A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

11/09/2016 09:40

Baiano ganha vaquinha na internet para não desistir de vender pipoca na cidade

Naiane Mesquita
Baiano está há 50 anos em frente ao Auxiliadora e o movimento caiu (Foto: Fernando Antunes)Baiano está há 50 anos em frente ao Auxiliadora e o movimento caiu (Foto: Fernando Antunes)

Baiano terá uma nova dose de esperança em breve. Após a reportagem publicada no Lado B na semana passada, ex-alunos do Colégio Auxiliadora decidiram criar uma vaquinha on-line para ajudar o pipoqueiro. No mesmo ponto há 50 anos, Osório Prado Cardoso, de 85 anos, viu o movimento das vendas caírem e a crise financeira chegar em casa. Pensando em desistir do ofício, ele inspirou os estudantes, que já arrecadaram R$1.376,00.

Veja Mais
Casal queria poetizar início, mas soube rimar como ninguém o "fim" do amor
Monogâmico ou não, gays e lésbicas querem o direito de viver a afetividade

A campanha foi organizada pela advogada Marina Mandetta, que mora atualmente no Rio de Janeiro. Na descrição da vaquinha, ela cita os mandamentos da escola de freiras como motivo para a arrecadação.

“No colégio Auxiliadora, aprendemos todos os dias sobre a necessidade de amar e auxiliar àqueles que mais precisam, diante de um apelo desses, não poderia ser diferente, certo? Como seria bom se todos pudéssemos voltar para a hora do sino e comprar a pipoca quentinha e deliciosa todos os dias novamente! Como isso não é possível para todos, decidimos fazer a campanha "pipoca simbólica do baiano", assim cada um pode contribuir comprando "simbolicamente" uma pipoca e garantido um final de ano mais esperançoso para o Baiano e sua família”.

A ideia era arrecadar R$ 500,00 até o dia 8 de novembro de 2016, mas a meta foi cumprida e ultrapassada. Quem quiser contribuir, o link da campanha pode ser acessado aqui ou pode tentar pelo método tradicional e comprar uma pipoca do Baiano, em frente ao Colégio Auxiliadora, de segunda a sexta-feira.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.