A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

15/07/2016 06:15

Inspirados por uma emoção antiga, casal refaz fotografia que completa 35 anos

Thailla Torres
Fotografia tirada em 1981 durante a lua de mel. (Foto: Arquivo Pessoal)Fotografia tirada em 1981 durante a lua de mel. (Foto: Arquivo Pessoal)

Para Márcia e Paulo, a fotografia envelhecida que ela guardava com tanto carinho revelou de novo a emoção. O retrato de um dos momentos mais felizes da vida trouxe a vontade de reviver aquele instante. Para comemorar os 35 anos de casados, eles saíram de Campo Grande com a ideia de reproduzir a fotografia que fizeram juntos no primeiro dia da lua de mel. 

Veja Mais
Astrologia védica mostra o futuro, mas também ensina a aceitar o destino
Como mágica, o amor encontrou o palhaço e romance vive liberdade em belas fotos

O cenário para a nostalgia foi um hotel em Gramado, no Rio Grande do Sul. Lugar que eles escolheram muito antes de casar. O sonho era pegar a estrada juntos durante o inverno para ver as belezas a cada cidade que passassem.

Nem tudo estava parecido, mas a felicidade valeu. (Foto: Arquivo Pessoal)Nem tudo estava parecido, mas a felicidade valeu. (Foto: Arquivo Pessoal)

Márcia Maria Maksoud Melke, de 58 anos, fala de um amor que teve a sorte de não ser passageiro. Os dois se conheceram no Carnaval de 1979. "Foi um amigo em comum que apresentou um ao outro. Nos apaixonamos e a gente brinca que não foi amor de Carnaval, porque acabou dando certo e estamos juntos até hoje", comenta.

Após 2 anos de namoro, o amor falou mais alto e eles decidiram dizer sim no altar. Além da felicidade de selar a união, foi a lua de mel um dos momentos que marcou para sempre a vida deles. 

"Resolvemos relembrar nossa lua de mel, voltando a lugares que nunca saíram de nossas lembranças. Foi uma sensação de felicidade pelos 35 anos de uma vida bem vivida", diz ela.

O retorno ao local da felicidade não foi de carro. Outra diferença é que Márcia e Paulo desta vez usaram o celular para registrar a mesma cena.

Para eles, foi uma maneira de renovar os votos de casamento em frente ao hotel onde na época ficaram hospedados. Não há mais cadeiras e o guarda sol, mas para ela o que valeu foi relembrar os momentos de alegria que ela guarda com tanto carinho no álbum de fotografias.

"A emoção de ter voltado aquele lugar trouxe a a realização e a certeza de que fizemos o certo ao escolher um ao outro. Temos três filhos e um neto, que nos brindam diariamente com suas alegrias. Estar ali para aquela voto só nos deu a certeza da felicidade, me fez lembrar de como foi um momento feliz em que vivemos naquela época", comenta. 

E o segredo para toda felicidade ela faz questão de ressaltar. "É muito respeito, tolerância e o importante: o amor. Ainda pretendo a voltar a Gramado e Canela. Mesmo que isso não seja rápido, pelo menos tem que ser nas nossas Bodas de Ouro, em um lugar que abençoado pra nossa união", finaliza. 

Curta o Lado B no Facebook.

Lembrança da lua de mel.Lembrança da lua de mel.
Ele ainda de cabelos pretos.Ele ainda de cabelos pretos.



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.