A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

10/12/2013 06:27

Procurado pelo filho, homem aparece dizendo que achou felicidade ao lado de ETs

Paula Maciulevicius
Arte imita a vida ou a vida imita a arte. Rogélio deixou casa, família e uma vida em busca da felicidade. (Fotos: Cleber Gellio)Arte imita a vida ou a vida imita a arte. Rogélio deixou casa, família e uma vida em busca da felicidade. (Fotos: Cleber Gellio)

Ele diz que viveu 53 anos procurando a felicidade e em nome dessa busca deixou um apartamento na praia para viver entre Campo Grande e Corguinho, num contato mais próximo com seres de outra dimensão. Rogélio Custódio Teixeira, de 61 anos, não dava notícias à família há mais de um ano, desde que saiu de Santos trilhando o caminho para ser feliz, perto de extraterrestres. Mais um dos capítulos de um enredo onde a arte imita a vida, ou ao contrário.

Veja Mais
Caligrafia da escola rendeu à Marystella a profissão de designer de lousas a giz
Luis ganhou o título de presidente e hoje é dono da própria cadeira no bar

Aposentado, morando de frente para a praia, desfrutando os benefícios de anos de trabalho. Casou, teve filho e família. Nem assim, ele encontrou o que lhe faltou a vida inteira. “Eu era uma pessoa infeliz, as pessoas gostam de comprar casa, carro, e eu não achava a felicidade”.

O primeiro contato com as outras dimensões foi em 2005. Ali também foi a primeira vez que diz ter sentido a felicidade. “Não é nenhum lugar maravilhoso, mas quando eu fui embora de lá, me vi chorando, por ter descoberto, que pela primeira vez eu fui feliz na minha vida”, descreve sobre a viagem que fez à fazenda Boa Sorte, do projeto Portal, quando sentiu que aquilo era a “sua vida”. E só de relembrar, as lágrimas voltam aos olhos.

O Lado B chegou até Rogélio por intermédio da família, que enviou uma mensagem pedindo ajuda. Eles só sabiam que ele havia se mudado para Campo Grande por causa do projeto. Com o nome completo, chegamos ao endereço. A preocupação dos parentes era de que ele tivesse adoecido. Ninguém mais soube notícias desde abril do ano passado, quando pela última vez, ele contou os planos da mudança de cidade. Neste meio tempo, a mãe morreu e um neto nasceu. Tudo isso sem a alegria de Rogélio por perto.

Ao ver a equipe, ele já sabia do que se tratava, disse já ter perdoado o filho, que respondeu a um e-mail recebido e que queria conhecer o neto. É que três anos depois do convite para o que viria a abrir às portas do mundo extraterrestre, uma palestra sobre o assunto, Rogélio deixou de falar com o filho.

No peito, os símbolos que carrega do projeto.No peito, os símbolos que carrega do projeto.

Na primeira visita a Corguinho, ele se achou e também pensou que a descoberta serviria para o filho. “Queria levar ele para um contato, só que geralmente quando chega esse momento, é uma responsabilidade muito grande. Meu filho não foi e até hoje nunca mais conversamos. Aí em 2011 eu comprei e depois vim embora para cá”.

Ao contar a própria história ele não se abate. O discurso é de alguém que acredita no que fala. Ele não toca mais no assunto familiar. Prefere dizer do compromisso firmado em salvar 15 milhões de pessoas, parte do que prega o projeto.

No primeiro contato, as pessoas vão por curiosidade, conta Rogélio. “As coisas vão te atropelando, saí de um apartamento frente para o mar para vir morar nesse fim de mundo, mas a única coisa que eu não posso perder é essa felicidade que eu encontrei aqui”, justifica.

Aos poucos, ele diz que se vai acostumando com a ideia de que os ETs não são espíritos e nem assombrações. “É simplesmente físico, palpável”. A casa, ele mantém em Campo Grande, alternando com dias de programação de acontecimentos na fazenda. A vida aqui é normal. Casa, carro, comida e televisão, de quem hoje cessou a busca por si próprio.

A família já recebeu notícias, talvez não do modo como gostariam, de ouvi-lo ou vê-lo. O discurso dele deixa claro que Rogélio encontrou o que buscou a vida toda e que ninguém vai tirar. “Só me tornei feliz assim. Tu passa uma vida achando que é emprego, casa, trabalho, carro e de repente, descobri, está aqui. Isso nunca passou pela minha cabeça, mas essa felicidade, não sai mais”.




