A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

03/09/2013 06:08

Vida sacrificada já fez dona Nalzira mudar de nome duas vezes

Ângela Kempfer
O azul da cortina é o contraste com a vida dura de 73 anos. (Fotos: Cleber Gellio)O azul da cortina é o contraste com a vida dura de 73 anos. (Fotos: Cleber Gellio)

De Universina, ela mudou de nome duas vezes até se chamar Nalzira. O que não falta para a senhora de 73 anos é detalhes nessa história que começou no “meio do mato”, em Rio Brilhante, conta a mulher que também coleciona pais. São 3 ao longo da vida e nenhum ao mesmo tempo.

Veja Mais
Despedida dominou a web na semana em que todo mundo coloriu de verde o coração
Datilografado, pedido de casamento revelou primo apaixonado em 1980

Cada vez que ela mudava de casa, um novo “batismo” acontecia. Não, nunca houve o sacramento católico propriamente dito, apenas a mudança de acordo com a vontade que quem estava no controle. 

A mãe abandonou Universina muito pequena, para viver com o novo marido. “Me deixou no mato sozinha. Daí, um dia, meu tio foi caçar e me encontrou”, detalha sobre o que parece inacreditável.

“Eu era só pele e osso. Meu tio me cuidou, mas também era muito pobre. Eu comia arroz puro, no mesmo prato da minha prima Clotilde. Mas como eu era muito lerda, ela comia tudo antes de mim”, lembra.

Meses depois, acabou adotada por uma família turca, e de Universina passou a se chamar Nazira - Pessoa distinta na origem grega.

“Até no barbeiro tiveram de me levar para tirar os bichos da cabeça. Depois, fui morar na cidade, ali na rua 14 de Julho, perto da estação ferroviária”, diz a senhora que lembra de todos os nomes, endereços e passagens de uma vida complicada.

Dona Nalzira em casa, no bairro Parati.Dona Nalzira em casa, no bairro Parati.

Na casa da nova família, passou a fazer todo trabalho doméstico. Diz que até chegou a frequentar a escola. “Apanhava muito na cabeça, mas nunca aprendi nada. Só revolta”, reclama.

Cresceu servido, lavando, passando e depois cuidando dos filhos da irmã postiça. “Quando me perguntam quem são meus pais, digo que sou filha do vento. Nunca tive um de verdade.”

Aos 16 anos resolveu dar um basta se casando com um sapateiro. Surgiu então o 3º nome, desta vez o oficial, o primeiro documentado em cartório. Desde então, ela se chama Nalzira.

“O homem do cartório errou, colocou um ‘L’ no meio. Pode parecer pouco, mas faz uma diferença danada na hora das pessoas falarem”, comenta.

O que não mudou foi o sacrifício. E o passado voltou a se repetir. Entre idas e vindas com o marido, teve 8 filhos. Um deles, “motivo da maior dor”, segundo ela, acabou entregue à madrinha porque nasceu de 7 meses. “Dei para ela cuidar porque eu não tinha condições, mas ela não quis mais me devolver”, justifica.

Dos 8, ficaram 7, mas um morreu em acidente de moto. “Perdi o Silvio, ele era lindo”.

Dura na relação com filhos e netos, Nalzira tenta uma explicação para a forma como “criou” a família. “Só queria que nenhum deles passasse perto do que eu passei”, diz, pedindo perdão aos filhos Andreza, Dione, Wilson, Betânia, Mara, Eder e Edilson.

“Tem horas que eu fico triste, as pessoas dizem que eu sou carente. Devo ser mesmo. Mas daí eu penso, nunca tive nada de bom para dar para eles, mas também nunca foi numa cadeia ver um filho. Não tenho porque ser triste. Não dá mais para reclamar do que passou”, ensina.




Parabéns dona Nalzira pela vida difícil que a senhora passou. Meu pai sabe tudo oque a senhora passou na sua vida criando seus filhos com dignidade e respeito ao próximo, a senhora foi e será sempre uma mãe guerreira. sou filha do Tião (seu grande admirador)
 
Giselli Esquer De Oliveira em 04/09/2013 20:54:49
Uma lição de vida ,poderia escrever uma biografia de auto ajuda pois mesmo na sua humildade demonstra o valor e a dignidade ,confesso que como a Sandra Freitas eu queria mais emocionante como em poucas palavras conseguiu demonstrar, que a estrutura de uma família não esta em uma polpuda conta bancária
 
Eleni Nogueira em 03/09/2013 21:15:11
Esta é sem dúvida nenhuma um exemplo de dignidade e coragem para lutar pela vida,
um exemplo de que quando se tem caráter também se pode contar com o melhor Pai do mundo que é DEUS!!
Esta é uma história da vida real!!
Parabéns dona Nalzira, parabéns Campo Grande News !!!
 
