A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

09/11/2012 18:53

Placa e macaco em árvore são mistério no bairro Amambaí

Elverson Cardozo
Placa e macaco mecânico foram colocados em uma árvore, em frente a uma casa abandonada. (Foto: Minamar Junior)Placa e macaco mecânico foram colocados em uma árvore, em frente a uma casa abandonada. (Foto: Minamar Junior)
Macaco foi pendurado no alto da árvore, preso a uma corrente. (Foto: Minamar Junior)Macaco foi pendurado no alto da árvore, preso a uma corrente. (Foto: Minamar Junior)

Foi preciso apenas uma placa e alguns dizeres com a palavra macaco para deixar os moradores do bairro Amambaí intrigados. Há pelo menos 3 semanas, quem passa pela rua Visconde de Taunay, sempre para ao ver uma árvore.

Veja Mais
Casal queria poetizar início, mas soube rimar como ninguém o "fim" do amor
Monogâmico ou não, gays e lésbicas querem o direito de viver a afetividade

Fixada a ela, uma placa exibe o seguinte pedido: “Não alimente o macaco”. Acima, no alto de um galho, preso a uma fina corrente, um macaco mecânico, vermelho, deixa o cenário ainda mais surreal. Virou mistério.

Ninguém, na maior parte da rua, entre a 26 de Agosto e a avenida Afonso Pena, sabe dizer o porquê, o que significa, muito menos quem aprontou a tal “intervenção”. Se é protesto, qual o motivo? Se não é, o que provocou?

José Bernardo, de 70 anos, foi um dos que parou para avaliar a situação, mas não encontrou qualquer explicação plausível e voltou a caminhar. “Não faço nem idéia”, disse o vigilante.

Proprietário de uma empresa de assistência técnica localizada na mesma rua, Barnabé Gomes Ribeiro, de 41 anos, já desistiu. Achou engraçado, mas nem imagina o que a ferramenta e a placa juntas significam. “Para mim tinha um macaco ali”, afirmou, ao comentar que não viu ninguém colocar a placa ali.

José Bernardo parou para avaliar o cenário, mas saiu sem conseguir qualquer explicação. (Foto: Minamar Junior)José Bernardo parou para avaliar o cenário, mas saiu sem conseguir qualquer explicação. (Foto: Minamar Junior)

A auxiliar de costura Celina Moreira Marinho, de 45 anos, é outra intrigada com o mistério. “Sou louca para descobrir”, revelou. Na confecção onde trabalha, nenhuma das amigas encontrou explicação para o caso. “Só sei que aparece um monte de gente aqui e vem ler isso”.

Atendente em uma creche, Ana Paula de Lima Leite, de 28 anos, chegou a pensar que algum vizinho criava macacos, mas nunca nenhum animal da espécie foi visto por aquelas redondezas.

“Estava pensando que tinha algum bicho ali pendurado, que ficava dentro de uma casa e alguém jogava comida”.

De todas as pessoas entrevistadas para esta reportagem, apenas uma opinou com segurança. Foi irmã Liliana Dal Santo, freira responsável pelo Cedami (Centro de Apoio ao Migrante).

Preconceito ? – Para ela, o macaco e a placa com a advertência supõem uma explicação lógica, mas não há certeza até que autor revele sua real intenção. O Cedami, lembra a freira, oferece todas as tardes alimentação a moradores de rua. De 50 a 100 pessoas recebem o "sopão" de segunda à sexta-feira.

O problema é que muitos dos frequentadores acabam dormindo ou descansando na calçada dos vizinhos, onde há sombras. A sujeira deixada por eles, de um dia para o outro, é o que mais incomoda e já gerou reclamações de moradores.

Para irmã Liliana, advertência tem uma explicação que parece lógica. (Foto: Minamar Junior)Para irmã Liliana, advertência tem uma explicação que parece lógica. (Foto: Minamar Junior)
“Será que estão chamando a gente de macaco?“Será que estão chamando a gente de macaco?

“Pensamos que como aqui muitas vezes fica morador de rua, bêbado e drogado, os vizinhos se molestaram e colocaram isso”, comentou. “Penso que eles estão cansados dessa sujeira ou com relação a nossa obra”, acrescentou.

