A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

14/03/2013 07:15

Já são 15 anos de Paulinho do Radinho na rua, mesmo com algumas tristezas

Ângela Kempfer
Paulinho e o rádio que o acompanha há 15 anos.Paulinho e o rádio que o acompanha há 15 anos.

Os filhos não querem qualquer contato, ele já teve quatro motos e um rádio roubados, quebrou a tíbia ao ser atropelado, mas "Paulinho do Radinho" não larga as noites na rua. Dizem que toda cidade tem um louco, pois há 15 anos, ele é o maluco de Campo Grande.

Veja Mais
A pé, Tulia faz percurso de 10 km até biblioteca onde aprendeu a ser feliz
Passada "nuvem negra" que trouxe o câncer, rosa tatuada no braço une 4 mulheres

O rótulo não parece incomodar, pelo menos é o que mostram a risada sincera e a resposta: “Acho bacana. Adoro o Raul Seixas. toco sempre”, brinca. É o preço que paga para viver a sua felicidade e aproveitar pequenas coisas, como acompanhar criança crescendo dentro dos carros que passam pela Afonso Pena. “Tenho um fã que agora traz a filha de 2 anos para me ver. Acompanhei ele crescer. Eu na rua e ele no carro. Agora diz que eu sou o Vovô do Radinho.”

Quando não está no canteiro, dançando, está na farmácia em frente, conversando com os funcionários, ou no ponto de táxi, de olho na TV em dias de futebol, principalmente, quando a disputa tem o Corinthians. Sabe ser um daqueles amigos que tem os nomes dos seus filhos na cabeça. Que te encontram no shopping e pagam um almoço, ou um café. Pelo menos comigo, sempre foi assim. 

Funcionário Público da Fundação Estadual de Cultura, ele cumpre o horário de serviço e lá pelas 18h segue para a avenida. Na esquina com a 14 de Julho, coloca o rádio para tocar, ainda com fitas K7. “Agora comprei um novo, com CD”, diz, ainda com o antigo nas mãos.

O aparelho era da filha, hoje com 27 anos. Pai de arquiteta, de um quase médico e de uma estudante de Direito, desde 97 não vê os filhos. Nem pela Afonso Pena eles passam, para não “ter contato visual” com o pai, comenta.

Paulinho acompanha a vida dos 3 à distância, mesmo sabendo que o afastamento ocorreu por vergonha. “Não só por eu estar na rua, mas porque eu sou gay”, justifica, lembrando que quando entendeu o que sentia, falou diretamente sobre a escolha com a família.

Mas a vida começou a mudar bem antes, depois de um acidente, aos 30 anos de idade. De moto, foi atingido por uma caminhonete e acabou 40 dias em coma. Nunca mais foi o mesmo. A sequela é a dificuldade para falar e escrever ainda hoje.

A esposa pediu a separação depois de alguns anos, o pai morreu, ele foi passar um tempo em Portugal e quando voltou, em uma das noites mais tristes na lembrança, com o rádio da filha nas mãos, começou a cantar e dançar como louco na Afonso Pena, ao som de “Pra Dizer Adeus” dos Titãs. “Estava muito triste. Comecei a dançar e conversar com meu pai”, detalha.

A reação de mototaxistas e de quem passava pela avenida fez surgir o "Paulinho do Radinho". “Eles davam risada, paravam para conversar. No outro dia voltei e nunca mais parei.”

Uma maluquice, admite, mas que faz bem à alma. “Sei que não sou normal, mas antes eu era um babaca. Andava de terno, ia ao Rádio Clube. Não troco o que eu tenho hoje”. Anos depois, em 2005, outro atropelamento e a tíbia quebrada. Após dias no hospital, quando foi liberado, apareceu de muletas para dançar na Afonso Pena.

 Sobre a resistência, ele diz que não tem "orgulho", mas "felicidade". "Acho orgulho uma palavra muito arrogante. Denota superioridade."

O carinho de quem conhece o Paulinho do Radinho.O carinho de quem conhece o Paulinho do Radinho.

Hoje, Paulo mora de aluguel, tem dois radinhos e nenhuma moto. “Eu estacionava ali na avenida e quando voltava não tinha mais, ai desisti”, explica. 

O que gosta mesmo de fazer, além de passar a noite na avenida, é ir ao cinema, algumas vezes na semana. "Já vi 'Os Miseráveis' 3 vezes e chorei nas 3", comenta.

Atento ao que acontece, ontem me recebeu falando do papa argentino, minutos depois da divulgação em Roma. "Pelo menos é da América do Sul. Vai ser bom para todos nós".

Paulinho já viveu muita coisa ali, no Centro. Viu, por exemplo, o Topo Gigio fechar, bar na Afonso Pena que reunia jornalistas, assim como tantos outros ali naquela região. "Essa parte da cidade perdeu a vida. De noite, não tem nada, morre. Até a praça foi cercada e agora parece um cemitério", reclama.  

