A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

16/07/2013 23:15

Com igreja cheia, católicos recebem bolivianos e dão início à Semana Missionária

Mariana Lopes
Estrangeiros entraram à igreja com a bandeira da Bolívia (Foto: Cleber Gellio)Estrangeiros entraram à igreja com a bandeira da Bolívia (Foto: Cleber Gellio)

A igreja estava lotada, com mais ou menos 800 católicos que foram receber os bolivianos peregrinos que chegaram hoje a Campo Grande para participarem da Semana Missionária, que antecede a Jornada Mundial da Juventude. Na paróquia Santa Rita de Cássia, no bairro Universitário, onde foi realizada a Missa de Abertura, os corações se uniram ao mesmo canto.

Veja Mais
Após 3 dias de viagem, bolivianos chegam a Capital rumo à Jornada
Semana Missionária: 60 estrangeiros passam por Campo Grande rumo à JMJ

“Eu venho do sul e do norte, do oeste e do leste, de todo lugar. Estrada da vida eu percorro, levando socorro a quem precisar. Assunto de paz é meu forte, eu cruzo montanhas, mas vou aprender. O mundo não me satisfaz, o que eu quero é a paz, o que eu quero é viver”. Assim foi entoado o hino da Jornada Mundial da Juventude para receber os 60 estrangeiros enquanto eles entravam à igreja.

Pelo corredor central, eles entraram segurando a bandeira da Bolívia e espalhando sorrisos. Foi a maneira que encontraram para expressar a alegria em estar em solo brasileiro e também afirmar que o país de origem deles estava muito bem representado aqui.

Depois da acolhida calorosa, os estrangeiros se misturaram com a multidão de brasileiros que ocupavam os bancos da igreja. Daquele momento em diante, não existiam mais fronteiras, todos estavam na mesma condição de simplesmente católicos, irmãos latino-americanos.

Jovens da paróquia Santa Rita de Cássia entraram com a cruz simbolo do Bote Fé (Foto: Cleber Gellio)Jovens da paróquia Santa Rita de Cássia entraram com a cruz simbolo do Bote Fé (Foto: Cleber Gellio)

E essa é justamente a proposta da Semana Missionária, preparar os corações para viver a unidade. “Esta é uma semana especial e de várias emoções. A começar pela proximidade da Jornada, já sentimos os jovens valorizando as missões. Depois em ver nossos irmãos unidos a nós, e assim também já nos preparamos para nos encontrarmos com outros milhões de irmãos do mundo inteiro”, pontua Dom Eduardo.

O encontro da noite de hoje foi uma pequena amostra do que irá acontecer no Rio de Janeiro, entre os dias 23 e 28 de julho. “A Jornada Mundial da Juventude já começou, é isso aqui, jovens unidos e fortes na fé. O que aconteceu hoje confirma que a igreja católica não é dividida, como a mídia muitas vezes quer mostrar”, enfatiza o leigo consagrado João Luiz Brandão, de 29 anos.

Por falar em força de jovem, o coordenador do Setor Juventude da Arquidiocese de Campo Grande, padre Márcio Reis, destaca que organizar a Semana Missionária para os 60 bolivianos mexeu com os jovens da Capital.

“Foram os jovens que organizaram tudo, se envolveram, se comprometeram, fizeram acontecer. Mas o mais importante, é que esta preparação veio como reflexão para eles, que hoje estão mais convictos de que a conversão vale mais do que a emoção”, ressalta o padre.

A missa de abertura da Semana Missionária foi presidida pelo bispo auxiliar de Campo Grande, Dom Eduardo Pinheiro, e concelebrada por padres da Arquidiocese da Capital e também por sacerdotes bolivianos, que vieram junto com o grupo de peregrinos.

No início da celebração, os jovens da paróquia Santa Rita de Cássia entraram com a cruz simbolo do Bote Fé. Por causa do grande número de fiéis, foi montado um telão do lado de fora da igreja para transmitir a missa.

No Brasil, 150 cidades realizam, a partir de hoje, a Semana Missionária. No total, 30 mil peregrinos estrangeiros já estão no Brasil para se preparar para a Jornada Mundial da Juventude, que este ano acontece no Rio de Janeiro, de 23 a 28 de julho.

A missa foi presidida pelo bispo auxiliar, Dom Eduardo (Foto: Cleber Gellio)A missa foi presidida pelo bispo auxiliar, Dom Eduardo (Foto: Cleber Gellio)

Programação - Durante esta semana, os estrangeiros participam de visitas missionárias em comunidades carentes da cidade. Mas dentro da programação do evento, também terá atividades especiais abertas a toda população. A Semana Missionária ocorre em várias cidades do Brasil durante a semana que antecede a Jornada.

Na quinta-feira (18), a partir das 19h, terá a Noite Cultural, realizada na paróquia São Judas Tadeu, que fica na rua Fernando Augusto Corrêa da Costa, 58, bairro Jardim América. O evento terá shows com as bandas Sede de Deus, Ahava e Cristo Canta Contigo. Durante a programação também terá apresentação teatral com o Ministério de Artes Rumo ao Céu, e muita dança com os grupos Ballet Só Dança Auxiliadora, Ministério Psalmus e Ministério de Dança Magnífica.

Na sexta-feira (19), será feito um terço com luau, às 20h, na Casa de Formação São Vicente Pallotti, localizada na rua Júlio Verne, 01, bairro Dr. Albuquerque. Segundo a organização, será um terço diferente, animado e com muita música.

Para encerrar a Semana Missionária, terá a Missa de Envio no sábado (20), às 17h, no Poliesportivo Dom Bosco. Em seguida, terá show com as bandas Estação XV, Rumo ao Céu e Rei da Glória. Na missa, o arcebispo de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa, dará a benção aos peregrinos e aos estrangeiros que vão para a Jornada Mundial da Juventude na próxima semana.




Parabéns Fernando Silva e muita alegria em Cristo Jesus... Suas palavras são o reflexo daquilo que você vive, e vive como verdadeiro cristão! Pena que grande parte dos irmãos evangélicos não tenham essa abertura de alma e de coração que você tem, mas creio que um dia poderemos chegar lá!... Shalom!!!!!
 
Augusto Martins de Barros em 26/07/2013 11:10:18
Para corrigir os jovens que estavam carregando a cruz que representa a JMJ eram os jovens da Paróquia São Martinho de Lima e não da Santa Rita de Cassia.
 
Douglas Torres em 17/07/2013 17:47:33
Eu estava lá e foi muito gratificante pra mim enquanto cristã receber nossos irmãos bolivianos nessa caminhada de fé e paz.
 
LUCIANA BARBOSA em 17/07/2013 07:40:49
Doutrinas e dogmas a parte, é maravilhoso saber que milhares de jovens mundo a fora, vivem e pregam a fé e o amor em Cristo Jesus. Quiçá um dia possamos ter uma jornada ecumênica, com jovens cristão, católicos e protestantes, professando juntos a fé e o amor ensinados pelo Filho de Deus. Meu desejo e oração é que a Jornada Mundial da Juventude seja motivo de renovo no coração dessa moçada. Deus Pai os abençoe. Fernando (cristão de confissão evangélica)
 
Fernando Silva em 17/07/2013 00:59:24
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.