Mas até agora, diz, ninguém foi reclamar diretamente. Se o motivo realmente for esse, fica a interrogação de irmã Liliana: “E os pobres? Onde serão atendidos?”

Há 10 dias em Campo Grande, Marcelo Targino Acosta, de 40 anos, não tem onde morar. Em busca de alimentação ele vai todos os dias à tarde ao Cedami.

Hoje, a caminho da instituição, parou em frente à árvore, leu a placa, olhou para cima, para a ferramenta, e questionou: “Será que estão chamando a gente de macaco porque somos moradores de rua”?

Será?




Rs,rs,rs...esse cara é o máximo, seu senso de humor é ótimo.
Mas, podemos fazer uma outra leitura dessa brincadeira. Mediante a devastação da nossas riquezas naturais, que são a Fauna e Flora, talvez nosso colega inteligente e bem humorado esteje chamando atenção para a preservação do meio ambiente, que em breve o único macaco que iremos ouvir falar, será nesse tipo de macaco.
VAMOS PRESERVAR nosso meio ambiente.
 
Neyde de Oliveira em 10/11/2012 11:49:54
Mas como o ser humano e besta mesmo né? Gente isso não tem nada a ver com preconceito, quem pensa assim que acaba sendo preconceituoso. Isso significa apenas uma brincadeira, algum dia já aconteceu de furar um pneu no veiculo em que vc estava, não escutou alguém dizer que iria pegar o macaco no porta malas e trocar o pneu? então não tem nada a ver com pedintes, mendigos ou negros parem com isso. Alertar autoridades aff como podem não ter o que fazer mesmo né? Lá em porto murtinho tem a mesma brincadeira na borracharia e todos os turistas tiram fotos para levar a ideia embora. Pelo amor de Deus usem a cabeça gente é por isso que quase sempre são vitimas de golpes na cidade pois acreditam em tudo.
 
Eduardo Abadia em 10/11/2012 11:27:03
Daqui a pouco vai virar caso de policia. kkkkkkkk affi!!!
 
Vanderson Roger Fávaro em 10/11/2012 11:15:13
Senso de humor galera!!!
Falta isso a população e a humanidade ...
Pelo amor
Vi uma engracada numa rua perto de onde trabalho
" cuidado com o dono do cachorro"
So faltam dizer q o cara agora e assassino, bandido, ta querendo morder alguem!!!
 
Ivo Prado em 10/11/2012 11:03:24
Ví esta placa em algumas vezes que passei por ali e achei de uma tremenda indelicadeza. Naquela quadra existem muitos pedintes e acho que a placa foi "na minha opinião" direcionada as pessoas que doam comida a estes pedintes.
 
MARCO COSTA em 10/11/2012 10:47:26
GENTE NO BALNEÁRIO DO JOEL LÁ EM CACHOEIRÃO TEM A MESMA PLACA E NA ARVORE TEM UM MACACO HIDRAULICO TAMBEM,ALGUÉM SÓ COPIOU A BRINCADEIRA.
 
ana falcao em 10/11/2012 10:18:07
passo todos os dias nessa rua e me deparo com essa placa"para que não alimente os macacos"como passo rápido de carro, não tinha prestado atençaõ no detalhe do macaco mecânico fixado a árvore...desde o primeiro instante já imaginava que a indireta seria para os moradores de rua ....o que eles fazem é uma caridade, de comida a quem tem fome....
 
auri nogueira em 10/11/2012 08:42:54
Isso e uma piada antiga...nada de mais!!!!
 
luis rodrigues em 10/11/2012 08:42:21
há muitos anos, numa chacara de um amigo meu ja tinha essa mesma brincadeira...não tem nada a ver com moradores de rua e nem tem mistério algum...é só um trocadilho para que não alimentem o 'macaco' hidráulico...como é que as pessoas estão chamando isso de 'misterio' se esta na cara a intenção de brincar com o objeto que tem o mesmo nome do primata????
 
regina muller em 10/11/2012 08:37:29
Meu Deus!!! as pessoas enchergam maldade em tudo mesmo!! quem não conhece essa piadinha do macaco gente?!?! o povo leva a vida muito a sério!!
 
