A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

27/05/2015 07:01

Não preciso entender o porquê de estar onde estou para amar a minha história

Mariana Monge
Não preciso entender o porquê de estar onde estou para amar a minha história

Dos dias da minha vida que eu deixei de tentar entender, entendi que, no grande final de tudo, o que nos move e nos faz ser ao menos um pouco mais humanos é o amor... O amor por tudo o que nos rodeia!

Veja Mais
Aos 56 anos, Márcia é parceira do filho do tênis de LED ao Pokémon Go
Papai é a estrela, mas Mamãe Noel pode fazer toda diferença no Natal

É aquela chama que aquece nosso peito por dentro e nos faz sentir uma vontade incrível de ir além... Além de nós mesmo, além da superficialidade, além do relativismo. E, inconscientemente, é o que todos, sem nenhuma exceção, buscamos incansavelmente.

De tudo o que eu deixei de tentar entender, entendi que tudo o que preciso é deixar o amor me levar. E, então, eu posso até me perder em algum lugar do caminho, mas com o amor me será mais fácil voltar. Quando eu deixo o amor me mover, posso até errar, mas na certeza de ter tentado acertar.

O amor é uma extensão de nós, é o que nos move, é o que nos dá vida. E mesmo sem entender todos os mistérios que envolvem o amor, quero aprender a amar sem julgar, sem cobrar, sem esperar demais... E, por isso mesmo, que devo amar principalmente quando alguém é rude comigo, quando alguém atravessa meu caminho de uma forma que eu não desejava.

Entendi que nem todos os dias eu vou fazer um café no ponto, amanhã ele pode estar fraco, ou forte, mas que isso não me tire a vontade de tomar café! E por falar em café, que a fé nunca seja pouca também, pois o amor precisa dela.

Um dia, na angústia de tentar entender tudo o que me cerca e tentar entender o sentido de tudo o que me move, eu entendi que não preciso entender o porquê de estar onde estou para amar a minha história.

E hoje eu deixo de querer entender, pois já entendi muito mais do que precisava realmente. Agora, me basta aprender... A amar!

*Mariana Monge é jornalista e colaboradora do Lado B. Mais textos na página Mariana Monge.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.