A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

28/04/2014 07:00

Placa em pé de abacates deixa quem passa curioso no bairro Taveirópolis

Elverson Cardozo
Aviso está na árvore há 2 anos. (Foto: Pedro Peralta)Aviso está na árvore há 2 anos. (Foto: Pedro Peralta)

Marcelo Henrique Lemos, de 45 anos, morador do bairro Taveirópolis, já perdeu as contas de quantas vezes ligou para a Prefeitura. O pedido é sempre o mesmo: cortar um pé de abacates que fica em frente a casa dele, no cruzamento da Avenida Albert Sabin com a rua Nossa Senhora da Abadia.

Veja Mais
Datilografado, pedido de casamento revelou primo apaixonado em 1980
Super-heroi, Pedro precisa de ajuda para continuar salvando a alegria da família

A árvore que, pelas contas do transportador, está ali há mais de 10 anos “apodreceu”, garante, e pode cair a qualquer momento. O abacateiro está na calçada, do lado de fora, por isso só pode ser cortado com autorização do Município.

Como a Prefeitura não dá solução para o caso, Marcelo, orientado por amigos e até por desconhecidos, resolveu se prevenir e acabou criando curiosidade pelo bairro.

Colocou uma plaquinha no tronco do abacateiro. O aviso, com letras vermelhas, diz o seguinte: “Cuidado. Árvore caindo”.

Quem passa, não entende de cara o motivo do alerta, que fica ao lado de um salão de beleza, mas ele explica:“Me informaram que, se ela cair em cima de algum carro eu que tenho que pagar o conserto."

Se alguém, por acaso, tiver prejuízo, não terá argumentos, sustenta o "dono da árvore". “Aí vai caçar encrenca comigo”, diz, ao criticar a postura da Prefeitura que, nas palavras dele, “não está nem aí”, para esse tipo de situação.

Mas os motoristas também parecem não ligar muito para a advertência. Todos os dias alguém estaciona, sem o menor medo. "O povo estaciona mesmo assim, não lê", comenta.

Prova de que a ineficiência do poder público parece regra, é o tempo em que a placa está no local: dois anos. Por sorte, até hoje, o abacateiro, que está oco por dentro, não despencou. “E olha que já teve até vendaval”, conta Marcelo.

 

Árvore fica no cruzamento da Avenida Albert Sabin com a rua Nossa Senhora da Abadia, na calçada, cercada por uma mureta. (Foto: Elverson Cardozo)Árvore fica no cruzamento da Avenida Albert Sabin com a rua Nossa Senhora da Abadia, na calçada, cercada por uma mureta. (Foto: Elverson Cardozo)



Se fosse na minha casa, eu teria cortado a muito tempo. Isto é um perigo!!!
 
Mirtes Lourenço Camilo em 28/04/2014 11:15:31
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.