A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Novembro de 2014

14/06/2013 06:48

Ela raspou a cabeça só para mudar, mas percebeu que ninguém vê as carecas

Elverson Cardozo
Luana no dia da loucura. Pediu máquina no zero. (Fotos: Arquivo Pessoal)Luana no dia da "loucura". Pediu máquina no zero. (Fotos: Arquivo Pessoal)

As perguntas vêm de todos os lados, praticamente todos os dias, de gente que ela nem conhece: “O que houve? O que há? O que aconteceu, meu amor, você cortou os seus cabelos?“ Tranquila, segura de si, a garota responde, sem ficar estressada: “Foi a tesoura do desejo. Desejo de mudar mesmo”.

Veja Mais
Veja 3 motivos que mais levam pessoas a apagar tatuagens e quanto custa remover
Brinquedos guardados durante 30 anos fazem pai e filha serem crianças juntos

Desde que resolveu raspar a cabeça, há mais de um mês, a estudante de biologia Luana Leichtweis Vieira, de 20 anos, moradora de Dourados, ouve, todos os dias, perguntas como essa. Virou rotina, mas, para ela, isso não é problema, pelo contrário.

Luana está feliz, sentindo-se bem e realizada. Era o queria. Depois de viver a fase dos dreadlocks na extensa cabeleira que batia no meio das costas, ela resolveu cortar tudo e passar máquina no zero, sem choro nem vela. A “loucura” era, na verdade, um desejo de criança que reacendeu quando a jovem viu os calouros da UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), onde estuda, deixando as madeixas de lado.

Decidida, ela pediu as dois amigos que fizessem o serviço. Em poucos minutos estava sem um fio de cabelo. “Sempre tive vontade de raspar a cabeça. Uma amiga da família que tinha a cabeça raspada e, para mim, ela era a negra mais linda do universo. Acho que foi daí que tirei o referencial de que, para ser bonita, não precisava ter cabelos compridos”, disse, ao contar que em outubro de 2012, quando fez os dreads, já havia pensando que, quando fosse tirá-los, iria raspar a cabeça.

Livre do cabelão, Luana descobriu um novo mundo. Notou que, na cabeça de muita gente, quem não tem cabelo é, necessariamente, doente e, pior, luta contra algum tipo câncer. “Ontem vieram perguntar se eu estava doente”. Como mulher, jovem, bonita e atraente, ela também se deu conta de que havia, sem querer, “desaparecido”.

A carequinha da futura bióloga. A "carequinha" da futura bióloga.
Cabelão chegava ao meio das costas.Cabelão chegava ao meio das costas.

Diário de uma carequinha - O novo visual foi uma experiência tão curiosa e única que a acadêmica, diante das reações, esperadas e inesperadas, resolveu criar uma espécie de diário no Facebook. O primeiro post foi escrito no dia 13 de maio.

“Ainda não faz uma semana que raspei a cabeça e já notei como as coisas ficaram diferentes. Acho que, ao contrário de Sansão, que perdeu seus poderes quando cortou o cabelo, eu acabei ganhando um poder: a invisibilidade. Meninas, vocês sabem o que é passar em frente uma grande construção e nenhum pedreiro gritar? Pois é. [...] Nem me notaram de vestidinho e produzida na maquiagem.

O poder de invisibilidade também funciona em rodinhas de homens. É só passar por uma que todos se calam e ninguém ousa olhar pra mim. Divertido. Mas percebi que pessoas dentro do supermercado e crianças são imunes ao meu poder. Esses olham mesmo.

A diferença é que as crianças acham legal e sorriem. Já os adultos fingem que não viram, ficam envergonhados se olho para eles enquanto eles admiram a carequinha. Nessa semana também teve gente com medo de vir falar comigo, achando que eu estou com câncer, mas, mais uma vez, repito: minha saúde está ótima”, escreveu.

Ainda mais acostumada com as interrogações e com os olhares curiosos, alguns de espanto, Luana continua compartilhando a experiência de viver careca.