Aos 53 anos, e com a “Ponte da Felicidade”, como chamava no início, construída na principal avenida da cidade, a chateação também muda o semblante do espalhafatoso Paulinho quando o assunto é a garotada "sem educação". “Guri de 18 a 20 anos me odeia. Fico chateado quando essa gurizada entra no meu Facebook ou passa por aqui e grita ‘seu velho’ diz que eu sou 'nojento' por ter essa idade é dançar na rua. Tão querendo me enterrar com 53 anos”, reclama.

Mas quase todos os dias ele aparece para dizer que está vivo e vai ser assim até a morte, jura por Deus. “Vou provar que mesmo velho eu posso ser feliz”.

Nesta quarta-feira, Paulinho soprou velinhas com o Lado B pela data que passou batida em 2012, mas em julho o aniversário será de 16 anos.




Paulo é um grande ser humano. Não é ele que é louco. A gente apressada é que não sabe apreciar a fineza da sua história e do seu significado para uma cidade que tem ficado mais triste.
 
Josemar Maciel em 10/07/2013 11:53:26
Ele é o mais famoso artista de rua de CG. Intervencionista por excelência. Salve!
 
Givago Oliveira em 09/04/2013 02:42:38
ACHO LEGAL O PAULO DANÇAR NA AVENIDA AFONSO PENA. ELE ME ALEGRA.
O ACHO NORMAL. BJOS PAULO TE AMO.
 
Dirce Maria em 17/03/2013 20:18:59
Parabéns meu querido amigo!!! Te amo demais!!! Continue assim, do teu jeito, nos proporcionando alegria e felicidade!!! Deus eh sempre contigo!!! Saúde e longa vida, meu amado amigo FELIZ!!!!
Grande beijo!!!
 
Maria Eli Antunes em 16/03/2013 06:40:23
È isso mesmo tio, vc tem que ser mais que feliz, tem que viver cada dia mais radiante!!! a vida é única e nada acontece por acaso, as coisas acontecem na hora que tem que ser e desacontecem também....rsrsrsrrssrrsrs, que Deus te abençoe sempre e venha logo visitar sua sobrinha!!!! bjussss amore mio!!!!
 
Nana Gregorato em 15/03/2013 23:14:30
Parabéns tio, e que venham mais 15 anos de dança e alegria que você nos proporciona. Quem te conhece sabe o tamanho do seu coração que sempre está disposto a ajudar, e do seu caráter, homem de bem, feliz e sempre preocupado com a felicidade daqueles que ama. Por te conhecer, como sobrinha, afilhada, amiga, confidente tenho orgulho de poder te chamar de família, e por favor tio Paulo nunca pare de dançar. beijos te amo!
 
Paula Baptista Paniagua em 15/03/2013 18:19:17
Não falem do que não sabem, hipocritas q julgam os filhos sem saber o real motivo do afastamento. Ouvem um lado e acham que são Deus. Vcs não conhecem os filhos para dizer tanta merda deles.
 
Paloma Santos em 15/03/2013 09:28:30
Cara, não sou da bela Campo Grande e ainda não tive o prazer de vê-lo, mas me emocionei com tua história. Deus é contigo. Beijos e abraços fraternos.
 
Luciano Correia em 15/03/2013 02:00:01
Já cheguei a conversar com ele em um ponto de ônibus, haha, lembro até que eu o chamei de senhor e ele disse "não me chama de senhor não cara, me chama de paulinho do radinho, qualquer coisa, menos senhor"
Parabéns ao CG News pela reportagem !
 
Diego Marques em 15/03/2013 01:45:56
Parabéns à jornalista Angela Kemfer pela reportagem. Que DEUS abençoe o Paulo e lhe dê longos anos de vida para que continue a irradiar alegria, simpatia e humildade. Um ser humano de primeira grandeza que distribui aos que por ali passam, sorrisos e alegria. Felicidades Paulo.
 
Napoleão Rodrigues Júnior em 15/03/2013 00:34:39
Fico triste quando passo pela Av. Afonso Pena e não vejo essa figuraça que muito alegra o meu coração.Aos filhos quero da uma dica para eles ouvirem uma musica em que ofilho manda o pai sair de sua casa e na saida dar um couro de boi para o seu pai forra o chão para dormir quando o velho estava saindo o neto com 8 anos vei correndo e pedio para o avô que lhe desse a metade desse couro e assim ele fez a vontade do neto, quando o pai do garoto viu aquela cena perguntou para o filho para que ele queria aquele couro, o menino respondeu que éra para dar para ele quando ele cressece e talvez não combinasse com ele. Quero também parabenizar o Campo Grande News pela reportage. Olha que nunca vim tanta manifestação para uma pessoa tão simples e pura. Felicidades Paulaço do Rádio. Vc é um patrimonio
 
