A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

20/07/2016 06:05

Filhos fazem ensaio dos pais e guardam as cartas de 50 anos de amor

Thailla Torres
Em 50 anos de casados, foi a primeira vez que eles fizeram fotos românticas. (Foto: Alex Hermam) Em 50 anos de casados, foi a primeira vez que eles fizeram fotos românticas. (Foto: Alex Hermam)

O sorriso tímido de Dirce e o jeito contido de fazer carinho de João garantiram um ensaio emocionante à beira no Rio Formoso, em Bonito. As fotografias foram presente dos filhos, que realizaram o sonho de eternizar o amor dos pais, depois de 50 anos de casados. Para comemorar a data especial vai ter até leitura das cartas de amor trocadas entre eles durante o namoro. 

Veja Mais
Datilografado, pedido de casamento revelou primo apaixonado em 1980
Super-heroi, Pedro precisa de ajuda para continuar salvando a alegria da família

Dirce Soares dos Santos tem 67 anos e João Alves dos Santos 74. Os dois se conheceram na infância, quando moravam em fazendas próximas na região de Bonito. Com voz tímida, Dirce descreve que a o amor veio com tempo, até engatarem um namoro.

"Namoramos durante seis anos. Depois de um tempo veio o noivado e logo casamos. Eu só digo que foi maravilhoso, tivemos uma vida simples, mas eu admiro muito todos esses anos, pela vida trabalhadora e pela família", descreve.

E o ensaio ficou lindo entre sorrisos e olhares eternamente apaixonados. (Foto: Alex Hermam) E o ensaio ficou lindo entre sorrisos e olhares eternamente apaixonados. (Foto: Alex Hermam)

Resumindo a felicidade em poucas palavras, é o retrato que transmite o companheirismo que para Dirce não tem segredo. "Tudo é amor, tem que ter paciência, calma e respeito. Graças a isso a gente vive feliz ao lado dos nossos filhos e netos. E agora a gente está se divertindo com toda essa festa pelos anos juntos", comenta. 

É lindo ver que o brilho no olhar continua intacto no ensaio organizado pelos 6 filhos do casal. Como as únicas fotos românticas só aconteceram no casamento, para a comemoração das bodas de ouro era preciso uma super comemoração, cheia de memórias que marcaram a vida dos dois. 

Colocar os dois no clima do ensaio não foi tarefa fácil. "Eles nunca tinham feito algo assim tão natural. Quando a gente falou, eles ficaram tímidos, mas aos poucos eles foram se soltando. A gente foi brincando até eles rirem e começarem a gostar de fazer poses", explica.

O cenário fez todo mundo voltar no tempo, com namoro à beira do rio, perto da natureza e de veículos antigos.

Umbelina dos Santos, de 33 anos, é a caçula entre os irmãos. Ela que guarda com carinho todas as cartas que os pais trocavam na época do namoro.

A leitura será só no dia do aniversário de 50 anos de casados, no próximo sábado, ao Lado B a filha revela alguns trechos de uma das cartas que João escreveu para Dirce em 1965, que tanta delicadeza na escrita e nas palavras sempre emocionam. 

"Dirce eu não vou ai este fim de semana. Mas mando estes rabiscos para te recordar que não esqueço de ti minha querida. Minha florzinha, passarei o domingo todo pensando em ti querida, pensando nas horas felizes que passei junto de você no domingo anterior..."

Em outra carta é Dirce que se declara com saudades de João: 

"Todos estes momentos longe de você, são como se eu estivesse amargurada, mas eu tenho fé em Deus que chegará o nosso dia em breve meu amorzinho..."

Cheio de simplicidade, o abraço e o carinho que um sempre ofereceu ao outro. (Foto: Alex Hermam) Cheio de simplicidade, o abraço e o carinho que um sempre ofereceu ao outro. (Foto: Alex Hermam)
E a natureza foi o cenário onde o amor deles sempre esteve. (Foto: Alex Hermam) E a natureza foi o cenário onde o amor deles sempre esteve. (Foto: Alex Hermam)

"São palavras bonitas e um carinho tão grande que a gente até emociona, as vezes também é engraçado, porque não é um namoro como hoje, naquele tempo andar de mãos dadas era o máximo que eles podiam", descreve Umbelina.

"A gente tenta aproveitar todos os momentos ao lado deles. Seja um aniversário, um final de ano, tudo virou motivo de comemoração. Porque graças a eles nossa família é muito unida. Por isso no dia da comemoração, os filhos e os netos vão reler as cartas durante a cerimônia e tenho certeza que também vai ser emocionante", diz a filha. 

O motivo do brinde no dia da festa já está bem claro na cabeça da família: uma vida que deu certo. “É uma experiência única. Quem tem pais sabe do que eu tô falando, é algo que a gente nunca vai viver de novo e por isso a gente tem aproveitar todo momento com eles”, finaliza Umbelina.

Curta o Lado B no Facebook.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.