A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

20/08/2014 06:41

Depois da morte da irmã, ela tatuou música do Rappa e quer autógrafo em show

Paula Maciulevicius
Naiane e Natalie. Irmãs que tatuariam juntas músicas do Rappa. (Foto: Arquivo Pessoal)Naiane e Natalie. Irmãs que tatuariam juntas músicas do Rappa. (Foto: Arquivo Pessoal)

O Rappa sempre foi a trilha sonora da vida da técnica de enfermagem Natalie de Melo Nunes, de 30 anos, mas ficou ainda mais marcado depois da morte repentina da irmã, Naiane, em 2012. As duas tatuariam trechos de músicas da banda que falam sobre a família, em comemoração ao aniversário de Natalie, mas um acidente na avenida Mato Grosso, em julho do ano retrasado, interrompeu este e tantos outros planos das duas.

Veja Mais
Caligrafia da escola rendeu à Marystella a profissão de designer de lousas a giz
Luis ganhou o título de presidente e hoje é dono da própria cadeira no bar

Faltando 15 dias para o aniversário de Natalie, ela e a irmã estavam em um carro quando a motorista perdeu o controle da direção e acertou um coqueiro. Naiane morreu na hora, aos 19 anos, nos braços da irmã. "Fui a última pessoa que a viu viva. A gente tinha uma ligação muito forte, eu sabia que ela tinha falecido, não era desmaio, eu sabia. A gente fazia tudo juntas", conta.

A ideia da tatuagem permaneceu e com um significado ainda mais forte. Natalie tinha, à época, o desejo dela e a homenagem para a irmã guardados no peito. "Por eu gostar deles, a minha irmã também gostava. A gente sempre tatuava juntas, era uma coisa tão presente que eu quis passar esse sentimento", explica.

Naiane morreu na hora de acidente. Para a irmã ficou a lembrança escrita na pele. (Foto: Marcelo Victor)Naiane morreu na hora de acidente. Para a irmã ficou a lembrança escrita na pele. (Foto: Marcelo Victor)

Na altura da coxa, próximo ao quadril, Natalie escreveu "Brindo à casa, brindo à vida. Meus amores, minha família. Família, um sonho ter uma família, família, um sonho de todo dia. Família é quem você escolhe pra viver, família é quem você escolhe pra você. Não precisa ter conta sanguínea, é preciso ter sempre um pouco mais de SINTONIA!!!! Nane amor eterno..."

A mensagem é uma mistura das músicas "Mar de gente" e "Não perca as crianças de vista", a primeira já era o que a técnica tatuaria, o segundo trecho era o que a irmã teria gravado consigo para sempre.

Um ano depois do acidente, as mesmas palavras foram parar na camiseta da missa de Naiane. A jovem era estudante e se preparava para ingressar, junto da irmã, no curso de Enfermagem. Hoje, a estampa carrega o significado de um amor fraternal e como homenagem à irmã, Natalie quer um autógrafo da banda.

"Eu sempre fui fã deles, já fui em show deles, quem me conhece já associa a minha imagem com O Rappa. Eu fiquei tão emocionada que logo que anunciou eu fui no primeiro dia comprar o ingresso e mandei a história para eles", conta. O trecho das músicas tatuadas, fotos e até um vídeo que ela fez com a música "My Brother" foram enviados à página da banda.

Hoje, a estampa carrega o significado de um amor fraternal e como homenagem à irmã, Natalie quer um autógrafo da banda. (Foto: Marcelo Victor)Hoje, a estampa carrega o significado de um amor fraternal e como homenagem à irmã, Natalie quer um autógrafo da banda. (Foto: Marcelo Victor)

"Como é muito forte para mim eu estou procurando conhecê-los, queria que eles autografassem a camiseta, sabe? Ela era uma pessoa muito querida, fazia teatro, declamava poemas. Eu não tive nem coragem de desfazer a página no Face dela", descreve Natalie.

Apesar dos 11 anos de diferença entre as duas, elas sempre foram unidas e muito amigas. O show, que aqui em Campo Grande acontece dia 30 deste mês, será como encerrar um ciclo de uma saudade eterna. "Eu chego a chorar de ficar pensando, lembrando se ela tivesse aqui, ia assistir comigo. Eu não sei te explicar. Eu sei que o desejo dela era tão grande que realmente será uma homenagem. Não é só coisa de fã, é bem pessoal", justifica.

Para o show, Natalie vai com uma turma de 10 amigos, todos que mantinham amizade também com Naiane. A jovem já entrou em contato também com o 21 Bar e Lazer, que apoia a produção do show. A esperança é de voltar com a camisa que leva o rosto da irmã autografa. Uma homenagem que vai marcar.

Abaixo está o vídeo feito por Natalie para a irmã, quando ela faria aniversário 20 anos. 




Um passo para o seu sonho se tornar realidade minha amiga Naty, a homenagem que você tanto queria para nossa eterna Nane. Só quem conheceu vocês duas pra dizer o quanto se amavam e eram unidas. Um sentimento muito forte, que vão ficar para sempre!
 
Marcia Louise Rodrigues de Barros em 20/08/2014 10:37:17
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.