A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

16/01/2014 06:30

Com estoque d'água e disposição, homem mora há 7 anos no pico do Morro Paxixi

Mariana Lopes
No pico do morro, Clodoaldo tem a natureza como quintal de casa (Foto: Marcos Ermínio)No pico do morro, Clodoaldo tem a natureza como quintal de casa (Foto: Marcos Ermínio)

Em meio à caminhada que leva ao pico do Morro do Paxixi, bem no final da Serra de Maracaju e início da planície do Pantanal, uma casa de alvenaria simples e com cerca de arame farpado chama a atenção de qualquer trilheiro. Afinal, quem moraria no alto de um morro, longe da civilização (e mais perto do céu, diga-se de passagem)?

Veja Mais
Pontos que valem a passagem ainda são pouco visitados em MS
Uber multado, reajuste de ônibus e cidade sob chuva bateram recordes nas redes

A resposta é Clodoaldo Santana Teixeira. Um operador de transmissor de rádio, de 39 anos, casado, pai de família, natural de Aquidauana, cidade do interior de Mato Grosso do Sul, que fica a 135 quilômetros da capital, Campo Grande.

Há 7 anos, ele se divide entre o rural e o urbano, passando uma semana no morro e outra em Aquidauana. A escala de trabalho dura 7 dias e a cada sexta-feira ele troca de lugar com outro operador, e assim sucessivamente.

Na casa onde mora não há muita estrutura, mas até que ele se vira bem com o que tem. Clodoaldo confessa que “já se acostumou” com os dias longe do vai-e-vem da cidade e que, quando está “lá”, sente falta da tranquilidade que embala a rotina no alto do Morro do Paxixi.

“Fui criado na fazenda, na casa dos meus avós, e lá também não tinha estrutura, então para mim está tudo certo”, comenta o operador.

Para passar uma semana isolado de tudo, Clodoaldo faz um estoque de água potável, que traz de Aquidauana, e outro com água da chuva, para higiene pessoal e limpeza da casa (Foto: Marcos Ermínio)Para passar uma semana isolado de tudo, Clodoaldo faz um estoque de água potável, que traz de Aquidauana, e outro com água da chuva, para higiene pessoal e limpeza da casa (Foto: Marcos Ermínio)

Para passar a semana, Clodoaldo faz um estoque de água potável, que traz de Aquidauana para consumo e para fazer a comida, e outro com água da chuva, para higiene pessoal e limpeza da casa.

No quintal, ele mesmo construiu uma calha que leva a água da chuva direto a um reservatório, a qual ele utiliza para lavar louça, roupa e também tomar banho. “O banho aqui é no balde e na caneca”, conta o operador, sem qualquer constrangimento.

Um pedaço do paraíso – Mas em contrapartida, e o que compensa todo “perrengue”, Clodoaldo pode dizer que é bastante privilegiado. Como ele mesmo descreve, mora em um pedaço do paraíso e ostenta belezas da natureza no quintal de sua casa.

No fundo da residência, onde fica a antena da rádio e é o ponto mais alto do morro, a paisagem é nada mais nada menos do que a planície do Pantanal sul-mato-grossense, que pode ser contemplada de cima de uma rocha, à beira de um abismo. Uma vista realmente linda!

Ponto de apoio – Nesses 7 anos, Clodoaldo conta que já ajudou muita gente que subiu o morro para fazer a trilha. A casa dele é quase parada obrigatória no meio do caminho em direção ao topo, seja pela curiosidade ou como ponto de apoio mesmo.

“O movimento maior é durante o final de semana, tem grupo que até acampa aqui no pico do morro, e eu ajudo no que precisar, estou sempre à disposição”, garante Clodoaldo, com um sorriso de satisfação no rosto.

Ele afirma, com orgulho, que conhece o Morro do Paxixi como a palma de sua mão e que sempre dá dicas de caminhos aos trilheiros. Quem passa por lá tem suporte garantido e, de lambuja, ainda ganha um copo d’água e um bom papo.

Vista dos fundos da casa onde Clodoaldo mora (Foto: Marcos Ermínio)Vista dos fundos da casa onde Clodoaldo mora (Foto: Marcos Ermínio)
Morro do Paxixi visto da estrada (Foto: Marcos Ermínio)Morro do Paxixi visto da estrada (Foto: Marcos Ermínio)



Meu amigo das antigas de Aquidauana Clodoaldo jogamos muito Hand juntos no Cejar no Estadual um grd abraço pra vc ....Parabéns pela matéria....
Quando eu vou em Aquidauana eu volto por Camisão/Piraputanga/Palmeiras estrada linda um dos lugares mais bonitos do nosso estado....
 
