A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

28/10/2011 16:52

A decoração chegou...e a sensação é de que o ano acabou

Ângela Kempfer
Loja cheia de enfeites na 14 de Julho. (Foto: João Garrigó).Loja cheia de enfeites na 14 de Julho. (Foto: João Garrigó).

Quando a decoração de Natal começa a aparecer nas vitrines, a primeira ideia é de que mais um ano acabou.

Veja Mais
Despedida dominou a web na semana em que todo mundo coloriu de verde o coração
Datilografado, pedido de casamento revelou primo apaixonado em 1980

“O Papai-Noel é terrível, aparece na loja e a gente já começa a planejar a ceia”, brinca o professor Julio Fernandes, parado em frente a dezenas de bonecos e enfeites de Natal já à venda nas Lojas Americanas.

Na cabeça, surgem as tarefas que ainda restam para 2011 e tudo o que passou. Pelas ruas, é só parar uma pessoa qualquer e descobrir como um ano é capaz de transformar a vida de alguém.

A vendedora Iraídes Martins, de 38 anos, trocou de emprego e de marido.A vendedora Iraídes Martins, de 38 anos, trocou de emprego e de marido.

A vendedora Iraídes Martins, de 38 anos, muito bem maquiada na porta de uma loja de roupas femininas, abre o coração em plena rua Dom Aquino.

Em 2011, largou o emprego de 12 anos como auxiliar administrativa em um condomínio de Campo Grande e resolveu arriscar. “Cansei e decidi. Fiz um monte de cursos e agora estou aqui na loja e também sou depiladora”.

A coragem foi o ponto positivo, mas também houve decepções. “Profissionalmente estou feliz, mas emocionalmente não. Me separei depois de 23 anos casada”.

Em compras com a neta de 4 anos pela mão, Suzana Bertino, de 47 anos, tenta matar a charada. “Acho que todo mundo fica feliz de ver o ano acabar, porque parece que vão ter a chance de começar do zero”.

Calixto Rodrigues - ou o Palhaço Bexiga, acha que o fim do ano demora.Calixto Rodrigues - ou o Palhaço Bexiga, acha que o fim do ano demora.

Suando sob uma fantasia de palhaço e a maquiagem pesada que o ofício exige, Calixto Rodrigues - ou o Palhaço Bexiga, concorda. “Já colocaram nas vitrines, parece que querem antecipar o fim do ano. Estão adiantando o fim para parecer que tudo vai começar de novo”, filosofa com bexigas em formato de espada na mão.

Os tatuados, sentados em uma fachada da Afonso Pena, consideram o tempo uma grande besteira. “É tudo um lance comercial. Para mim, um mês é igual ao outro. Não tem importância. A única coisa de se pensar é que tá chegando as férias da faculdade”, comemora o estudante de Geografia da Uems, Edgar Ibraim.

O ano rendeu “umas 10” tatuagens a mais para Edgar e três para o amigo Lilo Gomes, mas os dois meses que faltam para o fim do ano ainda devem render outras impressões pelo corpo. “Tem muito tempo ainda”, diz Lilo.

Edgar e Lilo acham Natal uma besteira.Edgar e Lilo acham Natal uma besteira.
Carlos realizou um sonho em 2011, comprou o primeiro computador.Carlos realizou um sonho em 2011, comprou o primeiro computador.

Com o sorriso sempre aberto, na esquina mais movimentada da cidade, Carlos Gonzaga, de 45 anos, vende chip de celular na rua 14 de Julho e faz o balanço de 2011. “Este ano consegui conciliar dois empregos, foi uma vitória”.

O dinheiro extra no bolso faz esquecer até o cansaço de trabalhar cerca de 20 horas por dia. “Tem dias que saiu às 6h do plantão como funcionário da prefeitura e entro às 8h aqui, é uma loucura”, sorri.

A mais recompensa do ano ainda não foi paga, as prestações vão entrar por 2012. “Realizei um sonho de anos. Comprei meu primeiro computador, em 12 parcelas. Já paguei metade”, conta Carlos.




Bom uma coisa eu sei, fim de ano é uma época muito gostosa, festa e muito, mais muito trabalho, emfim, hora de se programar para recomeçar.
 
Oswaldo Benites em 30/10/2011 12:18:43
Poxa Guilherme aconteceu com vc também, ou isso foi um madurão que vc jogou pra ela...rs..rs.
Pois graças a Deus este ano vai ser inesquecível pra mim...ontem fez um mês que eu casei com o melhor homem do mundo...
 
Ethyelle Beatriz em 29/10/2011 09:18:02
“Profissionalmente estou feliz, mas emocionalmente não. Me separei depois de 23 anos casada”.
Pois es me aki ..... carente tambem....
 
guilherme melo em 28/10/2011 05:05:10
imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.