A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Janeiro de 2017

23/08/2014 22:00

Vira-lata com 1.5 milhão de seguidores no Facebook reúne fãs em Campo Grande

Aline Araújo
Estopinha acompanha o dono em palestras pelo Brasil.Estopinha acompanha o dono em palestras pelo Brasil.

Quando foi encontrada em um abrigo de cães, Estopinha estava longe de ser a vira-lata mais querida do Brasil, com mais de 1 milhão e meio de seguidores no Facebook. Ela tinha o pelo parecido com de uma estopa suja, por isso o nome dado com muito carinho pelo zootecnista Alexandre Rossi, mais conhecido por Dr. Pet.

Veja Mais
“Sou o avesso do avesso”, mas nenhuma droga que consumi era de difícil acesso
No compasso da respiração, Cristina subiu vulcão ativo no Atacama a 5 mil metros

Os dois estiveram em Campo Grande na tarde de ontem no Comper Jardim dos Estados, para conversar com o público sobre as suas experiências como especialista em comportamento animal. Apesar de Alexandre já ter escrito vários livros, de rodar o Brasil fazendo palestras, além de gravar dois quadros em programas de TV, a sensação do evento, sem dúvida, foi a sua ajudante Estopinha.

A palestra foi muito interessante para entender um pouco mais sobre como educar os bichinhos de estimação com carinho, mas ao mesmo tempo com a seriedade necessária para diminuir a "arte" dentro de casa.  Era só Alexandre dar um comando para Estopinha, que todos levantavam os celulares para registrar. No ar, o que não faltou foi expressão sobre quando a cadela é fofa.

A auxiliar administrativa Fátima Colibaba, de 41 anos, é uma das fãs da Estopinha. Ela foi ao evento com os dois filhos e dois sobrinhos. “Eu acho bonita a história dela, eu gosto muito das coisas que ele (Alexandre) fala, é muito legal para quem tem animal como a gente, mas a gente veio mesmo para ver ela! Todo mundo lá em casa adora a Estopinha”, contou.

 

Nina, a sósia de Estopinha em Campo Grande.Nina, a sósia de Estopinha em Campo Grande.

Quem também saiu de casa para conhecer a badalada cadelinha foi a sua sósia "Nina", acompanhada da dona, Misleine Dias, 24 anos. “A gente sempre acompanha o programa dele e a Nina é muito danada e muito parecida com ela. A gente veio para acompanhar a palestra e tirar uma foto”, comentou a “mãe” da cachorrinha que também fez sucessos antes da original chegar.

Na palestra, Alexandre deu algumas dicas de como adestrar com disciplina, o que exige um certo sofrimento, o de aprender a dizer não. “Os cães precisam de limite. É importante para eles terem uma certa dificuldade na hora de conquistarem o que querem, faz bem, por mais que doa em você ter que tomar certas atitudes, vai ser melhor para ele”, explicou.

O especialista explicou que é comum ver as pessoas justificarem o abandono dos animais em abrigos pelo comportamento, quando na verdade, esses problemas geralmente são ocasionados pelos donos que acabam recompensando errado o animal. Isso ocorreu com a própria estopinha que, por ser muito sapeca, foi devolvida duas vezes depois de ser adotada.

Ele reforçou a importância do carinho e do afeto trocado entre o cão e o dono, mas também o pulso firme na hora de ensinar o seu amigo.

Para acompanhar a rotina da Estopinha é só acessar o perfil do Facebook dela.




imagem transparente
Busca

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2017 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.