Rogério, cabe aqui lembrar o que um pensador disse: "UMA VERDADE" tem tres momentos: 1º Ela é ridicularizada; 2º ela é regeitada, e, 3º ela é aceita por si só."
O " momento" chegará para "todos", resta saber como vão enfrentar essa Verdade.
Aí, meu Fotógrafo preferido, nós é que diremos: FORÇA E CORAGEM"...
Marlene Tejada
 
Marlene Tejada em 12/12/2013 00:37:34
nota-se , nitidamente que o cara tem sofre de um transtorno.. com certeza esta "felicidade" ele encontraria até dentro de uma lata de lixo.
 
maria dos anjos em 11/12/2013 16:13:41
seitas seitas,
sempre as seitas desgregando familias!!!!!
 
fernando pontes em 11/12/2013 16:05:58
Deixem o homem ser feliz, se ele diz ter encontrado a felicidade...
 
Hyngrid Morel em 11/12/2013 10:50:34
eu acredito em vc, e logo irei a boa sorte, somos seres dimensionais
 
levon rodrigues em 11/12/2013 10:26:45
SEI DO QUE FALAS ROGÉLIO
FELICIDADES
ABÇS
MALU
 
MARIA LUCIA DE SOUZA em 11/12/2013 09:38:51
Estamos vivendo um grande momento de transição onde os paradigmas devem ser quebrados para deixar florescer novas fontes da verdade e não nos acomodarmos com a cultura e domínio de nossas mentes. Admiro a coragem do Sr. Rogério e apoio sua posição. Somente não acho que devamos nos distanciar da família, não fisicamente e sim emocionalmente. O passo de rencontro familiar foi dado, o resto se dará com a aproximação e ajustamento de ambas as partes com o devido respeito á individualidade de cada um.
 
Angelo Montalli em 10/12/2013 18:44:17
Conheci e convivi com o Rogério.
Mesmo achando que suas decisões foram um "tanto radicais" tenho plena consciência que tem todo o direito de tomá-las.
O que dizem os comentários é cômico se não fosse trágico na medida que demonstra com clareza o quanto as pessoas estão presas a condicionamentos que nem percebem.
O "velho e sábio" Tempo irá mostrar a verdade...
Até lá aguardo em serena expectativa...
VIBRAÇÃO Rogério e um grande abraço.
 
Carlos Roberto em 10/12/2013 18:38:21
Essa matéria e esses comentários me lembram de uma música
Balada do Louco http://www.youtube.com/watch?v=bgsJtfE8DmY
 
Luis Fontes em 10/12/2013 17:27:56
Como se existisse somente um lugar no mundo melhor que outros, como se anjos e seres de luz verdadeiro estivessem só em um lugar que ainda é preciso pagar para encontrar a felicidade - já fui deste lugar é uma grande lavagem cerebral quando você sai da la ve que estava preso achando que tinha achado a liberdade!
 
nelson kutikari em 10/12/2013 17:10:26
Só tem especialista em felicidade aqui hein. A vida é do cara ele faz o que quiser e se ele é feliz com os ETS, que seja feliz, o problema é que ninguém aceita quem pensa diferente.

 
Cyro Escobar em 10/12/2013 15:02:04
Como se ir atrás de "JESUS" não fosse tão maluquice quanto.
 
Reinaldo Fernandes em 10/12/2013 14:59:51
A felicidade completa é Deus. Para encontrar a felicidade completa, temos que buscar a Deus. Só quem pode levar a Deus, é seu filho Jesus. Temos que pedir que Jesus nos salve, para irmos até Deus.
 
germ ajunior em 10/12/2013 12:52:50
Acho que antes dos julgamentos e das rotulações, as pessoas deveriam perguntar a si mesmas se teriam a coragem de sair em busca da paz que o coração deseja, se seriam bravas o suficiente para preencher o vazio que muitos têm dentro de si.

Ninguém sabe como era o convívio famíliar do personagem da matéria, mas todos ficam "profetizando" sobre a velhice dele, falando sobre casos que terminaram em tragédia - e que na verdade estão relacionados à religiões e fanatismo religioso.

Cada um é que sabe o que é necessário para alcançar a felicidade, e é igualmente responsável por seus atos e as consequências deles. Se todos tivessem consciência disso, muitas coisas seriam diferentes, a vida de cada um, inclusive.
 
Mériele Oliveira em 10/12/2013 12:38:11
Neste mundo de ilusão, não há felicidade; abre já teu coração a Cristo eterna verdade...
Queres felicidade? Crê no Senhor Jesus; que por ti desceu dos céus;
Crê no Cordeiro de Deus.
Só quando vc sentir a presença de Deus e a Sua visitação, será feliz!!!
 
