A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

31/12/2014 06:34

Consulta sobre o que o tarô prevê para 2015 agora pode ser feita até via Skype

Aline Araújo
Publicação no Facebook, feita por Andréa.Publicação no Facebook, feita por Andréa.

Você ainda não tem as previsões para 2015? Pois dá tempo de fazer aquela consulta, sem sair de casa. Nos classificados de Campo Grande, o anúncio garante a comodidade: “Tarô do ano, mês a mês de 2015 para você, leitura também por Skype, FaceTime ou telefone.” Quem faz a oferta é a taróloga Andréa Pache, de 44 anos, que utiliza da tecnologia para atender clientes de onde quer que seja.

Veja Mais
Datilografado, pedido de casamento revelou primo apaixonado em 1980
Super-heroi, Pedro precisa de ajuda para continuar salvando a alegria da família

Se até confissão ao padre hoje é feita pela internet, porque previsões não?

O preço é o mesmo, tanto para quem é atendido a distância, quando para a conversa cara a cara, e bem salgado. Custa R$ 350,00 cerca de 1h30 de atendimento, mas Andréa já explica que não se trata de adivinhação e sim de ciência. “O Tarô é uma ferramenta muito antiga. Não é um trabalho de previsão ou adivinhação, mas feito para saber como está caminhando a vida das pessoas em detrimento das escolhas que ela fez”, comenta.

Ela diz que não é preciso acreditar. Defende o tarô como um instrumento de autoconhecimento, para as pessoas direcionarem suas e decisões. Na consulta, Andréa distribui cartas entre doze casas de uma mandala, cada casa representa um mês.

“Eu posso ver como está a energia daquele mês e a partir dai começar a trabalhar para se necessário fazer escolhas diferentes das atuais. O Tarô vai elucidar melhor como você está escolhendo, se suas decisões estão de acordo com os objetivos que você quer. Até mesmo as decisões do nosso inconsciente”, afirma.

A consulta começa com Andréa perguntando ao cliente: “No que eu posso ajudar?” Depois, a conversa vai se desenrolando e ela garante que, mesmo a distância, o resultado é eficiente. “As vezes é até melhor, porque eu me esforço para interpretar as cartas e passar ao cliente”, comenta.

Andréa, que também é fotografa, terapeuta floral e facilitadora de técnicas xamânicas, trabalha com tarô há mais de 18 anos. “É diferente da cartomancia, as pessoas confundem muito e tornam o tarô até pejorativo, quando na verdade ele desvenda o inconsciente. Ele é um trabalho terapêutico.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.