A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

25/04/2016 06:15

Noivo aprendeu a tocar violino para surpresa emocionante no dia do casamento

Thailla Torres
Foi no violino que ele encontrou a maneira de realizar o sonho da noiva. (Foto: Imais Fotografia) Foi no violino que ele encontrou a maneira de realizar o sonho da noiva. (Foto: Imais Fotografia)

Sidinei e Lucimara se conheceram há 9 anos e no sábado casaram na igreja. Para a cerimônia dos sonhos, os noivos escolheram a dedo cada detalhe, mas o que ela nem imaginava é que a marcha nupcial seria a maior surpresa da noite. Para realizar um sonho da noiva, Sidinei aprendeu a tocar violino e também a música preferida dela, para deixar claro o que sente assim que as portas da igreja abrissem.

Veja Mais
Casal queria poetizar início, mas soube rimar como ninguém o "fim" do amor
Monogâmico ou não, gays e lésbicas querem o direito de viver a afetividade

A vontade de ver o marido tocando já era antiga. Sidinei Barbosa da Silva, de 32 anos, tocava violão e tinha conhecimento de teoria musical. Quando se conheceram e se apaixonaram, o pedido de namoro veio em forma de canção. “Eu toquei a música garotos para ela antes da gente namorar e um dia ela me disse que gostaria que eu cantasse no dia do nosso casamento”.

Mas para que tudo ficasse ainda perfeito, foi no violino que ele encontrou a maneira de realizar o sonho de Lucimara Calado, de 28 anos. “Eu sou uma pessoa muito emotiva, imaginei que se eu cantasse, não conseguiria conter a emoção neste dia. E por isso decidi fazer uma surpresa tocando violino".

Lucimara se emocionou com a surpresa do marido. (Foto: Imais Fotografia) Lucimara se emocionou com a surpresa do marido. (Foto: Imais Fotografia)

Mesmo com a experiência tocando violão, Sidinei admite que não foi fácil aprender a tocar outro instrumento. "Existe uma diferença, pois o violino é dupla dificuldade. Não tem as marcações no braço do instrumento semelhante ao violão. Também há dificuldade com o uso do arco. Qualquer diferença, o som pode sair desafinado", explica.

Para fazer bonito, ele ensaiou durante um 1 ano escondido de Lucimara. "Não foi fácil esconder dela, ela sempre me perguntava onde eu ia e tinha que inventar desculpas para que não percebesse o que estava acontecendo. Mas apesar da surpresa, eu queria muito que ela participasse de cada momento que eu estava preparando".

Já que tudo tinha de ser em sigilo, para que a noiva entendesse o processo mais tarde, Sidinei comprou um caderno para servir de diário, com os detalhes de cada momento. "Eu queria muito que ela soubesse como foi o ensaio e o que eu estava pensando. Quando eu terminava de tocar, eu escrevia o que havia feito, para que ela possa ler após o casamento e entender o que eu fiz, foi por amor".

O grande dia - Antes de iniciar a celebração, a emoção já tomava conta. "Só de abraçar os convidados, eu já sinto vontade de chorar", disse o noivo. E na hora marcada, a surpresa emocionou todo mundo. 

Ao ver a o marido, Lucimara não conteve as lágrimas. "Eu não imaginava, pra mim foi a relização de um sonho. E tudo que preparamos durante 14 meses, ele conseguiu deixar ainda mais perfeito", comentou a noiva.

Teve até benção do Papa Francisco, vinda direto do Vaticano. Mas desta vez, foi a tia de Lucimara que fez o pedido. "Para nós católicos e praticantes, isso significa muito. É uma lembrança e um sinal de que fomo abençoados para acolher e receber o amor", comemorou Lucimara.

Emocionados, casal lê a benção vinda do Vaticano. (Fotos: Imais Fotografia)Emocionados, casal lê a benção vinda do Vaticano. (Fotos: Imais Fotografia)



imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.