A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

22/08/2015 07:29

De graça, fazer aniversário no Parque é diversão garantida para criançada

Paula Maciulevicius
No último domingo, Ana Júlia Papa comemorou os 11 anos num piquenique com as amigas. (Foto: Simão Nogueira)No último domingo, Ana Júlia Papa comemorou os 11 anos num piquenique com as amigas. (Foto: Simão Nogueira)

Não custa nada e ainda pode ser muito divertido. No sábado ou domingo, basta chegar com bolo, velinha e balões que o gramado do Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande, vira buffet de festa infantil. A ideia agrada pais, aniversariantes e convidados. O que manda é a criatividade e a vontade de brincar.

Veja Mais
Aos 56 anos, Márcia é parceira do filho do tênis de LED ao Pokémon Go
Papai é a estrela, mas Mamãe Noel pode fazer toda diferença no Natal

No último domingo, Ana Júlia Papa comemorou os 11 anos num piquenique com as amigas. O convite era a camiseta com o nome da aniversariante em rosa. Medida adotada também para controlar as crianças. A mãe, Gisele Papa, de 48 anos, queria inovar este ano, depois de já ter feito festa na maioria dos buffets da cidade.

A ideia foi da filha mais velha, estudante de Arquitetura, Juliana, de 19 anos. "Eu sempre gostei muito de decoração e pensei em fazer algo mais básico, onde as crianças pudessem brincar", conta Juliana Papa dos Santos. A irmã sugeriu e todo mundo aprovou o piquenique.

Ideia e decoração foi da irmã mais velha, Juliana. (Foto: Simão Nogueira)Ideia e decoração foi da irmã mais velha, Juliana. (Foto: Simão Nogueira)

O primeiro passo foi de reunir mães e filhas num grupo de WhatsApp para ter a confirmação do número de participantes e também o tamanho de cada uma. "Formou um clube da Luluzinha", brinca Gisele.

Na grama, bastou jogar toalhas no chão, usar caixotes e levar balões para a atividade ganhar cara de aniversário. Para conservação dos alimentos e bebidas, Gisele organizou caixas térmicas com sanduíches e sucos.

O cronograma tinha o horário para começar, mas não para terminar o aniversário. A festa teve brincadeira ao ar livre e muita correria. Até para conversar com a aniversariante, foi difícil. "Eu achei legal, porque eu gosto de correr e brincar", resumiu a aniversariante.

As amiguinhas foram no embalo e apesar de algumas já terem feito piquenique no Parque, a surpresa foi de soprar as velinhas ali. "Eu já tinha vindo em piquenique, mas não em festa. Achei legal", conta Paola Francesca, de 11 anos.

Nos caixotinhos estavam os doces, o bolo e flores. (Foto: Arquivo Pessoal)Nos caixotinhos estavam os doces, o bolo e flores. (Foto: Arquivo Pessoal)

"É legal, porque a gente pode correr", completava a amiguinha Karolina Kiefer Martins, de 8 anos. Os pais também aprovaram a ideia e os elogios foram chegando até a mãe da aniversariante.

"Nossas crianças precisam desapegar do 'tenho' para o 'somos' e nada melhor que a natureza para mostrar isso", disse Adriana Martinelli, mãe de Paola e Laura.

Além da brincadeira e dos presentes pelo gramado, o que ficou para a família da aniversariante foi o envolvimento de todos nos pequenos detalhes. "Conseguimos fazer um piquenique divertido para nossa filha e suas amigas", resume Gisele.

A Secretaria de Administração do Estado, órgão que coordena o Parque, informou que para pequenas festinhas assim não é preciso pedir autorização. Apenas para eventos maiores e que necessitem de estrutura, mas ressaltou o bom senso quanto à limpeza. Coisa que o piquenique de aniversário de Ana Júlia soube fazer certinho e até limpar virou brincadeira para as meninas.

O gramado virou buffet com espaço para correr e brincar muito. (Foto: Arquivo Pessoal)O gramado virou buffet com espaço para correr e brincar muito. (Foto: Arquivo Pessoal)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.