diferença entre os sexos. Eles, viram garanhões e elas galinhas numa situação que envolve os lençóis. Mas há quem defenda que isso não fez a menor diferença e assume, transou de primeira com quem hoje é o marido.

Não rolou na primeira, mas foi de segunda e hoje Vera está com o mesmo namorado há 2 anos.Não rolou na primeira, mas foi de segunda e hoje Vera está com o mesmo namorado há 2 anos.
Experiência de já ter ouvido comentários, Glessia agora impõe tempo. Só depois de duas semanas. Experiência de já ter ouvido comentários, Glessia agora impõe tempo. Só depois de duas semanas.

A panfleteira Elisângela Ferreira Dias, de 32 anos, é uma das que diz que a mulher fica tachada sim como 'fácil', no entanto, ela mesma rebate. "Porque liberou só para homem? Antes todo mundo se preservava mais. Eu não ligo, se é fácil ou não, dá na primeira vez se tem vontade", abre o jogo. Ela diz que se há lugar propício não é a agenda que deve impedir. "Eu teria coragem, se rolar um clima por que não? Antes tinha muito isso da religião, só que agora não... Depois ninguém vai ficar falando, na balada, ninguém sabe onde mora ninguém", explica.

Aos 39 anos, a gerente de loja Vera Faria é uma das que encara que a liberdade dos tempos trouxe paz às mulheres. "Já mudou um pouco, eu nunca fui de primeira, mas foi na segunda e estou namorando até hoje", conta. No começo ela não nega que queria sim, mas não encarou logo de início porque tinha acabado de conhecer o rapaz. Não se arrependeu, só que também não foi com o sonho de casar. "Eu tenho quase 40, na minha idade tenho a liberdade de ir e vir sem culpa. Hoje eu acho que a cabeça está muito mais aberta, tanto para os homens quanto para as mulheres e isso não vai atrapalhar seu relacionamento. Se ele gostou de você, da sua personalidade, antigamente até podia ser considerada fácil, hoje não tem mais esse pensamento não", avalia.

Na opinião da vendedora Camila Duarte, de 22 anos, com tudo à mão hoje em dia, o sexo não fica por menos. "Acabou aquela ideologia de família porque está fácil demais. Não que a mulher não tenha valor, mas nada que vem fácil assim dá certo", diz. Até na cabeça das mais novas o assunto vira polêmica. Aos 18 anos, Thaise da Silva fala o que ouve por aí. "Aquela não é para namorar, os homens mesmo falam isso das mulheres, porque se ela sai e faz isso uma vez, ela fez e vai fazer a mesma coisa sempre", comenta. No entanto, ela não prevê ao certo a quantidade de saídas 'aceitáveis' até chegar à cama. "Vai depender da segurança que a mulher sentir na relação. O tempo não é determinante", reforça.

Guilherme acredita em conquista e que isso leva tempo, mas na mesma frase usa 'matadouro' para se referir aos lençóis.Guilherme acredita em conquista e que isso leva tempo, mas na mesma frase usa 'matadouro' para se referir aos lençóis.
Para Luciana, foi de primeira e hoje ela é casada com o mesmo homem. Para Luciana, foi de primeira e hoje ela é casada com o mesmo homem.

Gabriela Correia da Silva, 20 anos, casou virgem. Isso não é segredo pra ninguém e sempre foi o sonho da jovem. "Você vê o cara pela primeira vez, sai e já vai consumar o ato? A mulher se torna menos interessante a partir do momento em que se entregou e o homem perde o interesse, porque ele já conseguiu o que queria", responde. A gente perguntou se foi difícil de esperar até o casamento, ela confessa que sim, mas não era algo que chegava a incomodar. "Mas foi só um ano de namoro para não se abrazar", completa.

Há também quem faça e se arrependa. A ressaca moral bate no dia seguinte sem pedir licença. Foi como o caso da vendedora Glessia Gutierrez, de 23 anos, que se arrependeu depois de ter ouvido os comentários. "Ainda mais porque era conhecido", diz. Como aprendizado, hoje ela diz que leva entre duas e três semanas até chegar aos finalmente. "Geralmente falo que estou naqueles dias, mas tudo é muito relativo".

