A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

03/04/2013 06:35

Ela mora no RJ, mas espalha aos quatro ventos que é louca por Mato Grosso do Sul

Elverson Cardozo
Mariana está no Rio de Janeiro desde 2008, mas não esquece a terra onde nasceu. (Foto: Arquivo Pessoal)Mariana está no Rio de Janeiro desde 2008, mas não esquece a terra onde nasceu. (Foto: Arquivo Pessoal)

Campo-grandense, apaixonada por Mato Grosso do Sul, Mariana de Barros Oliveira, de 35 anos, só percebeu que a terra que havia nascido não era tão conhecida quando deixou Mato Grosso do Sul para morar no Rio de Janeiro, em 2008. À época, a advogada estava “em busca de algo que amasse”, mas não sabia direito o que queria como carreira. Acabou descobrindo e hoje trabalha com marketing digital.

Veja Mais
Casal queria poetizar início, mas soube rimar como ninguém o "fim" do amor
Monogâmico ou não, gays e lésbicas querem o direito de viver a afetividade

Foi na Capital Fluminense, onde mora até hoje, que Mariana percebeu o desconhecimento acerca do Estado que tinha saído. A principal confusão girava em torno da localização geográfica, o que continua a acontecer até hoje.

Inconformada, a sul-mato-grossense resolveu criar uma página no Facebook, a “Mato Grosso do Sul, por favor”, que já tem mais de 27,5 mil seguidores. Em seguida veio a “I Love MS”, que hoje soma quase 3 mil assinaturas na rede social.

Em ambas são divulgadas as “coisas boas” de MS, curiosidades da região, gastronomia, aspectos culturais e dicas para quem pretende conhecer o Estado. O destaque, no entanto, vai para os erros cometidos pelos meios de comunicação de todo país, que acabam trocando MS por MT.

“Por muitas vezes, discuti e até dei aulas de geografia para as pessoas. Inicialmente, minhas reclamações, nas mídias socias, eram postadas no meu próprio perfil e em sua maioria referiam-se a divulgações errôneas feitas pela imprensa nacional”, disse.

As “mancadas” ganharam um álbum exclusivo e o apoio dos seguidores que enviam registros de erros cometidos na internet, na TV, em jornal impresso e por aí vai. O esforço tem mostrado resultados.

Citados nas publicações, muitos dos veículos, após apelos de internautas, se vêem na obrigação de pedirem desculpas, mesmo que por um comentário, como foi o caso do Jornal do Brasil, que publicou uma matéria dizendo que o Príncipe Harry, da Inglaterra, estava no “Pantanal Mato-Grossense”.

Print do pedido de desculpas feito pelo jornal do Brasil. (Foto: Reprodução/Facebook)Print do pedido de desculpas feito pelo jornal do Brasil. (Foto: Reprodução/Facebook)

Depois da “cobrança”, das ligações à redação, a chefia, utilizando o perfil do jornal, se retratou. Vitória para quem vive batalhando, divulgando e tentando tornar MS mais conhecido. “O erro eu não conto como negativo para o Estado. Conto como forma de protesto”, explica.

Apesar das “campanhas”, Mariana afirma que o número de reclamações tem aumentado. Só em fevereiro, por exemplo, foram três erros. O motivo? “Desinteresse mesmo. [...] Posso falar cem vezes para uma pessoa que sou do Mato Grosso do Sul, mas ela sempre vai falar Mato Grosso. Não sei explicar o porquê”, arriscou.

A parte boa - Mas não é só pelo aspecto “negativo” que a administradora das páginas faz a “propaganda” de MS. Há iniciativas que tem agradado muita gente, como o álbum “giro do tereré no Brasil e no mundo”, um espaço destinado a fotos de internautas consumindo a bebida típica. Os registros atravessam a fronteira.

Suzy Matos, de Ponta Porã, foi uma das que enviou foto para publicação na página, no albúm 'giro do tereré no Brasil e no mundo'. (Foto: Reprodução/Facebook)Suzy Matos, de Ponta Porã, foi uma das que enviou foto para publicação na página, no albúm 'giro do tereré no Brasil e no mundo'". (Foto: Reprodução/Facebook)

Outro destaque é o “Pórticos de MS”, álbum coletivo que tem o intuito de catalogar os monumentos que marcam as divisas dos 79 municípios. Fotos da fauna e flora e das manifestações culturais também ganham espaço.

