A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

22/04/2013 07:00

De tapa na cara a "viagem terapia", amiga é capaz de enfrentar cada enrascada...

Anny Malagolini
As amigas Cibelli (direita) e Josiane (esquerda)As amigas Cibelli (direita) e Josiane (esquerda)

Para acalmar o namorado da amiga, Paula Siebeneichler, de 25 anos, até tapa na cara já levou. É apenas um episódio dentre tantos que mostram quanta encrenca uma boa amizade pode provocar.

Veja Mais
Astrologia védica mostra o futuro, mas também ensina a aceitar o destino
Como mágica, o amor encontrou o palhaço e romance vive liberdade em belas fotos

Um dia, Paula foi a uma formatura, junto com a amiga de infância e o namorado. No meio da festa, depois de algumas bebidas, o casal começou a discutir por ciúmes. A briga continuou por conta do paradeiro da chave do carro e foi aí que a coitada levou a pior.

Paula teve a infeliz ideia de falar que as chaves estavam com ela e, na hora, do nada, levou um tapa no rosto do namorado da amiga. No final, o que ficou foi a risada e o esquecimento do lado ruim. “Ele me pediu perdão e eu perdoei”, conta.

Mas para Josiane Ferreira, 36 anos, a furada por conta da melhor amiga foi muito mais longa. Demorou uma viagem inteira, ida e volta, de carro, até a Bahia. É tanta fidelidade, que o Lado B não poderia deixar de contar.

De cara, o programa já prometia confusão. Josiane topou viajar com a prima/amiga Cibelli, 35 anos, e o namorado. Os 3 enfrentaram dois dias de estrada para um descanso na praia.

Durante 4 anos, a vida do casal foi cheia de idas e vindas e na viagem não mudou nada. Josiane assistiu tudo de camarote. “A gente foi daqui até lá discutindo o relacionamento e voltamos terminando o namoro”, resume Cibelli.

Além de “vela”, a prima também serviu de terapeuta. Nos quatro dias de viagem, contando ida e volta, foi ela quem segurou a barra nas discussões dos dois.

Josiane conta que foi casada por 14 anos e entende bem as brigas de casais. “Sou tranquila, não fiquei incomodada e quando a coisa apertou para o lado da minha amiga, lógico que defendi”, diz a prima.

No caminho até lá, a conversa era pela possibilidade de continuam a relação. Mas não deu certo. Na Bahia mesmo o casal rompeu e, o pior, tiveram que fazer a viagem de volta colocando um ponto final na história, tudo com Josiane de "orelha".

“Ninguém me conhece melhor que a minha prima, por isso ela dava a opinião dela mesmo”, conta Cibelli. “Na ida, ela até falava que a gente poderia ter uma solução. Mas na volta, já estava tão cansada que mandava a gente separar mesmo, o que aconteceu”, ri.

Mas o caso agora é só uma história engraçada para contar. Não ficou qualquer reclamação entre as duas e para este ano há plano de uma viagem para Miami “Mas sem namorados”, pede Josiane.

 




Sei nao hein !!!!!!!
 
rogerio carvalho em 22/04/2013 14:35:33
Com todo respeito, mas acho que estas meninas estão sempre com namorados errados. Se a Josiane topar, me candidato pra viajar com elas, na condição de namorado, é claro, para Miami. Será inesquecivel.
 
Paulo Botelho Pinto em 22/04/2013 11:42:14
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.