O lado deles

O Lado B ouviu tanta opinião assim na tentativa de se chegar a um consenso do que pensam as mulheres. A única que se dispôs a falar que foi sim para cama no primeiro encontro e que é casada com o homem até hoje diz ainda que não voltaria atrás. Mas admite, que ele, em questão, não quis nada sério de primeira. "Para mim isso é normal, depende da vontade. Ainda tem muito de pensar nisso, de mulher fácil. A gente não ficou sério por causa disso, mas daí ele arrumou outra, que era virgem e foi pior. Isso não significa nada, tudo depende do relacionamento e da hora", compartilha Luciana Rocha, de 36 anos.

Agora é a vez do lado deles. E cá para nós, os comentários são um tanto quanto machistas mesmo. Tem um que até admite e bate no peito. "Eu sou muito machista, esses dias estava falando com a minha esposa disso, que as mulheres nem conhecem e de repente estão beijando. Agora ir pra cama, meu Deus do céu, isso é estar fazendo curso para pato, porque galinha já é", solta o comerciante César Lauro Widal Cavalcanti, de 42 anos. Ele justifica o vocabulário com o fato de que se assusta em um mundo cada vez mais liberal. "Estou casado há 23 anos, demorei sete meses para beijar minha mulher. Ela me deu canseira, mas o que a gente ganha sem suor, não tem valor", afirma.

Jovens, Everson da Silva Fernandes, de 22 anos e Guilherme Vinícius Pereira, de 20 tinham tudo para ser, sei lá, mente mais aberta. É gente que está ou esteve há pouco tempo nas baladas, mas vê com outros olhos as mulheres que vão com tudo de primeira. "É fácil, a pessoa tem que esperar, não ser de primeira, de sair com um cara e já ir rolando. Todo homem quer, claro, mas fica feio para ela. Porque se uma hora ela é fácil assim, pode ter feito isso com qualquer um", opina Everson.

Para Guilherme, o negócio ainda é a conquista até que se chegue ao ponto final, e não demora muito não. "Se ela for é sinal de que vai pra cama com qualquer um. Tem que esperar umas duas semanas, mas não tem como falar de tempo certo, vai da confiança e da segurança, mas de primeira, perde a graça, o negócio é a conquista, aí depois leva para o matadouro".

Mas e aí leitor, o dilema continua? De primeira é sinônimo de facilidade e pode por um ponto final a um compromisso mal começado?




Agora pergunto para ALGUMAS pessoas.

Será que só pelo fato da pessoa ir para cama com outro sem estar casado, já cometeu pecado?
Até posso entender que este cometeu o pecado, mas isso NÃO QUER DIZER QUE DEFINE O CARÁTER DE UMA PESSOA.
E se a mesma ajuda e honra os pais, ajuda os necessitados, participa dos eventos da igreja... Mesmo assim ainda o condenaria pelo ato sexual?

Sinto muito quem pensa assim.
Vejo que o que o sexo para alguns atualmente, o beijo e até, o namoro eram vistos por alguns da mesma forma décadas atrás.

Prefiro pecar amando alguém do que matar.
 
Marcelo Mattos em 31/07/2013 22:16:35
Isso varia de pessoa para pessoa.
Portanto, NADA DE GENERALIZAR!
Não é uma regra transar no primeiro encontro, assim como o beijo. Mas pode acontecer no segundo, terceiro, quarto... e até durante o namoro.

Não é somente numa balada ou barzinho. Até num cinema, shopping e num parque durante o dia também podemos encontrar alguém legal, conversa vai conversa vem, rola a química...
 
Marcelo Mattos em 31/07/2013 21:52:50
Concordo plenamente com a Ana Luiza, e fico admirada com os comentários do Tiago Amaral e do Antônio Carlos - de forma positiva, que fique bem claro!

Realmente é (também) uma questão de respeito e também de ser um homem de caráter!
 
Mériele Oliveira Pereira em 31/07/2013 10:40:12
Lucas Sarcozi, respondendo a sua pergunta, Vivo na época no qual tenho liberdade de expressão e pensar e agir da forma que eu acho legal e correto.... Cada um cuida da sua vida e faz o que quer ok...????
 
Dudinha Lima em 31/07/2013 07:24:57
Penso que esse lance de transar no primeiro dia vai de pessoa para pessoa , tanto homem quanto mulher. Você esta numa balada , em um barzinho, com amigos e amigas , encontra uma cara ou uma gata legal e trocam idéias , rola a química e existe ali a possibilidade de se divertir , na boa , sem compromisso , vai rolar sim. Acho hipocrisia dizer que não. Mas isto , pra mim , não quer dizer que a mulher ou o homem são pessoas vulgares. Muito pelo contrário , são pessoas normais aproveitando a vida enquanto tem disposição para tal.
 