Fora as páginas na rede social, Mariana mantém, ainda, um blog. No espaço, divulga os eventos regionais, notícias sobre a região e receitas de comidas típicas, como o peixe pantaneiro e até o arroz boliviano, que conquistou os amigos da fronteira.

Com o sucesso e aceitação dos projetos, a analista de mídias sociais também resolveu criar uma loja virtual, um “f-commerce”, comércio pelo Facebook, onde vende produtos relacionados à cultural local, desde adesivos às camisas personalizadas.

Camisa vendida na loja virtual. (Foto: João Garrigó)Camisa vendida na loja virtual. (Foto: João Garrigó)

Contrariando as expectativas, o maior público é “de fora”, do interior de São Paulo, Sul do Brasil e até do Mato Grosso. “Há vários Sul-Mato-Grossenses saudosos espalhados pelo Brasil e pelo mundo, apaixonados por essa terra e que gostariam de ter algo que lembrasse sua origem”, afirmou.

A confecção de produtos, na opinião dela, ajuda a divulgar o Estado e o país. Não é só uma marca, “é a identidade e a cultura de um povo”.

Mariana garante que faz tudo por amor e que o lucro que tem acaba rendendo, no máximo, uns mimos para a cadelinha de estimação. Apesar da paixão, a Sul-Mato-Grossense, que hoje mora no Rio de Janeiro, ainda não sabe se quer voltar a morar no Estado. “Você cria relações de amizades, tenho uma casa... Amo o que faço, falar de MS. Caso cresce a ponta de voltar, eu volto, sem problemas, mas não gosto de criar muita expectativa. Pode não crescer o tanto que eu gostaria”, declarou.




Que terra maravilhosa, sou paraibano, mas morei durante 27 anos (1985/2012) em Campo Grande - Mato Grosso do Sul, onde formei uma família linda, hoje moro em João Pessoa-PB e mato um pouco as saudades acompanhando todos os dias às notícias do meu Mato Grosso do Sul através deste.
 
Jó Ramalho em 04/04/2013 06:39:53
Sou Sul Matogrossense, mas não vejo necessidade mudar nome do Estado. Mudar nome de Estado causaría desconforto e gastos não só ao poder publico, como tambem para toda a sociedade, o que precisamos é valorizar as coisas nossas, se alguem não aprendeu aindas o nome de nosso estado a culpa e de quem não busca a perfeição,agora mudar nome de um estado por conta de alguem que não busca se atualizar é igual amputar o pé porque esta com a unha encravada.
 
porfirio vilela em 04/04/2013 06:02:10
Sou Sul matogrossense com muito orgulho! Amo minha cidade morena. Por motivos particulares estou morando em Mineiros GO..Gosto do povo Goiano, principalmente da culinária. Mas todos os meses vou a CG, visitar familiares e amigos.Parabéns Mariana, por não esquecer nossas raízes. Sucesso!!!!
 
Cleonice Santana da Costa em 03/04/2013 23:14:43
No meu caso é o inverso sou carioca e moro aqui em MS. Gosto dos dois, mas sinto muita falta do Rio pois são lugares bem distintos. Nossas raizes ficam gravadas no sangue.
 
Lílian Lopes em 03/04/2013 20:46:23
Sou que nem " Luan Santana" faço questão de dizer com todo orgulho que sou do Mato Grosso do Sul e pra mim não há lugar melhor no mundo pra se viver!!!!! Digo isso por experiência própria morei dois anos em Natal- RN e apesar de ser uma cidade com praias paradisíacas e até boa pra se viver não me habituei de maneira alguma sentia muita falta das minhas raízes, separei do meu marido e voltei felicíssima pro meu MS querido......
Muita gente no nordeste nem sabe que o MS existe, o meu ex-marido sempre faz propaganda do estado e chegou à levantar uma bandeira do MS no kiosque de um amigo na Praia de Ponta Negra pra que os sul-matogrossenses que vão à Natal se sintam em casa e sejam bem recebidos pelos poucos potiguares que tem conhecimento da nossa terra querida!!!!!
 
kamila jacques em 03/04/2013 20:12:25
Nasci em Ponta Porã, moro desde 1 aninho em campo Grande - não troco Campo Grande por nenhuma outra cidade...Quando viajo fico louca para voltar, quase aos 50 anos de idade conquistei o que pude aqui mesmo... família...profissão e pretendo nunca sair dessa cidade maravilhosa... amo Ponta Porã lugar que nasci, mas O meu Coração é e serà sempre meu Campo Grande Mato Grosso do Sul...
 