Arcoverde Barbosa Franco de Castro em 14/03/2013 21:50:58
com certeza paulinho se vc fosse meu pai teria orgulho fica com deus

 
walter rodrigues em 14/03/2013 21:49:53
POIS E PAULINHO EU TRABALHO NO TRANSPORTE COLETIVO E E NO HORARIO DE PIKO EM QUE VEJO VC DESFRUTANDO DESSA ALEGRIA EM PLENA AFONSO PENA EU SO TENHO A DIZER QUE DEUS TE DE MAIS LOUCURAS E FELICIDADES E COM POUCOS DIA EU GARANTO QUE MUITA GENTE VAI VER UM DE SEUS FILHO NESSE MESMO LUGAR ABRACADO COM VC E MUITAS FOTOS SERAM TIRADAS ABRACOSSSSSS
 
renato costa em 14/03/2013 21:14:14
Otima reportagem e o Paulo Do Radinho merece ter sua historia de vida relatada para que todos o conheçam melhor. Pessoa normal,do bem, trabalhador e alegre. Conheço-o de longa data, bem como toda sua familia. Posso garantir que sua ex esposa e filhos são pessoas maravilhosas e não merecem ser aqui taxadas de monstros. Cada um sabe onde lhe aperta o calo, aposto que de ambos os lados, a decepção e tristeza fazem parte da vida deles. Que familia não gostaria de caminhar unida? Eles não são os unicos a viverem separados mas nem porisso são piores do que ninguem, pelo contrario, só eles devem saber o qto lhes dói este afastamento. Deus abençoe o Paulo Do Radinho e tb sua ex e filhos.
 
Mariam Kodjaoglanian Di Giorgio em 14/03/2013 21:01:00
Lembro do meu finado PAI Cláudionor da Costa Benites, ele era gerente da loja center modas ai em campo grande, e sempre conversava com este senhor Paulinho do Rádio. Muito gente boa.
 
Cláudio Benites em 14/03/2013 21:00:25
Paulo do Radinho
parabéns amigo gosto muito de passar na AV afonço pena e ver vc la cantando dançando
muito alegre e que passa alegria a todos que passam la av
vc é de um idalo de campo grande eu ja chamo vc o cara do radio que anima a av
eu ja falei com vc ja faz algum tempo quando vc deu uma entrevista para uma revista de campo grande eu fui com a jornalista da revista vc recebeu nós no seu apartamento
la na 13 de maio amigo continua fazendo o que vc gosta
sabe que deus esta sempre com vc
não deixa de fazer o que vc mais gosta vc tem uma alegria que contagea todos que passa na av continua la um grande abraço
 
Ademir pereira ribeiro em 14/03/2013 20:55:10
Parabéns Paulinho do Radinho!

Voce está certo, tem que ser feliz do jeito que quer e gosta, sem ligar para os que te olham atravessados... Viva sua vida. Os que te abandonaram? Papai do Céu cuida disso. Tudo tem sua hora e seu momento. Fique com Deus. Abços.
 
Rosane Resende Viçoso em 14/03/2013 20:47:23
Não moro mais em CG, mais tenho lembranças gostosas do Paulinho do rádio: eu e meu marido, aos domingos e finais de tarde, saiamos para passear com nossas filhas, que colocavam os rostinhos felizes pelas janelas do carros e gritavam!!! olha ai, ...... o moço do rádio!!!! que legal!!!! Fiquei muito feliz ao ler sua matéria no campo Grande News. Abraços e continue alegrando os corações dos nossos amigos de Campo Grande MS. Abraços e seja muito FELIZ!!!!!!!!!!
 
Cleonice Santana da Costa em 14/03/2013 20:46:43
concordo com a maioria das mensagens,o sr. rogerio carvalho escreveu oque eu iria escrever..sobre os filhos!!! futuros doutores??!!!estão de ´parabéns pela atitudes(((filhos imcompriensivos,mal agradecidos,se não fosse seu pai que os colocou no utero de sua mãe,voces não seriam filhos do paulinho....)um dia serão ou são ´pais e irão sentir na pela o desprezo e a falta de respeito)))e deem graças a deus por ter um pai,enquanto milhões não tem e ficam ai sofrendo a dor de não ter um para ser chamado de pai..
oque importa a opção que ele resolveu se declarar?o amor é oque vale....pensem nisso, futuro doutores!!!!!ele terá muito orgulho de ve-los formados ou já formados....
 
sandra rojas de oliveira em 14/03/2013 20:04:20
Parabéns Paulinho,continue assim,viver feliz e para os fortes,e você é uma Fortaleza,se você é feliz assim,continua assim,não liga para essa sociedade hipócrita,que tem medo de ser feliz,assumir o que é,espero ver você mais 15 anos na av:afonso pena,e fica com Deus.
 
rose brito em 14/03/2013 17:50:39
E que venham mais 15 anos!
Alguém tem o Facebook dele?
 
Rodrigo Adania em 14/03/2013 17:50:02
Parabéns Paulinho. Por muitos anos passo na Av. e encontro o Paulinho lá, com a mesma simpatia e o sorriso estampado no rosto. Fico triste pelos seus filhos, por ter vegonha pelo Pai que tem. Abraços.
 
Adib Ferzeli em 14/03/2013 17:44:48
Grande figura.. Parabéns pela reportagem CG News. E aos filhos..sem mtos comentários, faço minhas ..as palavras do Renato Costa... Atitude lastimável..
 
