A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

17/04/2014 11:59

Católicos encerram Quaresma e iniciam celebrações do Tríduo Pascal

Luciana Brazil
Óleos Santos são consagrados em missa que encerra Quaresma. (Fotos: Cleber Gellio)Óleos Santos são consagrados em missa que encerra Quaresma. (Fotos: Cleber Gellio)
Os padres renovam as promessas do dia da ordenação. Os padres renovam as promessas do dia da ordenação.

Cerca de 70 padres da Arquidiocese de Campo Grande participaram na manhã de hoje (17) da Missa dos Santos Óleos, celebrada na Paróquia Santa Rita de Cássia, no bairro Universitário, presidida pelo bispo emérito Dom Dimas Lara. Com a celebração, os católicos encerram oficialmente o período da Quaresma e dão início ao Tríduo Pascal.

Veja Mais
Com quadros de amigos e fotos do passado, casa de Isac é pura recordação
A pé, Tulia faz percurso de 10 km até biblioteca onde aprendeu a ser feliz

É nessa missa que são consagrados os óleos que serão usados no Batismo, na Unção dos Enfermos e no Crisma durante todo o ano de 2014, até a próxima Páscoa. Após a consagração, os óleos são distribuídos entre as paróquias da Capital.

Segundo a Igreja Católica, o rito, que acontece em todas as dioceses do país e do mundo, encerra a Quaresma e a Semana Santa e dá início a celebração do Mistério Pascal de Cristo, onde se recorda a paixão, morte e ressurreição de Jesus.

O padre Laércio Chebelo, 45 anos, do Santuário Arquidiocesano de Bandeirantes, a 70 quilômetros de Campo Grande, explica que além da benção dos óleos o momento é ainda mais especial para os sacerdotes.

“É na Missa dos Santos Óleos que renovamos as promessas do dia da nossa ordenação como sacerdotes. É também o encontro do clero, quando se une o grupo presbiteral em torno do bispo”, explicou.

Na Quinta-Feira Santa a Igreja celebra o dia da Instituição da Eucaristia, o Corpo de Cristo, como explica o padre Laércio. “É o que vamos vivenciar mais tarde na missa que relembra a Última Ceia, a missa do Lava pés”.

Hoje também se recorda o sacerdote como a Persona Crhisti, que quer dizer na pessoa de Cristo. “Quando o sacerdote age, ele o faz na pessoa de Cristo, não é ele que está agindo, mas Cristo”, diz o padre.

Cada ano, a Missa dos Santos Óleos é celebrada em uma igreja. São mais de 100 sacerdotes em Campo Grande, mas segundo o padre Laércio, nem todos conseguem participar. 

Óleos- Segundo a Igreja, o óleo dos Catecúmenos, ou do Batismo, concede a força do Espírito Santo aos que serão batizados “para que sejam lutadores de Deus, ao lado de Cristo, contra o Espírito do mal”. Neste caso, o batizado é ungido no peito.

Já o óleo da Unção dos Enfermos, é usado para dar conforto e força aos doentes. O sacerdote é ungido na fronte e também na palma das mãos.

O óleo do Crisma é usado nas unções consacratórias como a confirmação do Batismo, a Crisma, após a ordenação episcopal e na consagração de um altar. Em todos os casos se recorda a vindo do Espírito Santo.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.