A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

08/04/2013 06:21

O "fast food" criativo nas redes sociais provoca risos, mas também processo

Anny Malagolini
Inundações hoje são tema preferido dos engraçadinhos das redes sociais.Inundações hoje são tema preferido dos engraçadinhos das redes sociais.

É praticamente instantâneo. Alguém levanta a bola e logo aparece um piadista tirando sarro da situação no Facebook, Cria um meme, o viral espalha a brincadeira e pronto. Os engraçadinhos da internet normalmente são do ramo da Comunicação, mas há os criativos sem formação acadêmica.

Veja Mais
Despedida dominou a web na semana em que todo mundo coloriu de verde o coração
Datilografado, pedido de casamento revelou primo apaixonado em 1980

Os casos de dengue aumentaram? Não dá para desperdiçar a crítica e logo surge a piada. Na maioria das vezes, funciona como a velha e boa charge de jornais, mas com fotos no lugar dos desenhos.

O prefeito falou besteira? Alcides Bernal foi à Polícia reclamar do post sobre o risco dele morrer engasgado com um doce e em minutos passa a ser compartilhada a campanha de desarmamento contra a bala de hortelã.

É a criatividade a serviço do sarro, que mira no riso, algumas vezes acerta na crítica social e política, mas também pode errar a mão e ridicularizar pessoas.

Em Campo Grande, algumas páginas são especialistas no assunto: “Passeando em Campo Grande”, e a “CampoGrandeando No Face – MS” , com 9.334, são as mais recentes.

Junior, de 30 anos, não dá o nome completo. Quer manter o anonimato porque fala de política. Criou o “Passeando em Campo Grande” como forma de protesto durante a eleição municipal de 2012.

Sem conhecimento algum sobre programas como Corel Draw e Photoshop, Junior diz que aprendeu tudo sozinho para dar conta do recado.

“Vi algumas coisas absurdas na política e outras que me faziam rir sozinho, como os slogans dos candidatos”, lembra. O protesto virtual deu certo, e hoje tem 7.215 seguidores. “Faço o que acho justo. Outras vezes pela sátira mesmo”.

Atualmente, quem mais sofre é a prefeitura. O grande número de buracos nas ruas da cidade é a maior inspiração para os “memes”, mas a chuva também é uma fonte inesgotável na Capital de papel. É só pegar uma foto de alagamento, misturar com algum personagem ou artista famoso e elaborar a frase de efeito.

Política é tema recorrente.Política é tema recorrente.
Graça depois de caso envolvendo Alcides Bernal.Graça depois de caso envolvendo Alcides Bernal.

Everton Cação, 26 anos, é publicitário. Algumas vezes também inventa um meme. Quando a inspiração chega, faz um trocadilho, pensa em alguma imagem que sirva à intenção e publica.

Mas nem sempre a brincadeira dá certo e imagem acaba na lixeira. “Penso profissionalmente, faço testes do que pode ou não dar certo. Ofensa, por exemplo, não é legal”.

“CampoGrandeando No Face – MS” é a página assinada pelo gerente de supermercado Luciano Santos, de 30 anos.

A função com carteira assinada faz contraste com as horas vagas, quando Luciano vira humorista. Ele faz questão de dizer que não tem nenhuma tendência partidária, apesar de abordar muitas questões políticas.

Na página, 70% do material postado são criados por ele, mas também há alguns compartilhamentos. Luciano tem formação em design gráfico, por isso a facilidade. “Por dia são criados 7 ou 8 posts”, conta. A maior surpresa é sempre a repercussão,

Depois das criações satirizando o “inferno” vivido em Campo Grande em dias de chuva, a última postagem que rendeu comentários foi sobre o preço do quilo do tomate. Por causa da página, Luciano passou a ter uma dedicação à notícia. “Eu lia pouco, agora estou sempre procurando informação”, diz.

Em São Paulo o meme “Daniel do Outback” foi um dos mais comentados nas redes sociais este ano. Indignado, um rapaz que rodou 45 quilômetros para jantar com a noiva no restaurante, mas acabou barrado ao chegar 2 minutos após o fechamento, postou uma reclamação chorosa no Facebook e aguçou os criativos de plantão. Até a concorrência passou a usar o caso para publicidade.

Depois de se assustar com a repercussão, Daniel desencanou e passou a dar entrevistas sobre o assunto e risadas sobre a história. Mas por aqui, esse tipo de brincadeira dá é dor de cabeça e reclamação na Justiça.

O próprio Lado B já foi vítima das gracinhas, quando foto de uma entrevistada passou a ser reproduzida com algumas ofensas no Facebook pelo teor da entrevista, em reportagem sobre homosexualidade. Pior, a garota não foi alvo de apenas uma pessoa, foi humilhada por diversas, com frases diferentes, só por assumir publicamente a dificuldade de arrumar um namorado. A menina odiou a gracinha e o caso rendeu processo.

Um dos autores do meme, que não terá o nome divulgado, entendeu que havia pesado a mão e retirou o post, mas vários outros continuaram ativos. O responsável diz que pensou no caso do Outback e nunca imaginou que a jovem de Campo Grande levaria o post tão a sério.

Para quem ainda não sabe, os memes existem desde 1976. É um termo criado por Richard Dawkins no bestseller "O Gene Egoísta". Significa unidade de informação que se multiplica de cérebro em cérebro ou entre locais onde a informação é armazenada, antes em livros, agora no Facebook onde representa ideia que se espalha via Internet.

Enquanto isso, em Campo Grande...Outro meme sobre a cidadeEnquanto isso, em Campo Grande...Outro meme sobre a cidade



EU AXO GOSTO DO PASSEANDO EM CAMPO GRANDE.... OS POLITICOS ESTAO PUTOS PQ ESTAO FALANDO A VERDADE.. E MOSTRANDO PARA A POPULAÇÃO COMO ESTÁ A NOSSA CIDADE.. TA UM LIXO MSMO.. MTO DESCASO COM AS PESSOAS.... EU APROVO SIM ESSAS PIADINHAS E ME DIVIRTO MTO.. HAHA
 
Monalisa Emilio em 11/04/2013 09:18:51
EU ACHO O PASSEANDO EM CAMPO GRANDE O MAXIMO...
TEMOS QUE RIR DA CARA DESSES SEM VERGONHAS QUE AUMENTAM O SALARIO DELES E ESQUECE DOS PROFESSORES E DE TODOS OS OUTROS FUNCIONARIOS PUBLICOS! CAMPO GRANDE TA SO BURACO CADA PANELA NO ASFALTO QUE CABE UM CARRO DENTRO... SE ESSA CAMBADA ACHOU RUIM QU ELES SE DANEM ADORAMOS TIRAR UM SARRINHO MESMO... EU APAIO O PASSEANDO EM CAMPO GRANDE.. RSRSRSR
 
elaine christina de queiroz cardoso em 08/04/2013 16:04:03
PARABENS
TEM QUE TER MUITO SENSO DE HUMOR MESMO
PQ TEM COISA QUE NAO DA
NAO PODEMOS FALTAR COM O RESPEITO AS PESSOAS.
MAS QUE A CIDADE TA ABANDONADA,
EU MORO EM BURACO CITY(campo grande).

A PREFEITURA VAI INDENIZAR TODAS AS RODAS DEZALINHADAS, E CAMBAGENS QUE TEM QUE FAZER NOS CARROS.

A PREFEITURA TA DE BRINCADEIRA, POR ISSO VAMOS RIR
 
julio junior em 08/04/2013 09:55:52
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.