Adriana Souza em 14/03/2013 17:44:12
coisas boas não ficam velhas e sim clássicas... Parabéns ao Clássico Paulinho do Radio...
 
Judson matos em 14/03/2013 17:23:23
parabens paulinho, que o cósmico te ilumine e vc receba as benção de DEUS.
 
ROBERTO DIAS em 14/03/2013 16:22:59
Alessandro Honorio, ele sabe onde estão os filhos, são eles que não querem contato; devem ter seus motivos e devemos respeitá-los.
 
Gustavo Ribeiro em 14/03/2013 16:09:27
Bacana matéria sobre Pulinho do Radio trabalhei com ele na fundação de cultura lá pelos anos 90 era um colega de trabalho generoso inteligente! sabia tudo de cinema, certo dia disse que queria fazer uma entrevista comigo por saber que na minha infância e parte da juventude morei na cidade Rio Verde MT minha cidade natal e a diversão era um velho cinema.foi uma manhã muito legal falei de filmes o vento levou,bang bang, musicais. ele ficou encantado com meus relatos e conforme eu falava do filme ele dizia nome das atrizes e dos atores.Ainda tinha uma covivencia com os filhos e pude ver o quanto gostava deles!Mas também passava uma certa melancolia queria ser mais!! ser feliz !!e do jeito dele penso que é feliz e não adianta fugir da realidade ele é historia viva desta cidade. um abraço
 
Joanita Rodrigues da Rosa Queiroz em 14/03/2013 15:53:39
Grande Paulinho, meu amigo desde os velhos tempos de Bela Vista. Abraços!
 
Ana Paula Melo em 14/03/2013 15:46:44
Trabalho com o Paulo a muitos anos,ele sempre foi uma pessoa integra,prestativa ,alegre,puríssima de coração , enfim um colega de trabalho adorável a quem desejo tudo de melhor , esta tristeza pelo filhos transforma quando ele esta na avenida fazendo com que seja " Paulinho do Radinho "o qual ja é patrimonio da cidade e que conheçendo ou nao gostamos dele ;de vê-lo ou apenas de saber que ele esta lá alegrando muitos , estravasando sua felicidade e aos que o rodeiam continue feliz meu amigo.
 
ROSELI SOUZA NOGUEIRA em 14/03/2013 15:39:45
boa tarde, passo todos os dias na avenia afonso pena, sempre vejo elle por ali dançando, se divertindo, falando, brincando com pessoas que por ali passam. muitos contam historias diferentes sobre Paulinho. ''oque ele era'', ''oque ele é'', etc. independente de todas as historias que ja ouvi, Paulinho é uma pessoa feliz, e por um pequeno gesto q ele faz seja de dança, brincadeiras, o sorriso dele alegra não só a mim mas muitas outras pessoas queo ve dançando e cantando nas ruas. tenho 18 e ao contrario de outros jovens vejo em você um exemplo de superação. ouvi um ditado que diz que '' um pai trata 10 filhos 10 filhos não trata um pai'' então não de valor a quem não te deu. PAREBENS ''Paulinho do radio''. continue sempre alegrando nossos final de tarde.
 
Gustavo Venier em 14/03/2013 15:37:26
Muito massa esse grande artista da vida, sempre gostei das loucuras de ficar cantando nas ruas a noite e fazendo as pessoas felizes ao encontraem ele por perto, hoje já não trabalho mais a noite mas foi um tempo muito bom....Grande abraço e que DEUS sempre esteja ao seu lado. TOPO GIGIO muito massa.
 
leonardo batalha em 14/03/2013 14:41:17
Fico contente Paulinho, em saber que apesar de TUDO, ainda lhe sobra motivos pra SORRIR! Continue assim! Que Deus te ilumine SEMPRE! Guerreiro!
 
Jéssica Wrubel em 14/03/2013 13:57:31
AE PESSOAL, BORA FAZER UMA CAMPANHA NAS REDES SOCIAIS PARA PROMOVER O ENCONTRO DOS FILHOS COM PAULINHO! MONTAR UM PERFIL EM ALGUMA REDE SOCIAL, LOCALIZA-LOS E PROMOVER ESSE ENCONTRO.......
 
Alessandro Honorio em 14/03/2013 13:54:57
Li todos os comentários, sobre o "Paulinho do Rádio". Eu sou sua fã, continue assim: ...querido, simplório, alegre e... pessoal pára de roubar a moto do moço - pôxa, isso custa caro, além de que é a condução do rapaz humilde e pobre, vcs pensam que o moço é bobinho só pq leva a vida modestamente cantarolando, não façam sacanagem com o Paulinho; ao invés disso, ajudem-no, promovam-no, falem bem dele, tenham-no como uma pessoa que pensa que vive num mundo cor-de-rosa, o moço não tem maldade. Vamos ajudar o rapaz dando-lhe paz, mostrando que nós também somos pessoas de coração sem maldade. Beijos Paulinho e boa sorte nessa vida e muita paz no planeta Terra.

 
Meire Lima Ferraz Bastos em 14/03/2013 13:25:57
A D O R O ver vc nas ruas, lindo, voe e dance!!

