A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

04/07/2014 06:46

Em família empolgada com mundial, bebê nasce com nome de craque da seleção

Paula Maciulevicius
Homenagem dada pelo irmão, com cinco anos a mais, bebê era para se chamar Neymar, mas ficou Davi Luis. (Fotos: Paula Maciulevicius)Homenagem dada pelo irmão, com cinco anos a mais, bebê era para se chamar Neymar, mas ficou Davi Luis. (Fotos: Paula Maciulevicius)

Só a grafia que não é a mesma. Na família Morel Fava, dois dias antes de David Luiz entrar em campo contra o Chile, o Davi Luis veio ao mundo. Nascido no dia 26 de junho, em Campo Grande, o mocinho de 8 dias de vida já leva o nome do melhor jogador da Copa até agora, apontado pela Fifa. Homenagem dada pelo irmão. Com cinco anos a mais, Carlos Henrique que escolheu o nome com base na lista de jogadores convocados por Felipão.

Veja Mais
No Tiradentes, brasão do Chapecoense surge na rua como uma homenagem do bairro
Com quadros de amigos e fotos do passado, casa de Isac é pura recordação

Desde que Priscila, Wagno e o irmão Carlos Henrique souberam da gravidez já fizeram as contas. O mais novo membro chegaria no final do mundial. De fato, Davi Luis estava previsto para nascer entre o dia 7 e 15 de julho, mas antecipou. Quis chegar de surpresa e fazer a festa da família mostrando que o melhor título viria pelo choro do pequeno de 41 cm e 1,760g.

“O Carlos Henrique sempre pedia um irmãozinho, quando fui fazer o ultrassom, ele foi junto. No momento em que a médica falou que era menino, ele começou a pular na sala e já falou, ‘vou por o nome de Neymar’. Até a médica deu risada”, lembra a auxiliar de departamento pessoal, Priscila de Araújo Morel Fava, de 31 anos.

E nos meses em que a barriga foi crescendo, nem Felipão conseguiria tirar a ideia do menino. Carlos Henrique bateu o pé. Queria porque queria que o irmão fosse Neymar. “Ele falava o irmão é meu, quem vai escolher sou eu”, completa a mãe.

A torcida é para que Davi Luis veja os jogos de fora do hospital.A torcida é para que Davi Luis veja os jogos de fora do hospital.

Foi difícil convencê-lo do contrário. E quem mais jogou a favor foi justamente o zagueiro David Luiz. Conhecido por ser brincalhão com as crianças, quando a mãe resolveu mudar a estratégia do jogo, David Luiz soube defender o nome.

“Quando saiu a convocação eu tirei a listagem do Felipão e li todos os nomes para ele e disse que deixava ele escolher um nome bonito. Ainda assim ele queria Neymar. Eu disse meu filho, mas Neymar já é você, vai ter que ser outro jogador. Duas semanas antes ele ficou vidrado numa matéria com o David Luiz, sobre o carisma dele, na hora ele lembrou e falou vamos por?”

A mãe ainda resistiu, quis tentar, com jeitinho, deixar só Davi, mas não teve jeito. Até o pai resolveu ceder. De comum acordo, ela só mudou a grafia para simplificar e foi então que começaram a preparar o enxoval com o nome do zagueiro.

“Que eu saiba, desde que nasceu, não tem outro menino com nome de jogador. Para todo mundo que eu falo, já relacionam. É por causa da Copa? Uma ótima escolha, um zagueirão”, conta Priscila.

O tempo em que ficou internado na UTI Neonatal, o bebê era reconhecido como artista. “Já falavam esse jogador é guerreirinho desde que nasceu”.

Só nesta quarta-feira é que Davi Luis veio para o quarto. O irmão, Carlos Henrique, só tem a imagem do menino pelo jogador da seleção. Eles ainda não se viram porque a entrada não é autorizada. “No último jogo, o David Luiz fez um gol e meu filho pulava de alegria, meu irmão fez um gol, meu irmão fez um gol”, relata a mãe.

O, quem sabe, futuro zagueiro, espera ganhar peso para sair do hospital e pode ser um desfalque no jogo de hoje, contra a Colômbia. “Acho que ele será escalado só para a final mesmo”, brinca Priscila.

A alegria da saúde do filho e a satisfação de ver o jogador tão bem cotado deram a ela a felicidade de ter escolhido o nome. Para os jogadores que têm em casa, Neymar e Davi Luis, a mãe só faz questão de que eles sejam felizes.

“Meu primeiro filho gosta muito de futebol. Mas eu deixo a escolha livre, quero que eles estudem bastante e que escolham o que quiserem. Talvez o Davi até se influencie pelo nome, futuramente”.

Nos cartórios de registro civil de Campo Grande, o Lado B apurou que houve dois registros de nomes de jogadores. Ambos, Davi Luis. Escrevente de cartório há 8 anos, já é a segunda Copa do Mundo de Darlan Nantes, de 44 anos.

“Quando tem algum personagem de TV em evidência, tem muito registro com aquele nome, mas agora de jogador, normalmente teria uns 15 Neymar Junior, mas acho que não está agradando. O David Luis é que tem saído, acho que é devido ao sucesso que ele faz com as crianças”, observa.

A alegria da saúde do filho e a satisfação de ver o jogador tão bem cotado deram à mãe a felicidade de ter escolhido o nome.A alegria da saúde do filho e a satisfação de ver o jogador tão bem cotado deram à mãe a felicidade de ter escolhido o nome.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.