Ana Luiza em 30/07/2013 19:18:39
Nossa quanto comentário, quanta polemica por uma coisa tao normal nos dias de hoje. Penso que se o homem que transa no primeiro encontro, com essa dama, tivesse um minimo de caráter, ninguém, alem dele e dela, precisaria saber disso. Pois o fato da Mulher transar no primeiro encontro com o cara jamais vai revelar a verdadeira personalidade dela, ou se ela tem o costume ou não de fazer isso com todos. Eu sou da opinião que isso depende de pessoa pra pessoa , se rolar o clima e ambos estiverem a fim, que seja. No meu caso fico bem quietinho, e a minha resposta para aquela velha pergunta dos amigos: e ai comeu? digo não, não rolou. acho que se a moça resolve transar com o cara no primeiro encontro, é mérito dele e ele deve é se achar o cara, e respeita-la, e não sair comentando por ai.
 
Antonio Carlos em 30/07/2013 18:51:27
Ser "fácil" é só mais uma ideia do patriarcado, da submissão feminina, do machismo. A mulher é livre pra decidir sobre qualquer aspecto da própria vida. Por que as pessoas insistem em cunhar estereótipos?

A Igreja por muito tempo acreditou que a mulher fosse o pecado original, e que todo o mal se originasse dela - e do sexo. Por que ainda vivemos isso em pleno século XXI? É só um resquício de machismo.

Liberdade sexual sempre!
 
Tiago Amaral em 30/07/2013 17:44:56
A verdade é que a ninguém deveria interessar se você transa no primeiro encontro ou não. Isso não deveria traduzir a sua personalidade, nem quem você é, mas o faz graças à influência e aos traços do machismo presente na sociedade.

Você acha que "perde o valor"? Isso é machismo.

Você acha que "quem faz isso só serve pra sexo"? Isso é machismo.

Tá na hora de as pessoas pararem de impor o que acreditam no modo de vida do outro. As pessoas, mulher ou homem, fazem sexo com quem quiser, quando quiser, onde quiser e como quiser. Parem de enfiar estereótipos machistas e antiquados a uma sociedade democrática. Parem de achar que a religião - completamente machista - deve ditar o que a mulher deve fazer com o próprio corpo.

Parem de ser machistas.
 
Tiago Amaral em 30/07/2013 17:41:03
Nossa Marcelo Aurélio Carvalho , como vc consegue ser tão ridículo...kkkk,Hilário !!! Você faz bem aquele tipo de trouxa que arruma uma "santinha" (do pau oco,que só vc vê a santidade dela) e vive com um alce na cabeça se achando o bonzão,homens feito vc que sai chutando como vc diz...é o primeiro a ser chutado ,e o pior costuma virar capacho e um chato grudento quando tá gamado...Quadrado.
 
ana paula ribas em 30/07/2013 17:34:14
Marcelo Aurélio, se você faz de tudo para transar no primeiro encontro, o que você acha que as mulheres vão pensar de você também? Por acaso você acha que elas vão achar legal você ser "o comedor"? Aí eu concordo com você, tô fora !!!
 
Laura Helena Cintra em 30/07/2013 17:33:05
ESSE(marcelo aurelio carvalho)deve ser um moleque sem noção,não se vaglorie meu filho pq elas devem pensar o mesmo de vc é um moleque vou dar hj e pronto no outro dia nem quer ver sua cara pq quando uma mulher acha o homem bom de cama ela consegue sim....
 
adriana santos em 30/07/2013 17:28:28
Se cada um cuidasse do "seu", essa matéria não renderia tanta discussão,a verdade é que não se pode dizer que uma mulher é fácil só porque resolveu se entregar no primeiro encontro e nem que ela é p** pela suas vestes,pois hoje em dia as garotas de programa (acompanhantes como são chamadas) a maioria é comportadinha, de família e universitárias,nem que todo bandido é negro ,favelado,cultura e mal vestido (temos nossos políticos como exemplo),então dá quem quer e quem sentir vontade...
Eu nunca senti vontade de me entregar no primeiro dia,mas nunca por medo de ser tachada,por falta de vontade mesmo...Se eu um dia eu fizer e o babaca me achar fácil e sair fora,vai perder de conhecer uma ótima garota,amiga,fiel,honesta e o principal...Gostosa pra caramba.
bjos
 
ana paula ribas em 30/07/2013 17:17:46
Eu sempre tento transar no primeiro encontro, claro. Se rolar, ótimo, faço tudo o que tenho vontade e apago o número do celular da fulana. Mulher que transa e faz tudo logo de primeira deve fazer isso com todo mundo, não vou sair por ai com ela de mãos dadas pra todo mundo apontar e cochichar: "olha aquela ali com aquele trouxa, já comi e chutei depois". Eu tô fora!!
 