 
Fernanda arnaldi em 14/03/2013 13:19:11
Ele simplesmente SALVA o DIA de muitas pessoas que passam por alí. Não o conheço e em algum momento até achei que era um doído, porém conhecendo agora sua história lhe devo considerações.
 
Marco AP em 14/03/2013 13:08:23
Paulo do radinho...rsss, só de lembrar me vem um sorriso no rosto q é automático. Um ser HUMANO s/explicações, gente do bem q já faz parte do patrimônio do nosso Estado. Agora, por favor, os filhos terem vergonha de um ser humano excepcional como este?ahhh..faça-me o favor!!! Palinho, meu qrido...siga em frentee continue ser o q és..e outra coisa...ñ ligue para o q essa mulecada s/noção, s/cultura; s/educação dizem de vc...e tem mais continue assim, seja vc mesmo, sabe pq?..a SUA FELICIDADE INCOMODA MUITA GENTE!!
 
Rita de Cassia Lopes em 14/03/2013 13:02:07
todos os depoimentos reconhecendo a felicidade que vive o Paulinho do Radio, triste e perceber o preconceito dos proprios filhos que deve doer na alma dele... desejo ao Paulinho que continue com a sabedoria vinda dos ceus.
 
lians denner penha evangelista em 14/03/2013 12:28:56
Tio Paulo, porque é assim que o conheço, desde meus 06 anos de idade, meu vizinho na minha infancia e juventude, sempre alegre, eu amava escutar suas historias. Hoje tenho 35 anos e o que posso dizer de Paulo "tio Paulo", é que ele sim é um homem de coragem, de vontade de viver, como queria ter coragem e não tenho muitas vezes.
Hoje meu filho conheceu o tio Paulo, puxa quanto tempo neh.
Quero muito que vc seja feliz, e sobre seus filhos...... falar o que neh, sinta se amado por mim.
 
Andrea Pires em 14/03/2013 12:28:24
É UM EXCELENTE CAMARADA, QUE ALEGRA O CENTRO DE CAMPO GRANDE. MUITOS PODEM ATÉ PENSAR QUE É UM IDIOTA FAZENDO DANÇAS ESQUISITA, MAS NÃO É, O CARA TEM PERSONALIDADE COMO POUCOS. ACREDITO QUE ESTES 3 FILHOS KE ELE TEM, DEVERIA SER ORGULHAR DESTE PAI. SE ELES TEM VERGONHA DESTA FIGURA, PODE ACREDITAR ELE JÁ VIROU PATRIMONIO DE CAMPO GRANDE E COM CERTEZA NÓS NÃO PODEMOS TER VERGONHA DO CARISMA DELE, JÁ CONSEGUIU MUITOS OUTROS FILHOS QUE SÃO FIEIS A SUA PRESENÇA NO CANTEIRO DA AFONSO PENA NO FINAL DA TARDE. UM ABRAÇO.
 
ELIEZER ARCE em 14/03/2013 11:32:26
Ele já é ponto turistico na Afonso Pena ....as vezes passo por ali triste pois algo deu errado e lá na frente vejo ele tdo feliz da vida sempre o mesmo sempre sorrindooo dançando ....ai lembro da historia dele e como foi dificil oqe ele passou a anos atraz .... vejo qe a minha tristeza nao é paga pra ele. Ja me animo pois ele é pessoa pura de coraçao icone de Campo Grande ... ele é demais .... desejo a ele tdo sucesso
 
Dayana Bazzano em 14/03/2013 11:17:58
Gostaria muito que seus filhos se abrissem mais por vc! imagino que deve ser uma dor nos corações dele, pela mãe pelo fim do casamento...pela novidade da sua opção sexual enfim pela sua falta, mas o tempo muda as pessoas e um dia ...vai passar a magoa deles, mas espero sempre que sua força de viver e ser feliz numca passe um grande abraço a vc!
 
sandra lima em 14/03/2013 11:16:24
É de pessoas assim puras de coração que o mundo precisa fazer o bem sem olhar a quem...Parabéns pelo que faz tenho certeza que muitos gostariam de estar em seu lugra
 
Nai Costa em 14/03/2013 10:56:58
A felicidade esta nas coisas simples, independente de idade, cor e gênero!!! Incomodados sempre existem, e esses que trazem a infelicidade. Parabens....
 
Jorge Rodrigo em 14/03/2013 10:56:45
Paulinho não o conheço, mas sempre vi vc e seu radinho com bons olhos, sempre me passou alegria, admiro a coragem de mostrar alegria de viver, achei bonita sua historia de vida, fiquei triste ao saber da sua dor. Desejo que um dia e que não demore muito p/ chegar esse dia em que ganhe a compreensão e respeito da juventude e principalmente resgate o amor de seus filhos. Felicidades. Elvia
 
Elvia Francisca da Silva em 14/03/2013 10:48:26
Ainda não tive a oportunidade de conversar com Paulinho do radio,mas tambem acho interessante ser um pouco louco nesse mundo em que vivemos,pois se formos 100% normais iremos ficar loucos de verdade.taí Paulinho Parabens por ser o que é.
 