Max Lucas em 17/01/2014 14:02:32
Parabéns pela matéria e isso mostra a curiosidade do morro Paxixi, pois muitos Aquidauanense nem conhece esse lugar, valeu Clodoaldo, que Deus te abençoe muito nesse lugar incrível e maravilhoso. abraço.
 
Ademir Nascimento em 16/01/2014 18:09:34
Próximo da cidade Rio Verde de Mato Grosso MS, tambem tem um padre que mora a muitos anos em um morro, este morro inclusive é conhecido na região como Morro do Padre.
 
Inez Lara em 16/01/2014 18:01:43
" Este morro fica perto do antigo CERA", lugar muito bonito. Sem palavras.....
 
Sylvio Nogueira em 16/01/2014 17:48:10
caro Ygor:
o caminho é o seguinte, cidade de Aquidauana ms, pegar a rodovia do cera, vire a direita em direção ao distrito de camisão 5km,chegando la, primeira esquina vire a direita 7 km de subida e muita alegria, tem cachoeiras, boa viagem..
 
ives da costa em 16/01/2014 17:46:57
É um privilégio ser o único morador de um morro tão grande e tão bonito.
A situação do Clodoaldo, é bem ao contrário de milhares de pessoas, que vivem em barracos pendurados em morros que existem por aí.
Só espero que depois desta matéria, o Morro do Paxixi não seja tomado por indios, e por "trabalhadores" sem terra que invadem tudo.
 
VALDIR VILLA NOVA em 16/01/2014 14:47:55
Uma dica, essa beleza que está em Aquidauana, pode ser curtida a partir de Palmeiras, quem vai da Capital, após a rotatória de Dois Irmãos do Buriti, a primeira entrada a direita....e daí é só curtir o que a natureza oferece.....pode apostar é tudo de bom.
 
Mari larson em 16/01/2014 14:39:10
Parabens Clodoaldo.Poucos tem a possibilidade de unir o util ao agradavel. Trabalhar em meio a essa natureza exuberante e privilegio para poucos.
 
Marcos Armin Marchewicz em 16/01/2014 12:53:35
este ponto é na serra de maracaju; e não em maracaju
.

 
gelson renovato de brito em 16/01/2014 12:52:56
Gente, se nao estou enganado, este morro e ao lado do acampamento da igreja batista em piraputanga, me corrijam se eu estiver muito errado... porque aquela fissura em forma de coração e meio que unica na região...
 
Marcio Barbosa em 16/01/2014 12:35:18
Linda matéria da minha colega. Parabéns, Mari! Privilégio é poder acordar no silêncio da manhã e apreciar a vista que Clodoaldo tem de sua casa.
 
Luciana Brazil em 16/01/2014 12:20:42
Não temos que divulgar nada, senão todos irão pra lá sujar o ambiente, foi assim com muitos outros lugares bonitos que nem existem mais ou estão poluidos. Deixem os bichinhos, passarinhos, animais, aguas, matas, pedras quetinhos !
 
Carlos Lamarca em 16/01/2014 12:17:15
Ygor, o morro é no distrito de Camisão, em Aquidauana. Ou vai até Aquidauana e volta para Camisão, ou entra por Piraputanga e segue até Camisão.
 
Afonso Vieira em 16/01/2014 11:56:03
esse morro paxixi fica proximo a aquidauana nao em maracaju sra angelica miranda
 
mario jose em 16/01/2014 11:31:10
Verdade trabalho em um paraíso mesmo, o complicado lá é ficar longe da família, mas dá um jeito com o celular ouvindo a voz dos meus familiares, principalmente da minha filhinha a minha princesinha e da minha esposa...
 
clodoaldo Santana Teixeira em 16/01/2014 10:46:50
Como chegar até esse morro ? tentei pelo google maps mais até agora nada.
 
ygor baicere em 16/01/2014 09:42:03
temos que divulgar mais o que existe em nosso Mato Grosso do Sul, nós temos muitos lugares bonitos e interessantes e esse em Maracaju é um deles
 
angelica miranda em 16/01/2014 08:17:08
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.