Marcelo Aurelio Carvalho em 30/07/2013 17:15:55
Olha, tenho alguns anos de experiência de vida, sei que as culturas mudam, as pessoas evoluem, se tornam mais independentes, mas em relação a probabilidade de "uma mulher" entregar-se ao homem em um primeiro encontro, opino:
_ Embora homem, não acho adequado, mesmo porque eles não saberão nem se terão outras oportunidades futuras, ainda mais se ao conheceram-se, estavam esporadicamente em uma balada, etc.
_ Isso não quer dizer que seja crime ou difamação, mas primeiro vamos trilhar os caminhos normais, saber quem é o parceiro, de onde veio, para onde vai, o que realmente quer...
_ Não é a beleza física que deve impor regras ou desejos, mas sim o conteúdo que o possível parceiro possa agregar a outra pessoa, portanto, cabe a cada uma, decidir o que melhor lhe convier. Faça com consciência!
 
Francisco C. Araujo em 30/07/2013 16:40:56
melhor fazer isto depois do casamento é saldável e romântico!
 
grasiele katy fracaro em 30/07/2013 16:25:54
Libera aí mulherada...

EU APOIO O SEXO CASUAL!
 
Pedro Bagoe Norme em 30/07/2013 16:21:20
Se eu transar logo na primeira saída, na minha opinião, essa garota não serve para um relacionamento sério só pra sexo mesmo, pois como terei um relacionamento serio com uma garota que transa logo no primeiro encontro, uma pessoa que não se valoriza pois fica a duvida quantos primeiro encontro ela teve, uma coisa muito fácil todo mundo pega, não que isso seja verdade, mas é essa impressão que da, na duvida é só sexo mesmo pois é fácil logo de primeira ai podemos engatar a segunda terceira....
 
Rudiney Valencio em 30/07/2013 16:06:09
Concordo com a Mériele, Dudinha voçê está vivendo em que época, pelo jeito ainda não estás no século 21.
 
Lucas Sarcozi em 30/07/2013 15:16:44
Sou Heterossexual e vanglorio o sexo oposto. Porém condeno mulher que se entrega no primeiro encontro. A maioria dos homens adora mulher fácil porque só pensa em sexo. Quem se valoriza e possui amor próprio não se envolve intimamente num primeiro encontro. (Opinião minha)
 
Adriano Humberto Ferreira de Souza em 30/07/2013 14:35:09
Hoje em dia mulher trabalha igual ou mais que homem e tem direito sim, de fazer o que quer ou não fazer, na hora que bem entender.
Concordando ou não acho que cada deveria cuidar da própria "periquita", pra quê discutir? se vc não quer? não faça!
se quer? vai ser feliz e pronto!

 
suzi dos santos araujo em 30/07/2013 14:30:13
Na minha opinião e sem levar em consideração preceitos religiosos, homem que é homem de verdade e que preste pra um relacionamento não vão achar a mulher fácil, fútil ou outros termos mais xulos se ela for pra cama já no primeiro encontro, não é isso que um homem (que preste) analisa......

Direitos iguais. Se eles podem, por que elas não?
 
Thiago Kalunga em 30/07/2013 14:17:47
E mais uma coisa, Dudinha: você deve ser novinha, jovem ainda. eu também já fui, e defendi a mesma ideia, que na época era o que me permeava a cabeça, e era o que parecia certo para mim.

Mas o tempo passa, as ideias mudam, a gente amadurece e vê - por EXPERIÊNCIA - que as coisas não são exatamente como a gente pensava.

Continuo afirmando que homem que julga a mulher pelo sexo ou a falta de sexo no primeiro encontro não merece sequer um minuto do tempo dessa mulher!

Prática sexual não define caráter, honestidade, se a pessoa é trabalhadora, se a pessoa é interesseira, se a pessoa vai ficar ao lado da outra quando as coisas forem difíceis, se a pessoa vai dar apoio quando for necessário... O que define isso nada tem a ver com sexo - seja no primeiro encontro, seja um mês depois dele.
 
Mériele Oliveira Pereira em 30/07/2013 13:55:31
Olha Dudinha, minha mensagem NÃO foi para você.