Ailton Bastiani em 10/11/2012 08:13:03
Essa brincadeira e comum em Santa Catarina, nao tem nenhuma motivaçao para discriminaçao.
E so visitar o litoral de Santa Catarina, que a brincadeira esta em praças, bares, restaurantes, etc...
E a criatividade do brasileiro que sempre esta procurando alternativas para uma vida melhor.
 
Jose Roberto Bergamo em 10/11/2012 08:02:47
Bem capaz que o ministério público vai fazer investigações sobre uma placa que promove o preconceito contra moradores de rua ainda mais tentando localizar o autor pelas digitais... Agora se fosse uma "agressão" contra políticos ou pessoas da alta sociedade, a placa já teria desaparecido há muito tempo e se brincar o autor já estaria preso ou respondendo um processo
 
Helen Rangel em 10/11/2012 07:53:23
...Isso é código de bandidagem,traficantes que tomaram conta de tudo! Precisamos de SEGURANÇA!!!
 
Marcia Maria da Fonseca. em 10/11/2012 03:31:43
Ninguém cogitou intervenção artística?!?! O_O Arte Moderna? Arte de rua?
 
Juliana Silva em 10/11/2012 01:43:50
Sem lógica, isso é só pega curioso!!!!
 
Marcelo Abreu em 09/11/2012 23:41:53
Aqui em Miranda tem uma placa assim mesmo com um macaco na arvore mais o rapaz colocou só de sacanagem para ficar vendo o pessoal curioso inclusive eu olhei kkkkkkkkkkkkkkk..........
 
José Carlos Silva De Almeida em 09/11/2012 22:32:47
Existe uma placa igual em Ubatuba-SP, mero humor, pra entreter, por se tratar de um macaco da mata atlântica, torna-se irônico por ser uma macaco mecânico...
 
Diego Soares em 09/11/2012 22:14:13
SErá que só eu acho que é uma brincadeira de uma pessoa bem divertida? Parem de procurar cabelo em ovo, é só uma piada... Sorriam.. Não há nada de preconceito, nem ofensa, nada... A vida é bela e divertida, creiam.. Tomara que mais pessoas em nossa cidade façam brincadeiras INOFENSIVAS como esta. :)
 
Janaina Cabral em 09/11/2012 21:29:20
Isso chama-se SENSO DE HUMOR.
Acho que ninguém aqui sabe o que é isso, né?
Pelo amor de Deus...
 
Jose Alves em 09/11/2012 21:15:58
Na minha opinião é apenas uma brincadeira. Não sei por que as pessoas se incomodam tanto em serem chamadas de macaco. Na minha infancia chamavam assim as pessoas com alegria e trejeitos mímicos, ou de teatro, ninguem achava que era preconceito. Atualmente tudo é considerado preconceituoso, racista, etc.
Incomodados deveriam sentir-se os macacos de serem comparados à certas pessoas....
 
ester medina em 09/11/2012 20:36:45
POIS É, NAO SOMENTE NESSA RUA QUE TEM, AQUI NA VILA JACY TAMBEM TEM UMA PLACA E EU SEMPRE PARO POIS NAO É PREFERENCIAL PARA MIM, MAS FICO INTRIGADA, PQ OLHO FIXAMENTE E NAO VEJO NADA DE ANORMAL, MAS NUNCA CONSEGUI ENTENDER, JA DEU VONTADE DE PARAR E PERGUNTAR, MAS ....
 
KELLY C MONFORT em 09/11/2012 19:43:09
Vi esta placa na semana passada, fiquei intrigada assim como todos que passam. Cheguei a comentar com meu esposo, será que existe um macaco nesta árvore??? Qual será o mistério do macaco??
 
Silvana Maciel em 09/11/2012 19:08:11
O que a imprensa deveria fazer é não promover o palhaço ! e o ministério público investigar se estão chamando os moradores de rua. Dve ter a impressão digital.
 
Vander Doratyotro em 09/11/2012 19:01:50
Esta placa é plagio existe uma a muitos anos..na frente da casa do Tadeu rua Min.José linhares.ele é dono da placa real.rsrs
 
Sergio Lima em 09/11/2012 18:57:26
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.