Teresa Moura em 14/03/2013 10:45:48
É preciso ser forte para ser feliz, todos aqueles que não te compreendem estão ali na sua vida para que sua linda alma aflorasse! Parabéns, sou sua fã!!
 
Thereza Christina Ferreira da Silva em 14/03/2013 10:36:31
Um dia,quando eu tinha 17 anos,lá em 2002 eu vi o Paulinho pela 1º vez,e perguntei para minha mãe:Mãe,esse homem é doido??.ela respondeu: Não meu filho,ele é FELIZ.
fiquei pensando como pode uma pessoa ser feliz com um radinho no ombro, no meio da cidade movimentada, ele é louco mesmo. Semana passada passei com meu filho no mesmo lugar que eu passei a 11 anos atrás e meu filho me perguntou:Pai esse homem é doido? na hora eu respondi.Não meu filho ele é FELIZ. e terminei dizendo para meu filho: Para ser FELIZ não precisa ser doido,basta ser simples,humilde,pensar no próximo e nunca fazer o mal a ninguém,que DEUS sempre vai te proporcionar a FELICIDADE.
Paulinho é uma pessoa abençoada por Deus,já oq dizer para esses filhos: Tentem ser pelo menos FELIZ igual o pai de vcs é, seus hipócritas!
 
Sidney Freitas em 14/03/2013 10:28:02
Parabéns Paulinho, sempre te admirei pela sua postura, coragem de ficar nas ruas de Campo Grande cantarolando com seu radinho. To contigo e não abro!!! Que vc continua sendo essa pessoa humilde e sincera q vc é. E que continua nas ruas de Campo Grande passando essa sua energia para todos que ali passam, o Mundo esta precisando de pessoas assim como vc. Obrigada por ser um ícone para a nossa Cidade. E não se esqueça " Nada como um dia após o outro"
 
Julia Almeida em 14/03/2013 10:26:38
Eu fico pensando .....um filho quase medico , outra arquiteta e mais uma quase advogada ....e com mentes tao pequenas.....rejeitando o proprio pai....esctem uma coisa ...voces tres vao amargar uma arrependimento muito grande nas suas vidas ...seja no pessoal quanto no profissional.....porque Deus nos deu o mandamento de HONRAR PAI E MAE.... seja qual for a situaçao....e estes filhos o negam.....mas o que vc faz aqui....vc tambem paga aqui...ainda a há tempo!!!!!
 
rogerio carvalho em 14/03/2013 10:20:49
Linda história.
São provas que podemos ter, que até nas pequenas coisas podemos ser felizes e fazer os outros felizes.
Que vida difícil a dele, por conta da rejeição dos filhos e o não aceitamento pela opção sexual dele.
Mas isso não desmerece ninguém.
Continue irradiando essa alegria Paulinho.
 
Thayssa Gomes D'avila em 14/03/2013 10:08:13
Aos filhos desse verdadeiro HOMEM FELIZ, que no amanhã Deus tenha misericórdia de suas vidas, pois a palavra de Deus assim recomenda: "filhos, honrem seu pai e sua mãe, porque este é o primeiro mandamento com promessa, para que tenhas sucesso na vida e viva muitos anos sobre a face da terra". No fundo da alma, toda a vergonha que esses filhos sentem, não vem do comportamento do pai e nem do seu modo de vida, mas de si mesmos por não aceitarem que o pai é feliz no que faz e sempre esteve certo em sua decisão. Mudem enquanto há tempo, perdoem-se e perdoem-no, pois "tudo aquilo que o homem semear nesta terra, certamente irá colher um dia".
 
Márcio Dutra em 14/03/2013 10:04:18
Esse camarada já é um ícone da cultura pop de Campo Grande.
 
Mathias Hanns em 14/03/2013 09:59:18
Adorei esta reportagem! O Paulinho deve ter o respeito de todos,nós estudamos juntos no Colégio Dom Bosco,ele sempre foi um amigo adorável!! Se é feliz dançando nas ruas...que maravilha,pois é feliz com tão pouco,não prejudica e ainda faz muitas pessoas sorrir!!Seja feliz da maneira que vc escolheu!!
 
Mercia Regina Escher em 14/03/2013 09:57:30
Desculpe mas essa família é composta por pessoas ruins. Pessoas que um dia vão olhar pra trás e perceberem como foram pequenas e infelizes. Vão ver que deixaram o pai, que rechaçaram alguém tão próximo por suas escolhas, por preconceiro.

Quem não está perdendo nada é o Paulo do rádio. Seja feliz figura!! Parabéns por fazer o que a grande maioria das pessoas tem medo, ser autêntico...
 
Fabiano Pontes da Silva em 14/03/2013 09:52:30
Bonita estória, comovente, ótimo gosto musical e toque sempre muito "RAUL". Seus filhos deveriam agradecer o pai que tem e tudo que sempre fez pelos mesmos, a opção de vida é pessoal e não interfere no caráter da pessoa. O dia que esses filhos acordarem e olharem para traz verão que perderam muito tempo sem conviver com o pai e por certo se arrependerão, e tomara que tenham filhos que não faça o mesmo que estão fazendo hoje...
Seja feliz e pronto PAULINHO.
 