O segundo post foi publicado nesta terça-feira (12). No texto, ela agradece àqueles que curtiram as fotos que mostraram o novo visual, reforça que está feliz com a decisão e prossegue com as observações.

“Na verdade eu queria dizer como me sinto realizada quando um completo estranho vem me dizer que estou muito bem assim (quando os amigos falam é muito suspeito). Nesse tempo todo nenhuma vez me arrependi e cada vez curto mais a ideia de ficar carequinha. Hoje já me olho no espelho e em fotos e não estranho mais.

A fase dos dreads.A fase dos dreads.

Outra coisa deliciosa são os apelidos que ganhei: Pinduca, filha do Lex Luthor, Kuririn, Cracolândia, Luana Dieckmann, Luana Spears, Dalai Lama, Tio Chico, Mestre dos Magos. E quando coloco o lenço também tem: Jade [...], Madre Teresa... Adoro os apelidinhos e todas as novas experiências que o cabelinho está me dando”.

Para a menina que nasceu em Amambaí, a atitude radical tem a ver com uma mudança interior que precisava ser exteriorizada e vivenciada. O novo ambiente de estudo, a nova vida, colaborou com isso. 

“A universidade realmente nos ensina muito mais que apenas didática. Teve também o fim de um namoro que me marcou muito... Pessoas novas que conheci. Os dreads simbolizavam a nova maneira de viver que eu estava tendo, o contato com a biologia e esse mundo meio hippie”, teorizou. O ato de raspar a cabeça, completou, veio para representar o momento de mudança. Deixar os dreads de lado também era deixar de carregar o que não achava mais necessário.

Da “loucura”, Luana aprendeu, até agora, que as aparências ditam comportamentos, provocam aproximação ou distanciamento e, é verdade, geram estereótipos. “Ninguém mexe com mulher sem cabelo. As pessoas sentem medo de falar com quem tem câncer. [...] Não me incomodei nenhuma vez. Acho curiosa a reação das pessoas, mas quando me coloco no lugar de pessoas doentes e não é legal”, disse.

Apesar do impacto, causado em um primeiro momento, os amigos de Luana, ao que tudo indica, aprovaram a ideia. Mesmo apoiando, teve quem, perplexo, declarou que nunca teria coragem para pedir um corte com a máquina no zero.

 

O antes...O antes...
E o depois.E o depois.

Outros, com espírito aventureiro, se entusiasmaram com a atitude ousada da futura bióloga. A jornalista Aline Lira, de 24 anos, é uma das “doidas”. “Eu ainda sonho em um dia fazer isso. Só não tomei coragem. Tenho receito de não ficar legal, mas confesso que a vontade é maior. Fico imaginando colocar lenços e tal, sem contar que acho bonito o estilo”, confessou.

Aline também gostou do “diário virtual” e diz que, pela visão poética e generosa com que os fatos são narrados, dá ainda mais vontade de cometer a “loucura”. "Quero um dia pintar todo de azul. Como a química acaba com o cabelo, penso em raspar depois, assim realizo três desejos: pintar o cabelo de azul, raspar e, por fim, ver como fico com o cabelo bem curtinho", contou.

A jornalista, a exemplo da amiga, nem se importa com uma possível “invisibilidade”. “Acredito que quando se raspa a cabeça esse negócio de ser assediada deve reduzir mesmo. Eu nunca gostei que mexessem comigo. Elogio eu gosto, mas cantadas nunca fui fã. Por isso, acredito que se a careca faz parte do estilo da pessoa e ela se sente bem com isso o resto passa batido. Com o tempo a pessoa se acostuma”, declarou.

Luana, claro, pensa da mesma forma e, convicta, sentencia: “Mulher bonita é aquela que a gente gosta. Para sermos bonita precisamos estar bem”. Alguém discorda?