Célia Campos em 03/04/2013 19:52:02
Morei por dez anos em Brasília, e toda vez que alguém falava que MS e MT eram a mesma coisa, eu dizia que brasiliense e goiano também eram a mesma coisa, visto que o DF era e está dentro de Goiás (AMO demais Brasília e gosto muito de Goiás) Aí eles entendiam o que eu sentia quando dessa confusão. Lá deixei muitos amigos que hoje tomam tereré, adoram sopa paraguaia e chipa e ficam loucos com porco no rolete.
 
Lincoln Cortez em 03/04/2013 19:50:12
Parabens por nao esquecer sua origem isso mostra que vc nao esqueceu esse belo estado .Mato Grosso do sul vai ser representado pela cidade de corumba no programa do FAUSTAO NO DIA 14]04 no quadro dança da galera, e a unica cidade do centro oeste escolhida espero que vote em CORUMBA para que ela ganhe,
Epor uma boa causa para a Pastoral da criança devulgue isso ai no seu blog.
 
otavio j.s soares em 03/04/2013 19:12:58
parabens pela materia e para mariana! temos que fazer mesmo a propaganda!!!! pela qualidade de vida que temos aqui e união de desenvolvimento e natureza! isso com violencia baixa se comparada a outros centros
 
samuel vosni em 03/04/2013 19:03:14
parabéns pela matéria... deveriam ter mais e mais pessoas para levarem o nome do nosso belo Estado cada dia mais longe...
 
GILSIMAR PEREIRA DA SILVA em 03/04/2013 17:53:27
Sou servidor publico tenho viajado bastante ,e isso e notório em todos os cantos a confusão que se faz com o nome de mato grosso do sul e mato grosso e isso e muito ruim pra nos sul matogrossense ,mas estas iniciativas como o da marina ajuda mas não resolve o que precisamos e a mudança do nome do nosso estado mesmo.e isso depende dos políticos ?
 
Elio araujo de Oliveira em 03/04/2013 17:36:41
Gozado, gostam tanto e defendem nosso MS que até hoje as autoridades politicas nao mudaram o nome de RIO VERDE DE MATO GROSSO para RIO VERDE DE MATO GROSSO DO SUL. Porque é que não mudaram ainda?
 
Valdir Vilasboas em 03/04/2013 14:33:45
Não importa onde você mora, o que importa é que você lembra das suas raízes, Parabenizo sua dedicação. Eu tb fico muito indignado quando as pessoas citam que aqui é Mato Grosso, nada contra MT, mais tenho orgulho de ser Sul-Mato-Grossenses.
 
Emerson Braz em 03/04/2013 12:08:32
Parabéns Mariana, adorei sua iniciativa.Tbm concordo com o comentário do Francisco J. Vidal, sendo eles que mostram o que acontece no nosso país não poderiam errar e o pior é que por várias vzs, eles tem que estudar geografia mesmo, não tem jeito rsrsr!!
 
ADRIANA C. PANIAGO em 03/04/2013 11:18:53
A CIDADE É BOA, APESAR DA FALTA DE EDUCAÇÃO DAS PESSOAS.
 
marcio milan em 03/04/2013 11:05:36
Eu me emociono quando leio as declarações de quem nasceu no MS. declarar seu amor.
sou natural de Ponta Porã MS com muito orgulho radicado em Goiânia onde sou gerente
técnico da TVGoiânia Band. e como dizia meu avo João Borges de Barros sou igual a
gado do pantanal que ao morrer vira cabeça para o pantanal. E tomo meu tereré no laboratório da TV toda tarde .
 
Edson de Barros em 03/04/2013 10:34:37
É aquele velho ditado:Se você não sabe de onde é e de onde veio,como saberá onde vai?Morei por 17 anos no Rio,tenho muitos amigos por lá e nunca escondí minhas raízes sul-matogrossense!Criei também um blog.Sempre falo pros amigos:Um sul-matogrossense pode morar em Londres,Berlin ou Nova York que nunca vai deixar de ser sul-matogrossense!Eis aí: arrumar um pretexto para jogar conversa fora através do tereré com os amigos e ir nos bailes dançar um chamamé!Tomar um chop no Shooping pra ver os desfiles de mulher bonita.Conhecer os Balneários de Bodoquena e Bonito,o carnaval de Corumbá e Jardim,as cachoeiras de Costa Rica.O baile no Taboca em Aquidauna, nos fins de semana fazer aqule churrasco nos pequenos rios ao redor da cidade e usufruir de tudo o quê o nosso estado oferece!
 