Falei da hipocrisia de alguns "homens", que querem que a mulher se entregue no primeiro encontro, mas que não são maduros o para agirem como homens quando a mulher o faz. Não tenho frescura quanto a isso, e meu marido é evoluído o bastante para não julgar mulheres pela conduta sexual no primeiro encontro.

Opinião? Conheço e sei bem o significado, tanto que dei a minha, e que você, pelo visto, não respeitou.

Não me acho superior por causa da minha opinião, e você também não deveria se achar superior pela sua. Não fale comigo (ou com quem quer que seja) como se eu fosse uma pessoa de quinta categoria só porque tenho opinião formada; pois não te subestimei pela sua opinião diferente da minha.

Atenção e respeito, "minha filha".
 
Mériele Oliveira Pereira em 30/07/2013 13:35:10
Não é hipocrisia Querida Mériele... É opinião "CONHECE"???... Cada um tem uma e deve ser respeitada.... Se você acha que é legal transar na primeira oportunidade e com cada pessoa que você julga interessante.... Vai Fundoooo Minha filha... A escolha é sua.... !!!!
 
Dudinha Lima em 30/07/2013 12:38:38
Sr. Pedro Braga:

Foi por isso que Deus nos deu o livre arbítrio, para que cada um faça o que quiser - mas assuma seus atos depois. Bem simples não?

Agora, acho interessante que os religiosos são contra o sexo ANTES do casamento, mas acham normal e aceitável o sexo FORA do casamento. Alguns até tem filhos de relacionamentos PARALELOS ao casamento... Interessante não?

E sim, muitas "moças" de famílias ditas religiosas são muito mais ativas sexualmente do que muitas meninas de balada, como disse a Nilda Lima.

Eu penso que traição sim é coisa do capeta!

Avaliar qualquer mulher pelo fato de ela ir ou não para a cama no primeiro encontro é muito ridículo! Então não conta se a mulher é trabalhadora, honesta, parceira, amiga, companheira?
 
Mériele Oliveira Pereira em 30/07/2013 12:33:43
Na boa? Algumas opiniões me chocam pelo fato de serem extremamente retrógradas!
Ora, algumas oportunidades, ocasiões e circunstâncias aparecem apenas uma vez na vida, e da mesma forma, pessoas interessantes.
Ficar "se guardando" para o "homem certo", para ter um "relacionamento sério"... Isso é bobagem!
Homem que julga mulher pelo fato de ela ir ou não para a cama no primeiro encontro nem merece a atenção que ela poderia dispensar a ele.

Que homem neste mundo quer se relacionar com uma mulher ruim de cama? Nenhum!
De que adianta um homem se relacionar "a sério" e casar com uma mulher que "se guardou" para traí-la tempos depois sob o argumento de que ela não faz o que ele gosta?

Menos hipocrisia, por favor.
 
Mériele Oliveira Pereira em 30/07/2013 12:09:26
(sr.pedro braga) agora eu descobri porque o diabo é vermelho, o sr. disse que quando uma pessoa transa antes do matrimonio o diabo da risada?? então é isso ele é vermelho de tanto rir, porque hj em dia isso não existe mais eu conheço muitas (crentes) que usam saião até os pés, cabelos compridos e são pior que muitas meninas de baladas...
fica a dica



obs: sou evangélica e não descrimino ninguém!!!!!!!!!!
 
nilda lima em 30/07/2013 12:03:31
Tinha que aparecer um protestante xarope dando mídia ao diabo, aliás as pessoas que mais o enaltecem são os próprios protestantes (evangélicos, como gostam de ser chamados), se fosse pelas outras religiões ele nem existiria mais, pois já teria caído no ostracismo.
 
Lucas Sarcozi em 30/07/2013 10:56:46
Sempre tem um crente chato pra falar bobagens da seita dele...
Transar ou não transar é uma opção individual de cada um, o que deuses tem a ver com isso?! Querer impor que o seu deus proíba as pessoas de se relacionaram e serem felizes é o cúmulo do fanatismo e alienação!
 
Mohamad al Kali em 30/07/2013 10:44:18
LÓGICO QUE TEM QUE TRANSAR PRA QUE ADIAR UMA COISA QUE É ÓBVIA...
 
carlos prati em 30/07/2013 10:25:07
Hoje os jovens querem curtir a vida concordo, mais viver cada fase da vida com sabedoria, hoje meninas de 10 anos querem namorar e viver fases da vida que é a infância que não volta nunca mais, e ser adulto vai ter muito tempo pra curtir.
A virgindade cada um faça o que achar melhor, mas se conservar como mulher te faz ser mais valorizada em meios a outras que na balada são fáceis demais....fica a dica se valoriza mais....
 