Angélica Nunes em 10/12/2013 12:08:31
O vazio que existe dentro de alguns seres humanos tem o tamanho exato de Deus. Em outros termos: quando Deus entra na vida das pessoas Ele preenche a existência. O que não tinha sentido passa a ter. As coisas simples passam a dar prazer, afinal é na simplicidade da vida que encontramos paz, alegria e a tal felicidade. Família e trabalho são boas fontes...
 
Adilson Costa em 10/12/2013 12:04:31
As pessoas tem memória curta. Lembra-se Jim Jones, David Koresh, Marshall Applewhite. Começa assim "busca da felicidade". E no fim acontecem as tragédias.
Nada que afaste as pessoas do convívio social e familiar pode ser algo de bom.
 
Higor Almeida em 10/12/2013 11:48:37
O "ET Bilú" começou a fazer história.
 
Valter Oliveira em 10/12/2013 11:24:00
Felicidade é definitivamente algo subjetivo mesmo... não falava com o filho, não se importou com a morte da mãe, se desligou totalmente da familia e ainda se diz feliz... bom, cada um na sua, quem somos nós pra julgar... valores pessoais e morais são únicos em cada individuo... boa sorte e que sua felicidade continue naquilo q vc realmente se importa.
 
ROGER LOPES em 10/12/2013 11:23:19
A vida é isso mesmo, risco, ousadia, ir além! Não existe felicidade 100%, o que existe são momentos felizes que nos tornam plenos, se o colega Rogério se encontrou desta forma, que Deus o abençoe, ao menos ele se encontrou, pois o que mais tem neste mundo hoje em dia, são pessoas perdidas, sem rumo, sem direção, soltos no universo, isso sim é triste. E com relação aos contato com outros seres, seria mediocridade demais acharmos que num universo desta dimensão, só teria vida no planeta Terra. Vamo abrir a mente pessoas! enquanto há tempo, as chances estão sendo lançadas, mas vai de cada um acata-las ou desperdiça-las.
 
Fabiana Rocha em 10/12/2013 11:15:35
É o mundo que vivemos, ha muitas perguntas sem resposta, e Deus existe? como ele é? quem criou Deus??? Baseado no que? pra que? o que acontece pós morte... mistérios... você já se perguntou qual o motivo da sua existência?
 
Cesar Dos Anjos em 10/12/2013 11:14:12
Agora que ele ainda está saudável, andando, podendo se virar sozinho... Prefere ficar longe da família, em companhia dos Et's... Quero ver quando estiver debilitado, sem poder se virar sozinho, daí certamente irá precisar família, pois sem ela não somos ninguém.
 
Andréia Silva em 10/12/2013 11:09:38
Segundo o cantor Odair José " A felicidade não existe"
"O que existe na vida são momentos felizes".
Espero que o Sr. Rogélio continue vivendo "seus momentos felizes",
neste paraiso que se chama Mato Grosso do Sul.
 
VALDIR VILLA NOVA em 10/12/2013 10:59:10
Eu já vi, e também acredito, mas ainda não tive a coragem que vc teve.
 
pedro gomes em 10/12/2013 09:38:30
Quixotesco?! Louco? Sábio? Fiquei intrigado! As peripécias humanas são realmente surpreendentes, tanto para admiração quanto desaprovação. Penso que nesse caso não se trata de ética ou moral. Trata-se de alguém em busca da desejada FELICIDADE. A pitada de loucura, a meu ver, está em relacionar essa tal felicidade a "outra dimensão", ou ainda ET's (Risos). Isso geralmente acontece quando falta um nome mais apropriado. Mas se o cara está bem e, segundo ele mesmo diz, feliz, está valendo (ele pode ser mais sábio que muitos de nós). Sinto muito pela família!
 
Evandro Miranda em 10/12/2013 09:25:15
Transtorno afetivo. Conflitos entre o ser e o existir. Existir temporariamente na condição de homem, mas ser um espírito eterno, na busca inevitável da evolução pelo estudo, trabalho e amor ao próximo. É a reforma íntima, entre a libertação dos valores materiais, para o despertar dos valores morais, intelectuais e espirituais. Prepare-se. Tua hora vai chegar..............
 
CARLOS FERNANDO em 10/12/2013 08:42:19
Só posso dizer que tudo isso é no minimo inusitado, mas boa sorte para nosso amigo.
 
Grazi Lima em 10/12/2013 07:36:53
Ele está enganado aqui não é o fim do mundo, e sim o início do mundo. Por isso nos do mato grosso do sul somos tão receptivos.
 
jose carlos em 10/12/2013 07:06:53
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.