A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

13/02/2013 15:27

Em Três Lagoas, campanha distribui abraços pelas ruas

Gabriel Neris
Você já abraçou alguém hoje? Esta é a pergunta feito pelos psicólogos nas feiras, ruas, asilos e hospitais (Foto: Divulgação)Você já abraçou alguém hoje? Esta é a pergunta feito pelos psicólogos nas feiras, ruas, asilos e hospitais (Foto: Divulgação)

Um gesto fraterno, de carinho para uns, mas que passa despercebido por muitos. O efeito de um abraço simboliza a paz, ajuda a melhorar o dia, e não tem custo algum. Com esta perspectiva, dois psicólogos espalham há três meses o projeto Abraço Terapêutico, em Três Lagoas, município localizado a 338 km de Campo Grande, despertando a atenção de curiosos.

Veja Mais
Com quadros de amigos e fotos do passado, casa de Isac é pura recordação
A pé, Tulia faz percurso de 10 km até biblioteca onde aprendeu a ser feliz

Os psicólogos, contando com a ajuda de voluntários, se caracterizam como palhaços e erguem placas perguntando a população “Você já abraçou alguém hoje?”. A resposta é automática. As pessoas são induzidas a abraçarem uma a outra e também distribuem abraços.

“Há uma energia que nos envolve quando estamos engajados em fazer o bem. Seja com essa atitude do abraço ou com tantas outras que podemos tomar para tornar esse mundo melhor”, comenta o psicólogo Sérgio Lopes de Santana, que atua ao lado de Patrícia Montelvam.

As visitas são frequentes em feiras livres, asilos, hospitais e até mesmo no trânsito. O trabalho já chegou aos municípios da região do Bolsão. “Estamos colhendo resultados muito sólidos. Pesquisas científicas apontam que o abraço é uma arma fundamental para mudar o comportamento e transformar tristeza em alegria”.

Ele diz que pode parecer apenas um gesto, mas que tem sua importância. “Ver pessoas do mundo todo dispostas e empenhadas em ajudar, nos dá esperança de mudanças, seja a campanha que for, se for para o bem, sempre ajuda a começar a construção de outro futuro”, completa.

O psicólogo acredita que o projeto significa um passo para a mudança de atitude. “Quem ousaria recusar um abraço grátis? O abraço gera uma troca de energia e pode até salvar o seu dia”.




Que legal essa iniciativa... Gostei!!!! :)
 
Juliana Lopes em 13/02/2013 18:43:12
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.