A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

12/01/2014 07:00

Como exemplo a ser seguido, festa a São Sebastião começa em Campo Grande

Paula Maciulevicius
Um terço nas mãos e no coração, a fé revigorada pelo exemplo. Quando homem na terra, não faltou coragem a São Sebastião. Um terço nas mãos e no coração, a fé revigorada pelo exemplo. Quando homem na terra, não faltou coragem a São Sebastião.

Uma Ave Maria na fala, um terço nas mãos e os olhos voltados à figura de um exemplo. Em Campo Grande, o sábado foi de abertura às comemorações da 64ª edição da festa de São Sebastião, na paróquia do bairro Monte Carlo. Da procissão à novena, quem acompanhou o trajeto saiu renovado, teve a fé revigorada quando o coração se voltou ao Santo, que quando homem na terra, não lhe faltou coragem nem perante a morte.

Veja Mais
Despedida dominou a web na semana em que todo mundo coloriu de verde o coração
Datilografado, pedido de casamento revelou primo apaixonado em 1980

A história nos conta que Sebastião tinha à frente uma brilhante carreira no exército romano, ao mesmo passo em que pregava a fé cristã. Denunciado ao imperador da época, teve de pessoalmente dar satisfações. Na ocasião, lhe foi dado a oportunidade da vida, desde que negasse sua fé. Ele não o fez e por isso foi teve o corpo amarrado a uma árvore e fincado por lanças. Não morreu e novamente foi até o imperador, dessa vez por conta própria, anunciar que a fé que queriam que ele negasse, foi justamente o que o salvou. Não teve uma segunda chance e foi açoitado até a morte, no dia 20 de janeiro de 288.

De um passado tão distante, para um mundo onde a fé parece também ser a salvação. Devota, Rosemeire Garcia, de 45 anos, fala que o santo é um exemplo a ser seguido, principalmente hoje. “Nesse mundo fragilizado que a gente vive, com tantas coisas acontecendo, quando vê um santo igual ele, que lutou e nunca desistiu, isso faz com que a gente tenha força para superar as coisas”. Ela define não só o a opinião, e sim o que vem a ser a homenagem ao santo por todos os fieis.

Rosemeire e a filha Rafaela. Para a mãe, tanto o pedido como o agradecimento devem ser diários.Rosemeire e a filha Rafaela. Para a mãe, tanto o pedido como o agradecimento devem ser diários.

“Toda hora, nossa vida é uma guerra. No trabalho, na saúde, a criação de filho. E tem que lembrar do santo toda hora, não é só na novena. Eu olho para a cruz, eu passo aqui na frente e falo, São Sebastião, rogai por nós”, completa Rosemeire.

Padroeiro dos ruralistas e invocado pelos fiéis contra a peste, fome e epidemia, o padre Marcelo Tenório, explica que no ano de 680, epidemia e peste assolavam Roma. Foi quando o Papa pediu que fosse realizada uma procissão com as relíquias do Santo e imediatamente as doenças cessaram. “Os portugueses trouxeram para gente essa devoção e o povo rural começou a invocar São Sebastião contra as epidemias do gado”, esclarece o pároco.

Com mais de 60 anos de realização, a festa ao santo faz parte do calendário cívico e cultural de Campo Grande, mas mais que uma data, está diariamente na fé de quem como mártir.

“São Sebastião para mim é exemplo de fidelidade, crença e fé. A gente faz a lembrança nessa época para fortalecer a nossa fé e a esperança que é preciso nesse mundo de hoje. Não conheço homem que teve a coragem que ele teve. Mas é pela fé, ela move montanhas”, comenta o paroquiano Adão Teodoro Winkler, de 53 anos.

Ao todo serão 10 dias de homenagens ao santo padroeiro dos militares e ruralistas. A programação inclui procissões, novenas, missas, carreatas, eventos culturais como quermesse e churrascos. Além da Cavalgada com São Sebastião, que será realizada no próximo domingo.

Todas as noites até o encerramento serão feitas novenas e missas a partir das 19h, seguidas por eventos culturais e gastronômicos. Os pequenos fiéis também vão poder mostrar sua devoção participando da 6ª Noveninha.

A paróquia São Sebastião fica na rua Minas Gerais, 549, bairro Monte Carlo.

Ao todo serão 10 dias de homenagens ao santo padroeiro dos militares e ruralistas.Ao todo serão 10 dias de homenagens ao santo padroeiro dos militares e ruralistas.



vou participar sempre
 
conceiçao sgobi em 12/01/2014 13:37:16
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.