A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

18/02/2013 21:33

Mudança de horário impõe novos hábitos e sensações

Nyelder Rodrigues
Com retorno do horário normal, os dias amanhecem mais cedo, mas anoitecem antes (Foto: Luciano Muta)Com retorno do horário normal, os dias amanhecem mais cedo, mas anoitecem antes (Foto: Luciano Muta)

Mudança de horário. Para alguns, um tormento para o relógio biológico. Para outros, algo que precisa apenas de uma rápida adaptação. E mais uma vez tivemos que atrasar em uma hora os ponteiros com o fim do horário de verão neste final de semana, às 0h de domingo (17).

Veja Mais
A pé, Tulia faz percurso de 10 km até biblioteca onde aprendeu a ser feliz
Passada "nuvem negra" que trouxe o câncer, rosa tatuada no braço une 4 mulheres

E durante este período de adaptação, o que vemos são reações e sensações diferentes em cada um, assim como preferências. Um dos que sentiu a mudança de horário foi Gabriel Rodrigues, 23 anos, estudante de Direito.

Gabriel conta ainda neste segundo dia de horário normal, ele ainda ficou com a impressão de que mais tarde. Já de manhã, sentiu-se melhor para acordar. “Tive mais disposição”, comenta o jovem, que estuda no período matutino. Porém, mesmo com mais disposição durante a manhã, ele prefere o horário verão.

“Gosto do dia mais longo. Acabo dormindo menos, mas não faz tanta diferença”, explica Gabriel, que também é atleta de futebol americano, outro motivo para preferir o horário de verão, já que os treinos são feitos durante a tarde e ele ganha 1 hora a mais de treinamento, o que faz bastante diferença na preparação.

Já o servidor público e cronista esportivo Thiago Lopes de Faria, de 28 anos, sentiu que o domingo demorou mais a passar, mas hoje ele achou normal. “A diferença é que escureceu mais cedo que ontem”, afirma.

Assim como Gabriel, Thiago prefere o horário de verão, segundo ele, porque o sol fica forte mais tarde e consequentemente o calor também. “Ontem, por exemplo, tava muito quente cedo”.

O técnico em manutenção e redes de computadores, Nery Areco, de 22 anos, conta que também acordou mais disposto ao acordar de manhã. Quanto a preferência entre o horário de verão ou o normal, ele apontou prós e contras nos dois.

“Os dois tem os seus pontos bons e ruins. O bom do horário de verão é que o dia é mais longo. Já no horário normal começa mais cedo e as noites são mais longas”, argumenta Nery.

 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.