Joelcio Fernandes em 03/04/2013 10:30:18
Parabéns Mariana de Barros Oliveira! Fico superfeliz ao ler uma reportagem tal como essa.. eu que tenho tanto e tanto mesmo, digamos, "brigado" com alguns "coleguinhas" da imprensa ou até mesmo com alguns internautas, quandos estes INSISTEM em criticar o futebol do Estado e o Carnaval de Campo Grande.. defendo não apenas essas duas atividades uma cultural e a outra esportiva, mas de forma geral o Estado, a capital e a "minha" Corumbá! Ser sul-mato-grossense me enche de orgulho messssssssssssssssssssssssssssssssssssmo!!!!! Mais uma vez parabéns pela linda, alias belissima iniciativa. Não sabia, mas a partir de agora serei também o seu seguidor.
 
Gilson Giordano em 03/04/2013 10:30:10
Gosta tanto de MS que mora em outro estado..... kkkkkkkkkkkkkkkkkk Essa aí quer é ganhar dinheiro as custas dos verdadeiros sul-matogrossense. Se amasse mesmo vinha tomar banho no rio Aquidauana e não na praia de Copacabana!
 
Adriana Lima em 03/04/2013 10:26:55
Sou caminhoneiro, trabalho em São Paulo e Rio de Janeiro tenho que repetir varias vezes que Campo Grande é no Mato Grosso do Sul, muitos veem a placa do caminhão e perguntam se moro no Mato Grosso.
 
Ademir Dantas de Souto em 03/04/2013 10:02:55
O que será que estão ensinando nas aulas de geografia hoje em dia? A ponto das pessoas não saberem pelo o nome dos estados e das capitais.
 
João Ferreira em 03/04/2013 09:54:12
PARABÊNS a Mariana, sua atitude é fantática. Sou um "curtidor" do “I Love MS” , sempre que posso estou observando a fanpage. Sou do estado de São Paulo, e a vários anos vivo aqui em Campo Grande, e sou encantado pelo Estado de Mato Grosso do Sul e de todas suas belezas naturais. Amo de coração esse Estado.
 
José Mauro dos Santos em 03/04/2013 09:18:00
Ela está de parabéns pela iniciativa de divulgar o nosso Estado, mas ela precisa saber que o nome correto é sim "Pantanal Mato-grossense", assim como o nome da cidade de Rio Verde do Mato Grosso.
 
André Lima em 03/04/2013 08:58:22
Sou seguidora de todas as páginas que a Mariana mantém e que tão bem administra divulgando no âmbito Nacional nosso Estado de Mato Grosso do Sul. PARABÉNS MARIANA, nós a agradecemos pelo empenho mesmo não residindo mais aqui descidiu abraçar esta causa em prol do Estado em que nasceu. Que Deus a proteja sempre em todos os seguimentos de sua vida.
 
Nágila Aparecida Braga de almeida em 03/04/2013 08:57:16
Eu nasci em Bela Vista e tenho o maior orgulho de ser sul-matogrossense,o que ela disse e a maior verdade tem um monte gente que não conhece nosso estado, acham que aqui anda indio com capivara na rua,onça,só se esquecem de olhar no espelho para verem o BURRO que fala,com certeza nem conhecem onde moram,ou nunca leram um livro de geografia,aqui temos lugares turisticos maravilhosos para visitarmos(um pouco caro),mais vale a pena e de quebra temos só o PANTANAL,fora que estamos localizados no maior aquifero guarani do mundo,se a agua doce acabasse hoje,teriamos como manter pelo menos por uns dez anos pessoas iguais a estSa que não conhecem HISTÒRIA, vamos que vamos MEU MATO GROSSO DO SUL.......e tudo de bom morar aqui......
 
Luiz Benites em 03/04/2013 08:50:39
Campo Grande a sua historia cheia de gloria e encantos mil,é o orgulho e a beleza dessa Grandeza que é Brasil !!!!
 
RAFAEL ALVES em 03/04/2013 08:45:11
Sou carioca mas estou aqui neste Estado desde 1981, não volto, e fico revoltado quando citam as belezas deste Estado e falam/escrevem pantanal de mato grosso. Os redatores de jornais/telejornais deveriam ter aulas de geografia.
 
francisco josé vidal em 03/04/2013 08:26:32
MAS DÃO TANTO ESPAÇO ..............................AFFFF
 
ELIO SANTOS em 03/04/2013 08:00:47
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.