Luana Freitas em 30/07/2013 10:23:33
POSSO FALAR POR DEUS? NÃO É BOM QUE NENHUMA PESSOA, TRANSE SEM O CASAMENTO, SEM O COMPROMISSO DO ALTAR DE DEUS, POIS É FORNICAÇÃO, E FORNICAÇÃO, E PROIBIDA POR DEUS, E SE DESOBEDECER-MO A DEUS, FICAMOS A DISPOSIÇÃO DO diabo, E O BICHO SÓ FAZ MAL, DIZ A PALAVRA DE DEUS, ENTÃO É BOM QUE SIGAMOS A PALAVRA DE DEUS, SEXO, SÓ APÓS CASAMENTO NO ALTAR DE DEUS, E MAIS NADA, E TUDO QUE COMEÇA BEM, TERMINA BEM, o diabo, TEM ENGANADO AS PESSOAS, É ONDE AS FAMÍLIAS, NÃO TEM MAIS ESTRUTURA, E TEM ENVERGONHADO A DEUS, E FAZENDO o BICHO VELHO, DAR RISADA, POIS NADA SE CONSTRÓI, SEM FAMÍLIA ORGANIZADA EM DEUS, CUIDADO COM O diabo, DO SEXO, POIS ELE É DE DEUS, SE RESPEITAR A LEI DE DEUS, E É DO diabo, SE RESPEITAR A LEI DELE, QUE É ANTES DO CASAMENTO, SEM RESPONSABILIDADE DIVINA, QUE DEUS ABENÇOE A TODOS.
 
PEDRO BRAGA em 30/07/2013 10:15:07
Transei na primeira noite com o rapaz... já nos conhecíamos do trabalho. Começamos a namorar e nos casamos. Vai muito do pensamento machista do cara também.
 
Janaína Santos em 30/07/2013 10:11:58
Gabriela Correia da Silva "A mulher se torna menos interessante a partir do momento em que se entregou e o homem perde o interesse, porque ele já conseguiu o que queria", depois dessa afirmação acredito que a mulher seja só um corpo sexual e que o homem um animal que só pensa em sexo?

acho que tudo depende da circunstancia, se vc já conhecia a pessoa e só agora marcaram o encontro, se vc não conhecia mas rolou aquele clima caliente, se vc tá com vontade. Só acho, também, que se a pessoa não conhece bem a outra e já deu na primeira, não dá para já querer um relacionamento sério, pois ninguém se conhece. É sexo por TESÃO, que PODE virar algo mais, o lance é desencanar do que os outros pensam e ser feliz... gozar a vida! kkk
 
Dayse Rocha em 30/07/2013 09:33:43
A matéria reflete bem a mentalidade provinciana dos campo-grandenses, a maioria ainda vive com um pé (ou os dois) no século passado, e isso se reflete em todas as esferas da sociedade local.
 
Mathias Hanns em 30/07/2013 09:26:41
Quando um não quer, dois não transam, simples assim, o problema é querer e ficar reprimindo esse desejo só por preocupação do tipo: "nossa, o que ele vai pensar de mim?", isso já era...
 
Kaio Gleizer em 30/07/2013 09:09:44
É realmente muita insegurança da própria performance o cara ter medo de uma mulher com experiencia e que faz o que bem entender na hora que der vontade! Recalque de quem não confia no próprio taco!
 
Elizandra Ribeiro em 30/07/2013 08:39:17
Não existe Regrinhas a Serem seguidas porém existem opiniões a serem respeitadas. Não é questão de Recalque.
 
Dudinha Lima em 30/07/2013 08:36:05
Na primeira, na segunda, na quinta, o que vale é não reprimir as emoções, não existe regrinha a ser seguida, isso é para os (as) recalcados.
 
Kaio Gleizer em 30/07/2013 08:29:27
Cada um tem o livre acesso para pensar e agir de formas diferentes... Na minha opinião temos que nos guardar e nos preservar para quem vá valer a pena e não sair por aí se deitando com o primeiro que aparece pela Frente -... Acho que se rolar de primeira, quebra todo aquele gostinho de conquista, paquera e tals.... Se a pessoa quer um relacionamento sério, não custa se segurar um pouco e conhecer melhor o parceiro...
 
Dudinha Lima em 30/07/2013 08:15:50
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.