Egidio vieira em 03/09/2013 20:00:26
Mãe te amo muito, obrigada por tudo.
 
Betania Benites Barbosa. em 03/09/2013 19:52:54
Nalzira (Mãe) Por alguma razão do destino, fomos separados, mas Deus na sua infinita sabedoria sabe o que é melhor para nós, não guarde essa dor no seu coração, pois eu seu filho Éder tenho um grande orgulho da senhora, da sua luta em criar todos os filhos, tornando todos em pessoas de bem e bem criados na presença de Deus. Tenha em seu coração a certeza de que mesmo não estando sempre ao seu lado, eu a amo da mesma forma como se estivesse aí. Beijos seu filho Eder da sua nora Elena e da sua neta Amanda.....
 
Eder Pereira da Silva em 03/09/2013 19:27:22
Nalzira (mãe) por alguma motivo do destino tivemos que nos separar, mas é Deus quem sabe, saiba que nunca guardei magoas suas, e tenha sempre o meu perdão, pois talvez este ato tenha salvo minha vida. Tenho um grande amor por você.. Seu filho Eder.
 
Eder Pereira da Silva em 03/09/2013 18:21:13
Sou neta da Senhora Nalzira e tenho muito orgulho de tê-la como minha avó e só tenho a de agradecer , obrigada vó .E isso ai família Benites representando e muito obrigado á todos pelo os comentários !
 
Fernanda Benites em 03/09/2013 17:34:29
Concordo com Sandra Freitas, parece que a história não foi concluída.
 
Cibely Paes em 03/09/2013 15:35:15
Parabéns, Dna. Nalzira, a Sra. é um claro exemplo de dignidade e que dá uma verdadeira aula pra todos nós.
 
Délcio Vilela em 03/09/2013 14:46:17
Não gostei porque queria continuar lendo e não tinha mais. Por favor continue, por exemplo, se ela continuou com o marido, se o casamento foi um amparo para ela ou um problema a mais, e como estão seus filhos e o contato com a antiga família turca ainda existe? Como foi a relação foi de vínculo familiar ou de exploração para o trbalho?
 
sandra Freitas em 03/09/2013 14:40:55
Dona Nalzira eu a conheço é uma guerreira e os seus filhos , netos e bisnetos tem o maior presente do mundo ter ela ao seu lado realmente é exemplo de vida.
 
leila seabra em 03/09/2013 13:28:43
Uma vida em forma de história!! É emocionante, ver esses relatos pois alivia muito a vida que levamos e que muitas vezes achamos que é difícil!!! É a mais pura verdade que Deus não poe cruz em ombros que não se possa carregar...
 
OLDEMAR RODRIGUES em 03/09/2013 11:48:50
Mais uma bela história de vida no Campo Grande News! Parabéns pela matéria Ângela Kempfer, e espero o melhor para a Dona Nalzira e sua família!
 
Leandro Carloto em 03/09/2013 10:58:58
D. Nalzira parabéns pelo exemplo de perseverança, és uma guerreira! Personalidade como a D. Nalzira que deveria receber homenagem pela Câmara, Assembleia, etc, não pessoas que não somam em nada, nem exemplo tem para dar e ou deixar.
 
DOMINGA ROCHA BRITO em 03/09/2013 10:51:43
Parabéns dona Nalzira que deus abençoe a senhora por ser um exemplo de vida
 
jairo amarante da silva em 03/09/2013 10:21:52
E este tipo de vida que devíamos mostrar aos nosso filhos e principalmente a algumas pessoas que vivem reclamando,ela deu a maior lição de vida aos seus filhos " EDUCAÇÃO e VIVÊNCIA" hoje neste mundo repleto de pessoas que querem levar vantagem em tudo,a dignidade sobressaiu mesmo não tendo o devido conhecimento em estudos,PARABÉNS a senhora,vim de família humilde e tenho o maior orgulho disto,se sou uma pessoa melhor graças a minha mãe, já que perdi meu pai pequeno.
 
luiz benites em 03/09/2013 08:26:26
Feliz pela boa criação de filhos que a senhora teve. Uma guerreira
 
Ricardo Gomes em 03/09/2013 08:06:27
D. Nalzira, a senhora é um exemplo de força, para uma mulher criar os filhos sozinha (foi isso que entendi) não pode ficar passando a mão na cabeça não, como dizia uma amiga minha: "Filho você traumatiza hoje para virar homem amanhã!". PARABÉNS pela mulher que a senhora com certeza é!!!
 
Rosangela Garcia em 03/09/2013 07:43:05
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.