Eu tbem estou com muita vontade de raspar meu cabelo,mais sem raspar ja estou sentindo o preconceito de muitas pessoas,isso porque nem raspei imagina se eu raspar então.
Muita gente acha que o seu carater esta no cabelo,se raspar vc vira outra pessoa,com outra personalidade,alguem do outro mundo sei la.
Vc ficou linda parabens pela coragem
 
karina Carvalho em 20/01/2014 20:20:45
discordo em certas partes da matéria, pois a questão de ser invisível aos olhos dos homens não é tanta verdade, afinal foi de inicio seu estilo de "cabelo" que me chamou atenção, e hoje ganha meu coração cada dia mais que conheço sua personalidade e caráter :)
Namorado apaixonado.
 
Helamã Rédua em 27/07/2013 20:04:40
Parabéns, você é linda, agora está mais linda. Eu sempre corto o cabelo da mimha esposa na máquina, bem curtinho, o próximo corte será na maquina 1. Gostaria de ter cortado o seu cabelo. Bjs
 
SERGIO MELO em 23/07/2013 12:34:55
Mila Frigo, você é um luxo e luxo para mim significa ser livre para fazer o que se deseja sem ferir os outros. Garanto que ela não foi atrás do Campo Grande News implorar para "aparecer". Pessoas de personalidade como a de Luana e que têm coragem de quebrar paradigmas, são chafarizes para a imprensa. A imprensa tem um papel fundamental para a sociedade ao divulgar e, de forma natural, fazer as pessoas refletirem, pois esta encontra-se carente de mudanças, aceitação, tolerância e amor independente de aparências.
 
Juliana Rosa em 16/06/2013 19:08:23
Parabens pela coragem pessoalmente vc ficou bela mas so faltou fazer um vido para postar em rede oBRASIL precisa de jovens como vcconvictas do querem fazer e fazem sem ferir alguem se mostrando realizada.
 
everton simoes em 15/06/2013 09:43:22
Em meio a tantos assuntos sérios, você conseguiu aparecer, isso que você fez é muito relevante para a humanidade, " com certeza vai ajudar a melhorar o mundo"
 
daniela rodrigues em 15/06/2013 01:21:30
QUER CASAR COMIGO????
 
junior mathiuzi em 15/06/2013 01:14:36
Vejo todos parabenizando a moça, que é bonita mesmo; mas corajosa e digna de admiração por tal gesto são as pessoas que enfrentam uma doença e o assumem com garra e força para vencer. Ela tem o direito de usar o cabelo como quiser, e isso é normal e não merece nenhuma glória. Quanto a invisibilidade, pelo visto acabou, até mesmo porque estamos na internet né! E se a intenção era chamar atenção, conseguiu!
 
Jane Keli em 14/06/2013 23:39:01
Na verdade eu achei muito digno, quebrar com muitos paradigmas somente cortando o cabelo! A pessoa que comentou ofensivamente falando que faz quimio etc. é a mais sem noção das coisas. Acredito que uma pessoa doente ainda pode ser feliz sim, a doença não define ninguém! A menina que raspou o cabelo não está fazendo nenhuma gracinha com isso, quem faz são as pessoas ao redor. Tem gente que parece gostar de ver os outros sentindo pena e coisas desnecessárias do tipo.
Além do mais, pode ver o quanto uma mulher precisa estar dentro dos "padrões" de beleza pra ser considerada até mesmo "mulher" pelos homens. Deve ser um alivio não ter de ouvir "elogios" grotescos dos homens aleatórios. Mas podemos ver o quanto uma mulher precisa se esforçar o tempo todo para ser considerada bonita.
:)
 
Douglas Torres em 14/06/2013 22:21:39
Minha irmã linda.... sempre maravilhosa. Orgulho de você!
 
Douglas Leichtweis Vieira em 14/06/2013 20:30:26
Como Deus e maravilhoso!!
Beleza e um dom que vem de Deus.
Com cabelo e sem cabelo você sempre foi e será uma gata.
Parabéns pela coragem, Você e linda...
 