Erudilho Nabuco em 14/03/2013 09:47:34
NOSSA DEVERIAMOS SABER QUEM SAO ESSE MEDICO ESSA ARQUITETA ESSE ADVOGADO POR QUE SE ELES SAO CONTRA O PAI POR ELE SER GAY ?ENTAO O FILHO MEDICO ELE NAOO ATENDE UM PACIENTE GAY ,ARQUITETA NAO FAZ DECORAÇAO PARA UM GAY E PIOR EO ADVOGADO SE FOR ATRAS PARA PROCESSAR ALGUEM POR HOMOFOBIA ELE TAMBEM NAO ATENDE POR O CLIENTE SER GAY??
 
renato costa em 14/03/2013 09:35:25
Admiro muito esse homem, tem um estado de espirito incrivel, queria eu que meu pai fosse tão alegre e de bem com a vida como o Sr. Paulinho.
Parabéns pela jovialidade!
 
Marcio Brunholi em 14/03/2013 09:34:22
O "Amor" está acima de tudo, e é que está esquecido nos dias de hoje, que pena a falta de fragilidade em perceber algo tão fácil e simples de ser...por isso não perco as esperanças que um dia após o outro serão melhores que ontem."
 
Maria Cleusa Brasil Rodrigues em 14/03/2013 09:34:20
Vejo o Paulinho do radinho na cidade desde que eu era pequena quando ia ao centro da cidade com minha vó. Sempre tive admiração e respeito e muita curiosidade por saber um pouco mais da história de vida dessa pessoa. Quem não tem, não é mesmo? " Me emocionei e até chorei muito com esta publicação, "pai e mãe" devemos respeita-los independente de quem são ou de suas escolhas, isso é uma questão de humanidade e reflexão do seu eu interior. As vezes mais vale a pena ser alguém simples do que ter algo em meio de muitas frustrações. A vida é tão curta passageira, que dependo do tipo de mágoa não vale a pena ser cultivada porque com o passar dos anos essa dor das lembranças ou do que eu poderia ter feito vão acompanhar a alma o resto da vida.
 
Maria Cleusa Brasil Rodrigues em 14/03/2013 09:33:55
Faz tempos que tdos os dias passo pela afonso pena, e sempre ele esta la.A principio achava q ele era um louco, mas um louco divertido.Nao conhecia a historia dele é um pouco triste mesmo, mas ainda assim ele continua feliz.E os filhos nao tem que ter Vergonha dele e sim eles ter VERGONHA e Pena dos filhos dele.Tem coisas que Carreira nenhuma e dinheiro pode comprar...Que Deus ilumine ele sempre .....
 
Susan k. Mendes em 14/03/2013 09:27:21
BONITA HISTORIA,PARABENS AO CAMPOGRANDENEWS POR MOSTRAR PESSOAS QUE FAZEM PARTE DA NOSSA HISTORIA,
 
LAURA CRISTINA em 14/03/2013 09:21:50
Um homem gentil e admirável. Morava no Dona Neta na época que ele começou com seu radinho e via o Paulinho todos os dias, meus filhos eram pequenos. Hoje um deles trabalha com o Paulinho na Fundação.
Louco? Acho que não.
Obrigada pela sua irreverência que, no mínimo, faz com muita gente possa ouvir uma boa música.
"por isso encosto meu ouvido num radinho de pilha...pra te sintonizar sozinho numa ilha, sonífera ilha..."
 
LUCIANA VILLAMAINA CENTENO em 14/03/2013 09:17:43
Parabéns Paulinho! Te adoro!
 
Anita Ramos em 14/03/2013 09:13:36
Já conhecia a história do Paulinho, mas a matéria ajudou a entendê-lo um pouco mais... deu pra sentir até a mágoa que ele tem dos filhos que o recusam a aceitar, tb fiquei triste por isso...Paulinho não só transformou sua tristeza em algo positivo, como procura mostrar aos outros que a felicidade está à disposição de todos, mas é preciso ter coragem! Parabéns Paulinho!!!
 
Marcos Santos em 14/03/2013 09:09:30
O mundo precisa de mais pessoas loucas assim, que se comprometem com suas vidas e sua felicidade. Você percebe que a ignorância dos que não acreditam que o caminho da felicidade é simples e está acessível para todos é perversa, é dilacerante e mortal. Eu acredito que a Afonso Pena pode estar linda, arborizada e progressista, mas nunca seria a mesma sem o Paulinho. Nunca conversei com ele, mas já estive sentado ao seu lado em uma sala de cinema, comi rodizio de churrasco ao lado dele em Jardim, tomei café pertinho dele no café do ponto...percebi que nos meus momentos mais tristes ele sempre surge, como hoje ao entrar no site, ele está sempre nos lugares em que preciso distrair minha mente da realidade. As vezes sinto que ele é realmente especial de mais para esse mundo.
 
