A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

07/10/2016 06:20

Fofo, gato busca bolinha e prova que felino também consegue aprender a brincar

Naiane Mesquita
Benjamin adora bolinhas de papel (Foto: Alcides Neto)Benjamin adora bolinhas de papel (Foto: Alcides Neto)

Benjamin é daqueles que dá pulos de alegria quando consegue alcançar uma bolinha. Tudo estaria perfeito se não fosse o fato de que ele é um gato. Com dois anos e meio, o persa está entre os bichanos que conseguiram recriar um comportamento típico atribuido aos cachorros. Para os que adoram dizer que gatinhos são anti-sociais essa é a prova viva de que dá para se divertir e muito com o animalzinho.

Veja Mais
Despedida dominou a web na semana em que todo mundo coloriu de verde o coração
Datilografado, pedido de casamento revelou primo apaixonado em 1980

“Ele é um gato adulto, de dois anos e meio. Começou com o comportamento um dia e nós incentivamos. Ele já buscou ratinhos de pano, mas o que mais gosta é de bolinha de papel”, afirma a médica veterinária Beatriz Candolo Marques, 30 anos.

Benjamin vive na clínica veterinária Mania de Gato, que é especialista no assunto. Brincalhão, ele tem paixão por penduricalhos que caem de bolsas e sempre se agarra a um quando chega visita. “Tem gente que vem aqui só para vê-lo. Ele é uma estrela e adora isso”, brinca Beatriz.

Persa, Benjamin é super esperto (Foto: Alcides Neto)Persa, Benjamin é super esperto (Foto: Alcides Neto)

Em outros vídeos publicados na página da clínica, Benjamin chega a pular várias vezes quando retorna com o ratinho de tecido. “Geralmente gatos não tem esse comportamento. Eles podem ser condicionados, adestrados no caso, igual cachorros. Não é tão comum. O legal é que o Benjamin fez isso sem a gente ensinar. Um dia reparamos que ele trazia de volta a bolinha”, frisa.

Uma das explicações pode ser o fato de que gatos costumam trazer a “caça” de presente para os donos. “Talvez ele reparou que se trouxesse, nós jogaríamos de novo. Gostou e começou a repetir”, especula.

Persa, Benjamin rejeita até o rótulo de preguiçoso da espécie. “Ele é bem ativo e inteligente. Persas não costumam ser assim, normalmente os vira-latas são mais espertinhos”, ri Beatriz.

Confira 2 vídeos com Benjamin em ação:




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.