Sebastião Vicente Pereira em 14/06/2013 20:20:12
Acredito que ela tem personalidade e está fazendo aquilo que gosta e não está prejudicando ninguém, agora assim como vemos preconceito em relação ao corte de cabelo da menina vemos também em alguns comentários quando se referem a mulher dizer que o marido não deixa, a relação entre casais tem que ser resolvido entre ambos, se a mulher quer fazer a vontade do marido, não existe nenhum mal e não quer dizer que a mulher não tem personalidade, cada um na sua, senão vamos estar falando de preconceito e cometendo o preconceito, respeito a vontade alheia é muito bom.
 
Ronaldo Depolito em 14/06/2013 20:15:46
Aff... Tem uma música do Fernando e Sorocaba que diz: " Se quer aparecer raspa o cabelo no Zero" Acho que foi bem isso que essa mocinha quis fazer... kkkkkkk....
 
Juliana Lima em 14/06/2013 17:26:26
Luana, na foto em que você aparece raspando a cabeça, esta uma "perfeita QBU", mas nas anteriores, com e sem cabelos, você esta linda, simplesmente uma mui bela menina.
 
Fernando Silva em 14/06/2013 16:59:49
oi, linda te vi uma unica vez na faculdade e confesso que primeiro achei que estava enfrentando alguma doenca mas logo descobri que foi por vontade sua mesmo,achei muito legal vc ficou linda!!! eu tambem nao teria coragem, mas admiro pessoas como vc que querem e fazem sem se importar com opinioes alheias... encaro este ato como uma homenagem a todas as carequinhas lindas se por vontade ou por consequencia... bjos.
 
janice almeida em 14/06/2013 15:29:10
Acho uma frescurinha dela falar que está "invisível". Vai ser faxineiro pra ver quem é invisível...
E é maravilhoso pra uma menina linda decidir raspar o cabelo por "querer" e depois ainda estranhar quem acha que está enfrentando um tumor.
Eu, que vivo na pele o que é fazer quimio, vivo com os doentes, vejo que é lindo sim assumir quem você é e esteja como estiver (com ou sem cabelo), mas fazer gracinha com isso... Vai bonitinha, vê se some mesmo!
 
Silvia Zampar em 14/06/2013 15:14:02
Luana não liga para esses comentários preconceituosos infelizmente é a mentalidade dessas pessoa pobres de espírito. Achei lindo, se tem vontade de raspar ou de cortar é a sua vontade, o que os outros tem a ver com isso? Aliás, acho ridículo certas mulheres que falam: Meu "marido" não quer que eu corte, pelo amor de Deus em pleno século XXl ainda ouço essas besteiras. Horrível certos comentários acima, principalmente dos homens. Ficou moderno, lindo e isso é para mulheres poderosas, fortes, igual a voce !
 
Mila Frigo em 14/06/2013 14:33:30
Mesmo carequinha ela continua linda! Continue sempre com a felicidade que você exala.
 
Alexandre de Souza em 14/06/2013 13:59:31
Sei bem oq é isso, tbm tive qe raspar minha cabeça por 2 vezes, mas no meu caso pela doença cancer, e é bem assim qdo nos olham por mais bela qe estamos, olham com curiosidade, assustados, e no meu caso ficava chateada pq as pessoas em pleno seculo XXI acham qe cancer é contagioso, mas tirei de letra fiqei tbm uma carekinha muito linda...e qe se dane as opiniões....o importante é ser FELIZ....GDE BJU
 
GILDA GODOY em 14/06/2013 12:24:22
cara, na minha opiniao essa guria so quer chamar atençao,provavelmente nao tem nada melhor pra fazer, isso nao e estilo, isso e RIDICULO!!! mas td bem pelo menos ela alcançou o seu objetivo, chamou atençao...
 
andre paixao em 14/06/2013 12:02:41
Pra quem não queria aparecer, apareceu.
 
