A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

05/02/2015 08:29

Consumidor recorre a piada para não chorar com o novo preço da gasolina

Filipe Prado
Maicon criticou a falta de informação dos motorista do Estado (Foto: Marcelo Calazans)Maicon criticou a falta de informação dos motorista do Estado (Foto: Marcelo Calazans)

“É melhor rir do que chorar”. Esse parece ser o pensamento dos motoristas sul-mato-grossenses ao saberem do aumento da gasolina na última semana, quando o preço saltou para a média de R$ 3,40 na Capital e quase R$ 4 no interior do Estado. Os motoristas tem usados memes, imagens com tom humorístico, nas redes sociais para criticar e enfrentar com bom humor a alta do combustível.

Veja Mais
Casal queria poetizar início, mas soube rimar como ninguém o "fim" do amor
Monogâmico ou não, gays e lésbicas querem o direito de viver a afetividade

No Whatsapp é onde as imagens são mais compartilhadas. Memes do Chapolin Colorado comparando a prova de amor a uma carona amiga, mostrando Iemanja “devolvendo” uma Camaro, já que a gasolina ficou tão cara que ficou inviável conseguir encher o tanque.

O agente de vendas Maicon Alves garcia, 28 anos, riu dos memes, mas criticou a falta de conhecimento dos campo-grandenses. “Eles fazem as brin cadeiras, mas não se movimentam, não vão nos manifestos. Até não sabem dialogar sobre o assunto”, assegurou. Maicon apontou que a gasolina está com um preço absurdo e trocou o carro pela moto para ir ao trabalho.

Para o motorista Cleomar Gonçalves, 37, o sentimento de indignação vem à tona quando ele recebe alguma meme de humor sobre a alta dos preços da gasolina. Casado e com filhos, a alternativa foi usar o carro somente aos finais de semana, para economizar os R$ 300 com combustível por mês. “Só uso o carro se for urgente”.

Consumidor recorre a piada para não chorar com o novo preço da gasolina

Mas nem só personagens da TV e entidades estão nos memes. Os políticos, principalmente a presidente Dilma Rousseff e coligados ao PT, são os maiores alvos das imagens. “É um jeito de alfinetar os políticos”, analisou o mototaxista Ricardo Amarillha, 34.

Para conseguir ter lucro no trabalho, Ricardo precisou aumentar o valor da taxa, mas achou isso um absurdo. “Está muito complicado”.

A elevação dos impostos federais, válidas a partir do dia 1º de fevereiro, já provocou o aumento do preço da gasolina em alguns postos de Campo Grande. Vários postos já estão cobrando o valor de R$ 3,49 o litro. O preço médio do combustível na Capital era de R$ 3,02 por litro e a expectativa é de que na maioria dos postos o combustível passe a custar R$ 3,40.

Nos postos que ainda cobravam a bandeira antiga, cerca de R$ 3, os veículos fizeram filas para tentar abastecer com um valor mais barato e evitar o aumento, que já começou a valer em todos os postos a partir de hoje (4).




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.