A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

09/05/2016 06:20

Gêmeas e evangélicas, jovens criam canal no Youtube para dar conselhos amorosos

Naiane Mesquita
Amanda e Fernanda criaram canal no Youtube para dar conselhos para mulheresAmanda e Fernanda criaram canal no Youtube para dar conselhos para mulheres

Amanda e Fernanda são irmãs gêmeas de 24 anos, que como qualquer jovem já sofreraram por amor. Entre namoros fracassados e os casamentos dos sonhos, as duas penaram e descobriram a religião evangélica nesse caminho.

Veja Mais
A pé, Tulia faz percurso de 10 km até biblioteca onde aprendeu a ser feliz
Passada "nuvem negra" que trouxe o câncer, rosa tatuada no braço une 4 mulheres

Unindo o fracasso e a alegria, elas decidiram ir para a frente do vídeo e propagar não só o poder da palavra de Deus nas suas vidas, como também do quanto nenhuma mulher deveria rastejar por um homem que não a valoriza. Tudo com bom humor.

Amanda mora em Campo Grande e Fernanda em Três LagoasAmanda mora em Campo Grande e Fernanda em Três Lagoas

Nos comentários do canal Conexão, é comum ver as meninas falando do que já passaram. “A ideia surgiu por conta das nossas experiências, já ajudávamos muito as meninas, fora e dentro da igreja, conversando, aconselhando. Com o canal queríamos atingir mais meninas, claro que pode ajudar os homens também, mas o foco principal são as meninas e mulheres. Sentimos essa necessidade de ajudar”, afirma a advogada Amanda Secco.

A jovem teve a sua história de amor contada no Lado B, como a noiva que deu o primeiro beijo apenas no altar. Antes da fama, ela havia terminado um relacionamento longo, sofrido muito e decidido se converter a Deus e frequentar a Igreja Verbo da Vida. Depois de um tempo conseguiu convencer a irmã a ir em um acampamento religioso e só então ela também seguiu o mesmo caminho. “O que a gente é mais procurado é nessa questão do relacionamento, da área sentimental, familiar, problema com mãe, pai, irmãos, amigos e com o relacionamento com Deus. Todas essas áreas nós tivemos muitos problemas, normalmente a gente já tinha passado por aquilo, por aquele problema, na época de solteira, em algum namoro, então ficou fácil ajudar”, ressalta.

Fernanda Lima também é casada e mora em Três Lagoas. Mesmo assim continua gravando os vídeos, junto ou separada da irmã. O roteiro são as duas que escrevem, mas a parte de gravação e edição, elas contaram com amigos para dar conta do recado.

“Inicialmente pedimos a ajuda de colegas, um grande amigo meu o Mike Brito e a Jaque Peruso que trabalham com vídeos nos ajudaram na parte de produção, gravação e edição dos vídeos sem cobrar nada. Depois, por questões de trabalho, ele precisou sair e a quem nos ajuda hoje é a Milena Barnabé, que é do departamento de comunicação da nossa igreja e nos ajuda, é uma grande parceira”, explica Amanda.

Os roteiros são bem livres, Amanda faz caras e bocas, encena situações que condena, como mandar mil mensagens no celular de um ex enquanto ele te ignora, e convida amigas para participar. A ideia é que a produção seja divertida.

“O que eu vejo é que muitas meninas correndo atrás e se machucando com isso. Elas não perdem o valor delas, porque ninguém pode tirar, mas elas se auto desvalorizam, vivem as vezes situações humilhantes, e eu achei que tinha necessidade de expor esse assunto. Nós acreditamos que nosso valor está em Deus, é imensurável, incalculável, os homens também. Deus fala na palavra dele que o valor da mulher é mais precioso que fina joia”, acredita.

Apesar de afirmar que não deseja converter ninguém, é claro que o canal tem muitas mensagens religiosas. “De modo algum a gente quer converter alguém, enfiar a palavra de Deus goela abaixo. Mas, não podemos omitir que foi Deus que mudou toda a nossa vida, foi o ponto chave em todas as áreas dessa vida. Nosso tipo de aconselhamento não tem como ser outro a não ser a busca de Deus. Nós duas sempre tivemos uma vida muito boa, família estruturada, fazia faculdade. As estruturas estavam certas, mas existia os problemas de relacionamento, uma com a outra, e o ponto chave foi quando nós descobrimos que Deus poderia nos ajudar. Fez um milagre na nossa vida, não tem como não falar”, confessa Amanda.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.