A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

19/03/2016 07:56

Dos protestos ao bebê gigante, veja o que mais foi comentado na semana

Val Reis
Dos protestos ao bebê gigante, veja o que mais foi comentado na semana

1. Manifestações com a galera de verde e amarelo nas ruas

Veja Mais
Caligrafia da escola rendeu à Marystella a profissão de designer de lousas a giz
Luis ganhou o título de presidente e hoje é dono da própria cadeira no bar

Manifestações, panelaços, buzinaços e muita gente na rua protestando. Foi o que mais rolou nas redes sociais esta semana.

A movimentação do dia 13 de março, foi grande. Na quarta-feira (16), os manifestantes voltaram às ruas contra a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a Casa Civil.

Ao menos 16 Estados e o Distrito Federal fizeram um enorme barulho. Este último protesto não houve convocação prévia, tudo foi acontecendo de forma natural. Os termos Manifestação e Protestos foram os mais bombados da semana nas redes sociais em todo o Brasil.

 

Dos protestos ao bebê gigante, veja o que mais foi comentado na semana

2. Juízes de preto, em protesto

Em protesto inédito, juízes de MS se vestiram de preto em apoio a Sergio Moro. A notícia, publicada no Campo Grande News, foi o segundo assunto mais comentado da semana.

Foram 3,7 mil likes, 99 comentários e 2,8 mil compartilhamentos.

Se você não viu, vale a pena ler no link.

Dos protestos ao bebê gigante, veja o que mais foi comentado na semana


3. Um bebê gigante nasceu esta semana na Santa Casa

Um bebê de 5,38 kg e 56 cm nasceu nesta terça-feira (15) na maternidade da Santa Casa de Campo Grande, chamando atenção dos profissionais do local. Em média, os bebês nascem com aproximadamente 45 centímetros e em torno de 3 Kg.

A matéria, postada no Facebook, teve um alcance de quase 100.000 pessoas.

Direto no portal, foram 2,5 mil compartilhamentos. Veja a matéria aqui.

Dos protestos ao bebê gigante, veja o que mais foi comentado na semana

4. Modelo é criticado nas redes sociais.

Rodrigo Hilbert, marido de Fernanda Lima, virou alvo de polêmica esta semana após abater, tirar a pele e assar um filhote de ovelha de seis meses em seu programa semanal “Tempero de Família”, do canal pago GNT.

Desde que o Programa foi ao ar, a página da emissora ficou lotada de críticas. Diante de tanta repercussão, as cenas foram editadas. “Inserimos as imagens no programa para documentar a origem dos alimentos que chegam à nossa mesa. Entendemos que as imagens podem ser fortes e, em respeito às manifestações do nosso público, decidimos retirá-las do programa”, dizia a nota.

Rodrigo recebeu também muitas críticas em sua página pessoal, do tipo:  “Acabei de ver você assassinando um animal inocente no GNT! E você estava sorrindo! Shameonyou, killer!”; “Decepcionante, não vou dizer para que se torne vegetariano e não coma mais carne, porém o que você fez com o pobre animal, sem dó, sem piedade”; “Fiquei muito chocada. Não precisava daquela violência, minha sobrinha estava ao meu lado e está chorando até agora”

Ele acabou se desculpando com o público pelo Instagram.

Dos protestos ao bebê gigante, veja o que mais foi comentado na semana

5. A foto mais compartilhada das manifestações de domingo

A timeline ficou lotada com a foto do casal com duas crianças e a babá negra, uniformizada. A imagem se tornou um símbolo das manifestações pelo Impeachment de Dilma Roussef neste domingo (13). Ela foi compartilhada por várias páginas com o título: “O Brasil dos Coxinhas”. Choveram críticas.

A repercussão foi tão grande que o rapaz da foto, Cláudio Pracownik, vice-presidente de finanças do Flamengo, reagiu e se manifestou pelas redes sociais. Ele disse que todo seu dinheiro “é fruto de trabalho e que não precisa sentir vergonha por nada do que fez”.

Veja parte do post de Cláudio: “Ganho meu dinheiro honestamente, meus bens estão no meu nome, não recebi presentes de construtoras, pago impostos (não propinas), emprego centenas de pessoas no meu trabalho e na minha casa mais 04 funcionários. Todos recebem em dia, todos tem carteira assinada e para todos eu pago seus direitos sociais”.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.