A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

27/05/2015 06:12

Instagram faz sucesso com fotos encantadoras de afeto entre casais gays

Naiane Mesquita
Gustavo pediu Thales em casamento durante uma viagem a Campos do Jordão, em outubro de 2014 (Foto: reprodução/Instagram@doisiguais )Gustavo pediu Thales em casamento durante uma viagem a Campos do Jordão, em outubro de 2014 (Foto: reprodução/Instagram@doisiguais )

Algumas fotografias tem o poder de amolecer o nosso coração. Pode ser uma imagem de mãos entrelaçadas, um casal celebrando a união ou um pedido de casamento emocionado. Foi pensando nisso que os jornalistas Elverson Cardozo, 26 anos e Paulo Victor, 25 anos, criaram no Instagram o "Dois Iguais", com fotos delicadas e inspiradoras de casais gays de várias partes do mundo.

Veja Mais
Com quadros de amigos e fotos do passado, casa de Isac é pura recordação
A pé, Tulia faz percurso de 10 km até biblioteca onde aprendeu a ser feliz

Com 5 mil seguidores, em cerca de 1 mês de existência, o perfil é um sucesso entre rapazes e meninas que desejam celebrar o amor sem dúvidas, preconceito ou qualquer tipo de esteriótipo.

"A nossa proposta foge um pouco das outras que já existem no Instagram. Vamos trabalhar o relacionamento gay, combater o preconceito de uma outra forma, não levantando bandeiras, mas mostrando que é possível ter amor em uma relação entre duas pessoas do mesmo sexo", afirma Elverson.

Os locais que se enquadram na categoria Gay Friendly também serão indicados no perfilOs locais que se enquadram na categoria Gay Friendly também serão indicados no perfil

Para Paulo Victor, o diferencial está em não usar imagens sexualizadas. "Nós temos uma outra visão e muitas pessoas se identificam com a proposta. Não tem aquela história de pegada, de promiscuidade, são imagens de casais gays, com várias dicas de moda, viagem e lugares para sair", aponta.

O sucesso foi tão imediato que os dois sentiram a necessidade de abrir o Instagram para a divulgação de imagens reais de casais que se amam e não tem vergonha de expor para todo o mundo, literalmente. "As pessoas foram se identificando, enviando fotos de todas as regiões do País, até um pedido de casamento aconteceu. Um menino enviou para nós uma foto segurando uma placa escrito 'Quer Casar Comigo', ele queria fazer uma surpresa para o namorado, foi uma forma diferente de fazer uma declaração de amor e nós estamos abertos para isso", defende.

A recepção, segundo Elverson, foi totalmente positiva. "Só uma vez, uma menina questionou o nosso trabalho dizendo que existe tanto preconceito, tanta discriminação e nós mostramos apenas o lado bom. Essa é justamente a nossa proposta. Mostrar o amor, o afeto entre os casais, como em outros perfis de casais héteros", diz.

Paulo defende que era um nicho praticamente abandonado. "Não existia um perfil assim. A maioria voltada para o perfil homossexual era de pegação, de dicas de baladas e não tem um perfil, um blog para os casais que curtem ir para a balada juntos, sair para jantar, nós sentimos falta disso", explica.

Agora, além das fotos, os dois pretendem divulgar estabelecimentos, como bares e restaurantes que respeitem os homossexuais. "O termo correto é gay friendly, ou seja, estabelecimentos que tem uma política de aceitação homossexual, que você sabe que não será maltratado. E isso não será apenas regional, queremos fazer em Campo Grande e em todo o País e até internacionalmente. Tudo que é interessante", antecipa Elverson.

As fotos mostram um afeto cotidiano entre os casais As fotos mostram um afeto cotidiano entre os casais

Os primeiros locais já foram citados no Instagram e o projeto em breve será ampliado para um blog. Segundo o jornalista, nesse novo formato é possível experimentar ainda mais, continuar com a proposta de uma forma leve, divertida e apaixonante.

"Eu não tinha essa vivência de mídias sociais, mas o Paulo tem, ele já tem um blog de casamento e um perfil no Instagram com mais de 20 mil seguidores. Eu estou entrando nesse mundo do blog agora. Eu vim de uma redação que embora o texto fosse muito leve, mas tem suas regras. Aqui eu posso ser mais leve ainda, eu aliei o que eu fazia com essa nova linguagem e acabou dando certo", afirma.

Entre uma foto encantadora e outra, os dois vão celebrando o amor e ajudando a desmitificar que o amor é, sim, livre. "O amor entre gays é comum e a gente encara isso de forma muito comum, com muita tranquilidade, talvez por isso tenha chamado a atenção".




Parabéns pelo trabalho! Acho que todo ato que fazemos em prol do que acreditamos é um ato político, e um levantar de bandeira sim! É necessário levantarmos bandeiras, porque que é isso que faz com que as coisas mudem, e as coisas devem mudar! Respeitar o outro é dever, e levantando a bandeira do que acredito, não adentrando na seara de direitos alheios, peço apenas respeito.
 
JESSICA MACHADO GONÇALVES em 27/05/2015 14:00:56
Voltou o Lado B, não tinha acabado essa coluna ?
 
Comenteiro em 27/05/2015 08:44:01
literalmente dois iguais.
 
dias em 27/05/2015 07:21:46
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.