Maiko Oriozola em 14/03/2013 09:06:10
Que história emocionante! Quero conhecê-lo!!!
 
Paula Cristina Siebeneichler em 14/03/2013 09:02:50
Parabéns Paulinho... sua alegria é contagiante. Me sinto mto bem qndo depois de um dia estressante, vejo vc na rua, cantando e dançando. Não tem como não abrir um sorriso, e por alguns instantes, esquecer os problemas. Obrigado!!!
 
João da Silva em 14/03/2013 09:01:30
Não conheço o Paulinho do Radinho, mas gostei bastante da postura dele com relação a vida. E infelizmente os jovens de hoje em dia são rudes e intolerantes assim mesmo. Mas o que me deixa mais triste é saber que os próprios filhos são intolerantes a ponto de cortar relações com a pessoa que mais te ama no mundo por causa de uma besteira como a orientação sexual. Tudo de bom pra você, Paulinho!
 
Leandro Batista em 14/03/2013 08:59:31
Parabens, paulinho... que vc continue com o seu jeito de ser.. incomodando muitas pessoas que gostariam de fazer o q vc faz para ser feliz e nao tem coragem. qto aos seus filhos.. pena!!!! creio q vc tem muitos "filhos" que passam na avenida.. como eu.. desde d pequena vendo-o. é ate vovô!!!!!Continue assim!!!!!
 
LIDIANE MIEKO em 14/03/2013 08:57:41
Eu gosto do Paulinho, gosto de ve-lo tem alegria, parabéns pela sua coragem de estar ai, as vezes eu observo de longe, mesmo aquelas pessoas mais carrancudas do mundo esboçam um sorriso quando olham para ele, já vale a pena.
 
virginia souza em 14/03/2013 08:40:00
É sempre assim, quem prega a paz, vive sua verdade, transmite sua "loucura" sem prejudicar ninguém, recebe a indiferença, a pichação e o ódio! Paulinho do Rádinho já faz parte do nosso louco cotidiano!
 
Carlos Irineu Gonzales em 14/03/2013 08:29:00
"...O aparelho era da filha, hoje com 27 anos. Pai de arquiteta, de médico e de uma estudante de Direito, desde 97 não vê os filhos. Nem pela Afonso Pena eles passam, para não “ter contato visual” com o pai, comenta.

Paulinho acompanha a vida dos 3 à distância, mesmo sabendo que o afastamento ocorreu por vergonha. “Não só por eu estar na rua, mas porque eu sou gay...”

Espero q este msmo pai,do qual eles sentem vergonha,ñ seja um dia a pessoa da qual eles irão precisar pra se salvar ou pra cuidar se um dia sofrerem um acidente ou coisa assim...

Qm deveria ter vergonha era o Paulinhu de ter filhos tão hipócritas..
Pai e Mãe são peças ÚNICAS e FUNDAMENTAIS em nossa vida..Amor acima d TUDO...
 
Rose Gama em 14/03/2013 08:24:52
Afinal, de médico e de louco todo mundo tem um pouco! Né.
 
Endrigo Capobianco em 14/03/2013 08:13:52
É ISSO AÍ PAULINHO....TEM QUE CURTIR A VIDA MESMO...ELA É SÓ UMA..."ESSE É O SEU PREÇO PARA SER FELIZ??ENTÃO QUE SEJAS!!...QUE DEUS TE ABENÇOE E ILUMINE OS SEUS CAMINHOS!!.....JESUS TE AMA E SEMPRE IRÁ TE AMAR, INDEPENDENTE DO QUE VC SEJA, FAÇA OU PENSE...FIQUE COM DEUS...
 
igor gomes lima em 14/03/2013 08:10:49
Adimiro e olho esse camarada, quando era mais novo dizia a mim mesmo que ele era "louco", mais ao passar o tempo vi que os loucos somos nós de não demostrar a felicidade nas coisas simples da vida, ele sim faz o que gosta e quando pode solta sua alegria e felicidade no centro da Capital.
 
Renato Amorim em 14/03/2013 07:48:12
Paulo do Radinho- meu querido amigo e colega de trabalho de muitos anos- sempre foi uma pessoa generosa- um ser humano fantástico- sempre muito voltado para o bem comum, o bem do próximo- a ética- tem uma alegria nata dentro de si que ninguém fica triste perto dele, ele esbanja vida e alegria e tem um coração grandioso. É uma alma rara.Paulinho é transparente, íntegro! Bj. Te amo meu amigo de muitos janeiros! Deus lhe abençoe com saúde- paz e muito amor. Deus lhe proteja sempre.
 
Fátima Carvalho em 14/03/2013 07:38:07
Muito legal essa reportagem com o Paulinho do Rádio...tinha uma epoca da minha vida que ia ao centro perto da praça...e ali estava o Paulinho com seu rádio....esses dias fui ao centro no sabado de manha...e lá estava ele e mostrei para os meus filhos...até hj não conhecia a sua historia...muito bom saber que ele só quer ser feliz e trazer um pouco de alegria para as pessoas....
 
ADRIANA DUARTE BRITES em 14/03/2013 07:34:53
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.