A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

13/12/2014 07:12

De mandinga à Ciência, o que pode funcionar contra sentimentos ruins guardados

Aline Araújo
Dona Teresa explica que para afastar os sentimentos ruins, um chá de ervas pode ajudar. (Foto: Marcelo Calazans)Dona Teresa explica que para afastar os sentimentos ruins, um chá de ervas pode ajudar. (Foto: Marcelo Calazans)

Contra sentimentos ruins, cada um se apega no que acredita. De mandinga à sessão com psicólogo, de religião à Ciência, há várias recomendações para o bem emocional. Muitas vezes, um rompimento amoroso, a angústia aparentemente sem motivo...tudo influencia a rotina e atrapalha a busca pela felicidade.

Veja Mais
Astrologia védica mostra o futuro, mas também ensina a aceitar o destino
Como mágica, o amor encontrou o palhaço e romance vive liberdade em belas fotos

O Lado B resolveu conhecer algumas alternativas para começar 2015 dominando as emoções. Conversamos com um padre, uma psicóloga, uma terapeuta floral, uma raizeira e fomos até algumas lojas de produtos que prometem ajudar na hora de lidar com essas sensações.

No mercadão, dona Tereza Shimabukuro, de 87 anos, que há 27 trabalha com ervas medicinais, jura que o chá pode ajudar a afastar os sintomas da depressão, ou acalmar nos momentos de tristeza. Basta ferver "Flor da Noite", "Valeriana", "Sempre Viva", "Morunguni", "Cidreira" e "Melissa". "As ervas podem afastar o mal estar. O conhecimento popular também conta na hora de aliviar", diz.

Tem gente que apela para o banho de essências.  (Foto: Marcelo Calazans)Tem gente que apela para o banho de essências. (Foto: Marcelo Calazans)

A ciência dos florais, por exemplo, busca maneiras de promover o bem-estar por meio das essências, feitas para tratar de cada sentimento. “A gente não vai usar para tratar sintomas físicos e sim equilibrar a emoção.

A terapeuta floral vai fazer uma entrevista para descobrir a causa e montar um buquê com florais específicos para as necessidades dessa pessoa”, explica a farmacêutica e terapeuta floral, Ana Paula Zandavalli, de 50 anos.

Ela acredita que cada flor tem uma qualidade diferente. O composto é preparado com as combinação dessas características, pode ser contra o medo, a ansiedade, a angústia, ou outro sentimento que faça a pessoa sofrer naquele momento. São quatros gotas da essência, de quatro em quatro horas, para o resultado, afirma a terapeuta. “Floral não é um placebo, a pessoa não precisa acreditar, basta tomar. Ela tem um efeito que vai além, é ciência”, defende.

Psicóloga Beatriz Xavier diz que é preciso encontrar a origem da angústia. (foto: Arquivo Pessoal)Psicóloga Beatriz Xavier diz que é preciso encontrar a origem da angústia. (foto: Arquivo Pessoal)

Na hora de equilibrar os sentimentos, tem muita gente que encontra conforto na religião. O padre Dirson Gonçalves, de 42 anos, tem um conselho que serve até para quem não frequenta a igreja. “A gente sempre orienta meditação. Nesse caso nem é a oração. É preciso parar um pouco, colocar uma música religiosa e meditar. Quando se está com pensamento ruim, a gente precisa fazer uma purificação interior. Quando isso acontece, ela está fora do eixo e é preciso retomar o controle das suas emoções”, recomenda.

Algumas pessoas recorrem aos incensos para dar uma força, purificar o ambiente. Tem gente que acredita que algumas essências de banho funcionam e podem atrair de dinheiro a amor, abrir os caminhos e até afastar as coisas ruins. Apesar da composição do produto ser de álcool, corante, essência, água e solvente, as vezes o que dá resultado é acreditar.

Para a psicóloga Beatriz Xavier, de 58 anos, não existe uma receita para aprender a lidar com esses sentimentos. Cada pessoa tem sua individualidade e é necessário respeitar isso. “Basicamente você precisa compreender o que está gerando essa angústia e criar maneiras de lidar. Pode ser com uma caminhada, ou uma outra atividade”, explica.

Ela ainda afirma que esses sentimentos podem resultar em coisas significativas, se bem canalizados. “Pense também que a angústia está na origem da criação, muita coisa é fruto desse sentimento. Mesmo se não consegue compreender, o que está provocando sofrimento, as vezes é possível enfrentar, mas cada pessoa deve encontrar pela terapia, pela criação, pela atividade fisica, uma maneira de se sentir melhor”, recomenda a psicóloga.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.