Marcos Barbosa em 14/06/2013 11:25:13
PARABENNNSSSS.....TAMBÉM TENHO MUITA VONTADE DE FAZER ISSO. QUEM SABE UM DIA!!!!
 
MARIA NEIDE em 14/06/2013 11:15:03
Parabéns pela coragem, careca ou não é linda !!
A beleza ta na sua essência !!
bjo
 
joão fabio gomes de oliveira em 14/06/2013 10:34:50
A beleza de uma pessoa é intrínseca e não extrínseca, ou seja de dentro pra fora, portanto não é e nem seria o cabelo de uma pessoa a deixá-la mais bonita. Não há conheço mas pela foto mostra que você é linda e corajosa pra enfrentar alguns paradigmas que a sociedade rotula as pessoas. Aí mostra pra algumas mulheres negras que ficam gastando horrores em chapinha, escova definitiva, etc pra ficar com os cabelos lisos, fugindo de suas etnias. Falo com conhecimento de causa pois sou negro e minha filha quase me quebra com essas técnicas de alisamento artificial hoje existente
 
Humberto Romeu Pinto em 14/06/2013 10:26:57
Você é muito linda! E possui uma personalidade admirável!
Hoje em dia muitas meninas perdem a sua essência devido aos padrões ditados pelas grandes mídias.
Parabéns pela coragem de ser feliz, de não ser escrava dessa indústria de padrões.
 
kalina ojeda em 14/06/2013 09:02:10
Luana, você é bonita com cabelo, mas está linda sem ele. E a culpa por isso além de sua beleza natural, também é da sua personalidade. Se eu fosse seu namorado, não sentiria constrangimento algum em sair com você, para qualquer lugar que fosse, ao contrario, sentiria muito orgulho. PARABÉNS.
 
Renato Gonçalves em 14/06/2013 08:40:27
ah!! se essa moda pegar de verdade mesmo, as fábricas de cosméticos para cabelo vão falir ou então vão ter que desenvolver um produto novo para as pessoas carecas. É bom que não vai pegar piolho. Cada louco com sua loucura como diz a música: disso somente os loucos sabem.
 
Amanda Luz em 14/06/2013 08:25:48
Menina, você continua linda, com ou sem cabelos. Não importa o que os outros digam ou pensem, o que importa é o que você sente, o que você é.
 
Eduardo Semir em 14/06/2013 08:18:16
LUANA O IMPORTANTE É ESTAR DE BEM COM A VIDA E SER FELIZ.
SE ESTÁ FELIZ SIGA EM FRENTE, VOCÊ É LINDA COM CABELO OU SEM.

GENEROSA GONÇALVES FERNANDES
ELDORADO-MS
 
GENEROSA GONÇALVES FERNANDES em 14/06/2013 08:06:05
Legal parabéns pela coragem de raspar e pela sua atitude, mas vou te dizer uma coisa você continua bonita mesmo sem cabelos beijos Deus Abençoe!
 
Paulo Lopes em 14/06/2013 07:57:34
LUANA!! AMEI SUA CORAGEM...
O LEGAL EH ESTA SUA ATITUDE, DE NEM SE IMPORTAR COM OS APELIDOS...
OU SEJA SÓ ACEITA O BULLING QUEM N TEM ALTO ESTIMA...
EH ISTO VC TEM DE SOBRA... PARABÉNS!!!
 
maria helena ferreira em 14/06/2013 07:31:57
Uso cabelo raspado a mais de 10 anos hj com 32 acho muito legal meu cabelo raspado no zero só não passo gilete pois sou muito branco e fica muito feio mas no zero fica legal, e parabéns pela atitude da nobre estudante ela ficou muito gata, e prova que não precisa de cabelos para ser linda, a beleza esta nos olhos dos outros e no coração de quem vê!
 
Alexandre Felix em 14/06/2013 07:30:33
imagem transparente

Compartilhe


Copyright © 2014 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.