A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

03/05/2015 08:32

De Opalão preto, a mordomia matou o cachorro na Mato Grosso

Lenilde Ramos
Foto de quando eu esmerilhava o interiorzão de Mato Grosso do Sul... de Kombi.Foto de quando eu esmerilhava o interiorzão de Mato Grosso do Sul... de Kombi.

O Mato Grosso do Sul foi criado em 1977 e, em 1979, foi instalada a máquina administrativa. Campo Grande virou capital e foi aí que o povo se assustou com o tamanho da coisa: secretarias, autarquias, diretorias e uma enorme frota automobilística de chapa branca.

Veja Mais
Caligrafia da escola rendeu à Marystella a profissão de designer de lousas a giz
Luis ganhou o título de presidente e hoje é dono da própria cadeira no bar

A palavra da moda era mordomia e o símbolo, os opalas pretos do primeiro escalão. De repente a cidade foi tomada por eles, não só nos espaços públicos, mas (diziam os língua-preta), também em supermercados e até salões de beleza.

Eu era da turma da mão de obra e, ainda por cima, trabalhava na Fundação de Cultura, o que significava terceiro escalão, proletariado e andava de kombi. "Essa aí não torra o nosso dinheiro".

Um dia, a kombi quebrou e, como o assunto era urgente, meu chefe, João Pereira da Rosa, emprestou o carro dele.

Uau... pela primeira vez eu ia andar num opala preto e caprichei no visual, com um vestido indiano amarelo, tipo placa do Detran.

Ai... que arrependimento! Ainda não havia Parque dos Poderes e a missão era na subida da Mato Grosso. Quando passamos pela Santa Fé, um pastor alemão atravessa a avenida que nem doido e leva a maior pancada do nosso opala preto.

Ali mesmo ele ficou e meu coração pulou... adoro bicho e nunca tinha passado por nada parecido. O motorista se apavorou com a situação e com o carro do chefe, quando os moradores vieram pro nosso lado gritando "Mordomiaaa... o governo agora tá matando até cachorro com a mordomia..."

A coisa foi ficando feia e meu vestido amarelo placa do Detran atraía gente de longe... O dono do cachorro chegou e depois de nos xingar até a quarta geração levou o animal.

Com dificuldade conseguimos entrar no carro e nos mandamos dali. Demorou pra eu querer entrar num opala preto de novo. Coitado do cachorro... 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.