A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

26/09/2015 17:32

No miss Gay e Transex, Três Lagoas e Ribas levam as coroas em noite de gala

Adriano Fernandes
Disputaram aos títulos, 22 candidatas. Sete na categoria Miss Transexual e 15 na categoria Miss Gay. (Foto: Divulgação)Disputaram aos títulos, 22 candidatas. Sete na categoria Miss Transexual e 15 na categoria Miss Gay. (Foto: Divulgação)

A disputa travada era pelos títulos de Miss Gay e Miss Transexual de Mato Grosso do Sul 2015. Ao todo, 22 candidatas de todo Estado disputaram em noite marcada por vestidos glamourosos, performances arrasadoras e muita irreverência, no Teatro Aracy Balabanian, em Campo Grande, nessa sexta-feira (25).

Veja Mais
Casal queria poetizar início, mas soube rimar como ninguém o "fim" do amor
Monogâmico ou não, gays e lésbicas querem o direito de viver a afetividade

Na categoria Miss Mato Grosso do Sul Transexual, a grande vencedora foi a candidata Nicolly Paiva, da cidade de Três Lagoas. Já na categoria Miss Gay Mato Grosso do Sul, a candidata Rayssa Coolbber, de Ribas do Rio Pardo, foi quem levou o título.

Entre os critérios de avaliação estavam: beleza facial, elegância, simpatia e até os mais belos vestidos, avaliados por 10 jurados. Dentre eles tinham a Miss Nordeste Gay, Alexia Prada, que também fez a performance de abertura do evento.

Além das categorias principais, na noite foram eleitas também as misses popularidade, por votação online e simpatia, escolhidas pelas próprias candidatas. Foram eleitas a corumbaense Larissa Snarghs, como Miss Transexual Popularidade e Nadia Melissa, representando a cidade de Terenos, na categoria Miss Gay.

Nicolly Paiva, da cidade de Três Lagoas, foi eleita a Miss Mato Grosso do Sul Transexual, 2015. (Foto: Reprodução Facebook)Nicolly Paiva, da cidade de Três Lagoas, foi eleita a Miss Mato Grosso do Sul Transexual, 2015. (Foto: Reprodução Facebook)
Na categoria Miss Gay Mato Grosso do Sul, a candidata Rayssa Coolbber, de Ribas do Rio Pardo. (Foto: Divulgação) Na categoria Miss Gay Mato Grosso do Sul, a candidata Rayssa Coolbber, de Ribas do Rio Pardo. (Foto: Divulgação)

Os títulos de Miss Simpatia ficaram com a transexual Dayane Vasconcelos e a aquidauanense Paula Leite, como Miss Simpatia Gay.

Além do concurso, a noite também teve performances de artistas locais, como as drags Ramona Blair e “Fófis”, dublando divas da música pop como Lagy Gaga, Cristina Aguilera e levando o público, que lotou o teatro, ao delírio.

Organizador do evento desde 2008, Frank Rossatte, vê como positiva a repercussão do concurso, tanto para a sociedade quanto pra quem conferiu o evento. “Vieram caravanas conferir, torcidas com faixas, buzinas. Foi uma noite muito divertida e importante por mostrar a cultura do público LGBT e valorizar os grandes nomes que as noites gays têm, também quando estão sob brilhos e paetês”, comentou o organizador.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.