A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

13/07/2015 06:50

Cilene merece virar borboleta... O grito de socorro de quem precisa operar

Liziane Berrocal
Cilene tem mais de cem quilos e enfrenta problemas com a obesidade. Cilene tem mais de cem quilos e enfrenta problemas com a obesidade.

Todos os dias em minha página na rede social ou pelo whatsapp recebo pedidos de informações, indicações médicas, orientações ou até mesmo elogios maravilhosos de quem acompanha a coluna #VaiGordinha aqui no Lado B. Entre essas pessoas, sempre tem algum pedido de ajuda ou mesmo de socorro sobre como proceder para a cirurgia ou o que acontece depois.

Veja Mais
Aos 56 anos, Márcia é parceira do filho do tênis de LED ao Pokémon Go
Papai é a estrela, mas Mamãe Noel pode fazer toda diferença no Natal

Já conheci a Rubia, a Maria, a Mariana, a Nat, a Dani, o Ju, e numa dessas conversar começou conversar comigo a Cilene. Uma jovem senhora, bonita, mas que enfrenta a obesidade como doença e todos os perigos e percalços que ela traz. Cilene pesa mais de cem quilos, e ela enfrenta problemas de saúde como pressão alta, falta de fôlego e outras dificuldades que só quem é obeso entende e conhece.

Então, ela começou a conversar comigo. Aos 42 anos, está prestes a realizar seu grande sonho: a cirurgia da redução de estomago. Seu procedimento é ainda mais difícil, já que será feito pelo SUS.

Todos os dias, no grupo Amigos da Nutri, onde minha nutricionista Mariana Corradi Gouvêa nos acompanha também pelo aplicativo de mensagens, contamos os percalços da cirurgia. E depois de ver a luta de Cinele, resolvi dividir com vocês.

 cirurgia dela está marcada para dia 22 deste mês, e hoje, se você puder ajudar, entre em contato! cirurgia dela está marcada para dia 22 deste mês, e hoje, se você puder ajudar, entre em contato!

Eu, tive a sorte e o carinho de ter conseguido a minha por um plano de saúde, onde fui tratada com muita dedicação pela equipe dos competentes Cesar Conte e James Câmara, em um hospital particular, que vou pagar em suaves parcelas por um bom tempo, mas tive tudo isso ao meu alcance. Inclusive um procedimento feito por vídeo, que me proporcionou uma melhor recuperação e cicatrizes mínimas.

Cilene não. Cilene foi para a fila do SUS. Hoje, não tenho números precisos da fila de espera da cirurgia bariátrica e metabólica no sistema público. Sei que lá, a maioria das cirurgias são abertas (com corte, ou seja, vários pontos) e que muitas vezes o acompanhamento médico é mais difícil, dada a alta procura e número insuficiente de médicos. Claro que os médicos são bons, confio nisso também, mas a espera pode ultrapassar dois anos, e tudo muito mais trabalhoso.

Mas a cirurgia é grátis? Então está tudo certo? Pois é, não mesmo. Apesar de ter feito minha cirurgia pelo convênio, tive, além disso, um gasto elevado com medicamentos, suplementos e alimentação especial que foi algo que tive que me programar, além das benditas meias de compressão que são necessárias para evitar trombose/embolia pulmonar. Na ponta do lápis, posso dizer sem medo de errar que foi um gasto de R$ 1.500 além da cirurgia.

E onde Cilene entra nessa história? Ela é artesã. Um dia me procurou, precisando trabalhar, aceitava qualquer coisa. Tentei ajudar, várias pessoas tentaram também, mas ao chegar ao exame médico, Cilene foi reprovada. Enfrentou muitos nãos, enfrentou cara feia e preconceito.

Isso é o que 99% dos obesos enfrentam, e nem todos tem voz como hoje eu tenho. Nem todos têm a coragem de colocar a cara a tapa. Então, hoje eu estou aqui, usando dessa coluna para isso, para junto de vocês colocar minha cara a tapa. Cilene precisa de ajuda. Eu sozinha não consigo ajudar, mas ela precisa comprar a meia de compressão, o respiron (aparelho para fisioterapia respiratória), vitaminas, medicamentos e alimentação inicial pós cirúrgica, já que é uma dieta completamente diferente.

Como aprendi com a Mariana que somos privilegiadas e podemos sempre ajudar ao próximo, sei que existem milhares de Cilenes no Brasil afora, que hoje sofrem a dor de obesidade e que muitas vezes são obrigadas a desistirem de um sonho por pura falta de condições. Mas, nós não podemos deixar que isso aconteça com ela.
Cilene merece ser borboleta!

A cirurgia dela está marcada para dia 22 deste mês, e hoje, se você puder ajudar, entre em contato! Ela conseguiu uma TV para rifar (R$ 10 o bilhete) e também precisa de ajuda, qualquer uma é bem vinda. Será muito gratificante para nós! O fone da Cilene é (67) 9258-2326 e o meu é (67) 9235-1404.

Porque sonho que se sonha só, é só um sonho que se sonha só... Mas sonho que se sonha junto é realidade (Raul Seixas)
Beijos, amo vocês!




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.